19.02.2024
Avaliação 
Avalie
 
Sem votos
Avaliar
Clássico da arquitetura e da decoração há séculos, mármore pode ser reproduzido em porcelanato com fidelidade (Projeto: Portobello)

Mármore: tudo sobre tipos, origem, uso na arquitetura e reproduções em porcelanato

calendar-blank-line
19.02.2024
Conheça os principais tipos de mármore, entenda como usar e descubra opções de porcelanato que reproduzem mármore para aplicação em arquitetura e interiores
minutos de leitura

O mármore é uma obra-prima da natureza que encanta arquitetos e decoradores há séculos. Afinal, ele é capaz de adicionar sofisticação e beleza única aos espaços.

Para você entender tudo sobre esse material, preparamos um conteúdo completo, que traz, inclusive, informações sobre porcelanatos que reproduzem mármore e são muito mais sustentáveis e práticos. Acompanhe!

Leia também:

Conheça os 11 principais tipos de mármore

O mármore é uma rocha metamórfica formada a partir do calcário exposto a altas pressões e temperaturas. Sua composição de minerais, como calcita e dolomita, contribui para sua beleza singular.

As principais origens do mármore são um verdadeiro atlas geológico, destacando-se em diversos pontos do globo.

Contudo, os mármores mais famosos geralmente têm suas origens em regiões específicas conhecidas por produzirem pedras de alta qualidade. Entre elas, destacam-se cavas de mármore italiano e espanhol.

Descubra alguns dos mármores mais famosos, suas características e origem.

Algumas das principais regiões de origem dos mármores mais renomados incluem:

1. Calacatta

mármore calacatta
Entre os mármores mais usados, Calacatta é destaque (Projeto: Portobello)

Outro tesouro italiano, o mármore Calacatta se destaca por seus veios dourados e cinzentos sobre um fundo branco.

Esta variedade de mármore é frequentemente escolhida para bancadas e pisos, conferindo dinamismo e tranquilidade.

Por sua elegância e aparência atemporal, é um dos mármores mais usados por arquitetos e decoradores ao redor do mundo.

Inclusive, é possível encontrar esse mármore em obras importantes, como é o caso da escultura Pietà, de Michelangelo. A pedra foi usada em detalhes da escultura, que fica na Basílica de São Pedro, no Vaticano.

2. Carrara

Originário das pedreiras de Carrara, na Itália, é um mármore branco com veios cinzentos distintos.

O mármore Carrara tem pureza e elegância que o tornam uma escolha clássica para esculturas e interiores requintados.

Usado desde a antiguidade, é atemporal e uma das escolhas preferidas para quem busca por elegância.

2. Breccia

mármore bege
Formação na brecha de mármores, rocha pode ter tonalidade bege (Projeto: Portobello)

Já a Brecha, ou Breccia, é um tipo de rocha sedimentar que se forma quando fragmentos de rochas mais antigas, chamados clastos, são cimentados por um material mais fino.

Quando se fala em \"mármore Breccia\", normalmente exibe características brechoides, ou seja, com fragmentos angulosos ou arredondados de outras rochas incorporados em uma matriz de mármore.

Esse processo geralmente ocorre devido à atividade tectônica ou à deposição em ambientes de alta energia, como leitos de rios.

A mistura de fragmentos de rochas em uma matriz de mármore pode criar padrões únicos e interessantes, tornando o mármore Breccia uma escolha distintiva para aplicações em revestimentos de paredes, pisos e outros elementos decorativos.

Existem várias variedades de mármore Breccia, e cada uma pode exibir características únicas de cor, padrão e composição, dependendo da origem geológica específica. Algumas dessas variedades incluem Breccia Pernice, Breccia Oniciata e Breccia Aurora.

4. Botticino

Proveniente da região de Botticino, na Lombardia, também na Itália, este mármore apresenta uma paleta de tons bege e dourado.

Seus veios suaves conferem uma sensação de movimento, tornando-o ideal para revestimentos e detalhes decorativos.

5. Verona

Originário da região de Verona, na Itália, este mármore apresenta uma variação de cores que vão do rosa ao vermelho. Seus padrões marcantes o tornam uma opção ousada para detalhes em ambientes luxuosos e esculturas.

6. Verde Alpi

mármore verde
Mármore verde é ideal para uma decoração irreverente (Projeto: Portobello)

Proveniente dos Alpes italianos, o Verde Alpi é caracterizado por sua tonalidade verde-escura com veios brancos. Sua presença agrega uma sensação de frescor que cria um clima acolhedor nos projetos.

O mármore verde é ideal para quem quer adicionar cor aos espaços. Também conhecido como mármore do Valle d’Aosta, pode ser encontrado em projetos de diferentes estilos.

7. Palissandro

Para quem está em busca de opções de mármore colorido, mas com discrição, Palissandro é uma boa opção. Da região de Piemonte, nos Alpes Ocidentais, na Itália, tem fundo azul claro que aparece em harmonia com tons de bege e cinza claro.

As diferentes tonalidades desse mármore azul aparecem de forma suave. Os veios em tons mais escuros também são delicados, conferindo elegância aos espaços.

Ideal para usar em diferentes superfícies, Palissandro está presente em monumentos históricos, como as catedrais de Milão e Pavia.

8. Aime na Savoie

Proveniente da região de Aime na Savoie, nos Alpes Franceses, este mármore se destaca pelos tons brancos, azuis e cinzentos. Sua elegância discreta o torna uma escolha refinada para aplicações variadas.

Um clássico da arquitetura, é capaz de dar um toque de contemporaneidade aos ambientes, graças aos veios que passeiam com suavidade.

9. Mármore Imperador

Também conhecido como mármore espanhol, essa é uma pedra de tonalidade marrom, que confere uma atmosfera acolhedora e rica.

Suas variações de tons e veios proporcionam uma paleta versátil para diferentes estilos decorativos.

Com veios dourados, esse é um mármore capaz de elevar os projetos em termos de sofisticação e elegância.

10. Mármore Alabastro

mármore alabastro
Onyx Unique é uma interpretação em porcelanato do raro mármore alabastro (Projeto: Portobello)

Com sua aparência translúcida, o mármore alabastro, proveniente de diversas regiões, proporciona uma sensação etérea. Sua tonalidade suave e padrões únicos o tornam uma escolha distinta para elementos decorativos.

Também conhecido como pedra calcária ônix, é um mármore branco usado desde o Egito Antigo.

11. Nero Marquina

Originário da Espanha, o Nero Marquina é reconhecido por sua cor preta intensa com veios brancos que formam contraste. Este mármore confere um toque de drama e luxo a qualquer espaço, sendo frequentemente escolhido para revestimentos de destaque.

Da região de Markina, ao norte da Espanha, esse mármore preto tem composição de grãos finos e compactos. Portanto, tem uma formação geológica diferente dos mármores tradicionais, fazendo com que ele seja considerado exótico.

Bônus: Quartzito e Travertino

Agora, que tal conhecer duas pedras que são bastante famosas e, apesar de serem conhecidas como mármores, na verdade não são? Estamos falando do Quartzito e do Travertino!

porcelanato que reproduz mármore
Ideia de transparência é destaque em Golden Quartz, que reproduz quartzito (Projeto: Portobello)

Embora não seja um mármore puro, o quartzito merece destaque pela sua durabilidade e aparência similar ao mármore. Conhecido como mármore brasileiro, oferece uma gama de cores e padrões, sendo uma opção versátil para diversos estilos.

A rocha duríssima se destaca por sua resistência mecânica. Além disso, conta com diversidade de cores e desenhos.

Outra pedra bastante famosa, mas que na verdade não é um mármore, é o Travertino.

porcelanato que reproduz mármore
Para quem busca por um visual clássico e atemporal, Travertino é boa opção de revestimento (Projeto: SMA Arquitetura / Foto: Adriano Rodrigo)

Extraído principalmente na região de Tivoli, na Itália, também pode ser encontrado na Turquia, no México, no Peru e em alguns estados brasileiros, como na Bahia.

Ele é conhecido por suas tonalidades terrosas e porosidade única. A cor bege com veios escuros vem da sua formação geológica. É extraído de rochas calcárias, ricas em minérios como limonita, aragonita e calcita.

Sua textura orgânica o torna uma escolha popular para revestimentos de paredes e pisos, trazendo um toque de rusticidade refinada.

Inclusive, essa é considerada uma das pedras mais usadas no mundo. Pode ser encontrada em obras famosas, como a Basílica de São Pedro e o Coliseu, ambos na Itália. Vale mencionar ainda a presença nas pirâmides do Egito. 

Aprenda a usar mármore na decoração

O mármore, com sua beleza atemporal e durabilidade, oferece uma ampla gama de possibilidades de uso na arquitetura e decoração. Selecionamos algumas das aplicações mais comuns para você entender:

Pisos

O mármore é frequentemente utilizado em pisos, conferindo elegância e sofisticação a diversos ambientes. Pode ser instalado em halls de entrada, salas de estar, quartos e até mesmo em áreas comerciais. O material também pode ser uma boa pedida para áreas externas.

Paredes

Revestir paredes com mármore adiciona um toque luxuoso aos espaços. Pode ser aplicado em áreas inteiras ou como destaque em paredes específicas, como em lareiras, painéis de TV ou em áreas de jantar.

Fachadas

Em projetos arquitetônicos, o mármore pode ser usado para revestir fachadas, conferindo um visual imponente e requintado. Essa aplicação é comum em edifícios residenciais e comerciais de alto padrão.

Móveis

Móveis, como uma mesa de mármore, seja ela de centro ou de jantar, além de aparadores e bancadas, são escolhas populares para quem busca peças duráveis e esteticamente atraentes.

Bancadas

bancada em porcelanato que interpreta mármore
Entre as possibilidades de uso do mármore, está o revestimento de bancadas (Projeto: Portobello)

Essa é uma escolha clássica em diferentes ambientes. Seja uma bancada de mármore para cozinha ou banheiro, oferece durabilidade, resistência e um visual sofisticado, tornando-se uma opção popular para esses espaços.

Nichos e prateleiras

Detalhes revestidos com mármore são excelentes para exibir objetos de decoração, livros e outros itens, proporcionando um acabamento luxuoso.

Painéis

O material pode ser utilizado em paredes ou como revestimento para criar painéis de mármore decorativos, adicionando textura e elegância aos ambientes.

Cubas esculpidas

cuba esculpida em porcelanato
Assim como mármore, porcelanato pode ser usado para criar cuba esculpida (Projeto: Artemis Fontana Arquitetura)

Sobretudo em banheiros, as cubas esculpidas em mármore proporcionam uma estética única e elegante. Essas peças podem adicionar um toque de luxo e personalidade aos banheiros.

Revestimentos externos

Além de fachadas, o mármore pode ser usado em revestimentos externos, como em áreas de lazer, terraços e espaços gourmet, proporcionando um ambiente refinado ao ar livre.

Escadas

escada revestida com mármore
Escadas em porcelanato que interpreta mármore ganham mais elegância (Projeto: Aline Luccini)

O revestimento de mármore em escadas pode criar um impacto visual marcante em entradas e áreas de destaque, combinando funcionalidade e estética.

Porcelanato é excelente alternativa ao mármore

A beleza, a durabilidade e a versatilidade do mármore se destacam e fazem do material uma escolha atemporal para diversos estilos de design.

Entretanto, é importante considerar que grande parte da extração acontece fora do Brasil, o que eleva os preços do mármore por aqui.

Além disso, trata-se da extração de um material natural. Portanto, é necessário ter em conta os impactos que isso gera ao meio ambiente.

Levando esses e outros pontos em consideração, o porcelanato se mostra uma opção muito interessante em comparação com o mármore.

Afinal, a tecnologia permite a reprodução fiel do material natural em cerâmica. Sem falar que esse tipo de revestimento tem diversas qualidades, que você confere nas linhas a seguir.

Estilo e beleza semelhantes ao mármore natural

porcelanato que reproduz mármore
Reprodução de mármore em porcelanato tem aparência muito semelhante à natural (Projeto: SRW Arquitetura e Interiores / Foto: Rudimar Razador)

Como mencionamos, o porcelanato moderno alcançou um nível notável de realismo na reprodução de padrões e texturas, incluindo os veios e tons variados característicos do mármore.

A capacidade de replicar a estética do mármore permite que os projetos alcancem o requinte desejado sem a necessidade de investir no mármore natural, geralmente mais caro.

Bom custo-benefício

Um dos pontos mais atrativos do porcelanato é o custo-benefício superior quando comparado ao mármore natural.

Enquanto o mármore pode ser uma escolha de luxo, o porcelanato oferece uma alternativa acessível e ao mesmo tempo sofisticada, sem comprometer a aparência, a resistência e a funcionalidade.

Isso permite que projetos mais amplos e ambiciosos se beneficiem da beleza do mármore, sem ultrapassar os limites orçamentários.

Durabilidade e resistência

O porcelanato, conhecido por sua durabilidade e resistência, supera o mármore natural em termos de manutenção e longevidade.

Sendo uma pedra porosa, o mármore está sujeito a manchas e desgaste ao longo do tempo, especialmente em áreas de alto tráfego.

O porcelanato, por outro lado, é resistente a riscos, manchas e variações climáticas, tornando-se uma escolha prática e de baixa manutenção.

Inclusive, o porcelanato aguenta bem altas temperaturas. Portanto, é um material interessante para substituir bancadas de mármore na cozinha, por exemplo.

Sustentabilidade ambiental

A sustentabilidade se tornou uma preocupação crescente na escolha de materiais de construção. O porcelanato, feito a partir de argilas naturais e outros materiais com extração que agride menos o meio ambiente, é uma opção mais sustentável quando comparado à extração de mármore.

Além disso, a produção de porcelanato da Portobello consome menos energia e recursos naturais, contribuindo para práticas construtivas mais eco-friendly.

Facilidade de limpeza

Além de não ser poroso e, por isso, não manchar com facilidade, o porcelanato ainda é muito fácil de limpar e manter.

De maneira geral, basta passar uma vassoura macia sobre o piso e, depois, um pano umedecido em água.

Em casos de sujeira persistente, uma alternativa é diluir detergente neutro em água e passar com um pano úmido.

Portanto, não é necessário usar produtos ou técnicas especiais para manter o porcelanato sempre limpo, seja dentro ou fora dos ambientes.

Variedade e versatilidade

O porcelanato oferece uma gama diversificada de opções de cores, padrões e tamanhos, permitindo uma personalização mais ampla em comparação com o mármore natural.

Essa versatilidade facilita a integração do porcelanato em uma variedade de estilos e designs. Dessa forma, ele se adapta às preferências individuais e às demandas específicas de cada projeto.

O porcelanato que interpreta mármore, por exemplo, pode reproduzir diferentes tipos de pedra como Carrara e Calacatta, entre outras opções.

Versátil, ele ainda pode ser aplicado nas mais diversas superfícies, como detalhes, pisos, paredes, bancadas e painéis, tal como o mármore. Com a vantagem de ser um produto mais fino e mais fácil de ser manuseado.

9 porcelanatos Portobello que reproduzem mármore para você conhecer

Agora que você já sabe quais são as vantagens do porcelanato que reproduz mármore, acompanhe a leitura para conhecer mais opções da Portobello que se adequam a diferentes estilos de projeto.

1. Nomad

mármore para banheiro
Porcelanato reproduz tipo de rocha de diferentes cavas (Projeto: Portobello)

Inspirado na Breccia formada em cavas da Europa, Nomad é um porcelanato que reproduz mármore em tons que vão do marfim ao fendi.

Sua superfície revela agregados irregulares que remetem à formação rochosa gerada a partir de um espaço vazio entre mármores.

Para chegar ao visual, a Portobello analisou diferentes tipos de Breccia, criando um novo mármore. A ideia foi oferecer um produto atemporal, com personalidade intensa e tons neutros. Ou seja, fácil de combinar, de manter, e que vai durar por muitos anos sem ser considerado fora de moda.

Com forma que transmite força, Nomad traz a suavidade do equilíbrio cromático. O resultado é uma percepção de sofisticação sem fazer esforço, nas versões mate e polida.

2. Opus

porcelanato que reproduz mármore
Em diferentes versões, Opus pode ser usado em áreas externas e internas (Projeto: Portobello)

Já Opus é um porcelanato Calacatta. Com nuances entre branco e preto, imprime memória em formas orgânicas que passeiam e se unem em blocos maiores.

Referência e inspiração, o mármore Calacatta eterniza a beleza do mármore e instiga a alma de artistas. Agora, é possível ter acesso fácil a esse mármore por meio de Opus, que captura essa essência, levando a ousadia humana em selecionar o que é mais belo aos olhos.

Em diferentes formatos, Opus pode ser encontrado também em acabamentos distintos: mate, polido e TACT. Portanto, pode ser usado em todos os espaços, incluindo áreas molhadas e externas, como quintais e varandas.

3. Borghini Viola

mármore branco
Para quem busca por mármore branco, Borghini Viola é boa opção (Projeto: Portobello)

Reprodução de um mármore Carrara, Borghini Viola traz a beleza clássica e nobre da pedra branca de origem italiana.

Sua superfície reproduz os veios orgânicos que tendem ao círculo. Um movimento parecido com o que formava centros urbanos na Idade Média, e que ficaram conhecidos como burgos. Daí o nome desse produto, que tem tom burgundy como marca de sofisticação.

Esse tom específico é uma raridade na natureza. Sua reprodução é resultado do uso da tecnologia cerâmica. Assim, é possível eternizar o visual do mármore. No caso de Borghini Viola, é possível ainda escolher entre acabamentos natural e polido.

4. Alpissimi

mármore verde
Mármore verde leva personalidade ao projeto (Projeto: Portobello)

Já para quem está em busca de um revestimento de mármore colorido, cheio de personalidade, Alpissimi é uma ótima opção.

A reprodução do mármore do Vale d’Aosta traz uma combinação cromática de verde intenso com veios pretos e brancos.

Único e exclusivo, está disponível em grandes formatos, para uma decoração imponente. Além disso, Alpissimi pode ser encontrado com acabamento natural e polido.

5. Sirena

porcelanato que reproduz mármore
Sofisticação do mármore leva mais elegância à cozinha (Projeto: Fernanda Triches)

Com inspiração nos mármores gregos, Sirena foi batizado dessa maneira por ser como os nativos chamam as sereias.

Afinal, a ideia foi criar um profuso de beleza surpreendente e ousada, inspirada nas paisagens fantásticas da Grécia.

Sua superfície tem tons, veios, profundidade e transparência distribuídas de forma precisa. Para expressar essa nova matéria, versões em grandes formatos com acabamentos mate e brilho podem ser encontradas na Portobello.

6. Oro Bianco

mármore branco
Branco na decoração ajuda a dar amplitude aos projetos (Projeto: Daiane Melo)

Representando um mármore clássico da região de Carrara, Oro Bianco reproduz estatuário. Esse verdadeiro \"ouro branco\" faz parte da história da arquitetura e segue sendo uma ótima escolha na contemporaneidade.

Com fundo branco, o mármore em porcelanato tem veios dourados com sombras acinzentadas. Além disso, pode ser encontrado com acabamento natural e polido e em diferentes formatos.

7. Nero Venato

mármore preto
Porcelanato que reproduz mármore preto leva toque de luxo aos espaços (Projeto: Aline Luccini / Foto: Felipe Lima)

Atemporais, os mármores vêm e vão quando o assunto é tendência. Contudo, algumas opções são clássicas, como Nero Venato.

Para reproduzir esse mármore de origem paquistanesa, a Portobello trouxe ao mercado um porcelanato polido em diferentes formatos, incluindo a lastra 120x270.

De fundo preto, esse porcelanato marmorizado tem veios brancos e dourados que formam contraste. A impressão é a de que um fio de água corre sobre a peça, levando dinamismo à decoração. 

8. Gray Marble

porcelanato que reproduz mármore
Com baixa absorção de água, porcelanato que reproduz mármore é ideal para banheiros (Projeto: Rafael Ramos Arquitetura)

Os superformatos de porcelanato que interepreta mármore são uma ótima escolha para quem está em busca de elegância e sofisticação.

Nesse sentido, Gray Marble conta com opções de lastra polida e natural, com superfície acinzentada que traz inspiração nas paisagens da Toscana, na Itália.

Ele traz veios direcionados que se espalham na superfície, com cristais que variam entre escalas de branco e marrom.

9. Or de Cacau

mármore marrom
Veios dourados iluminam superfície de porcelanato que interpreta mármore marrom (Projeto: Tallyta Desiree Alcântara Beltrao)

E um representante do mármore espanhol na nossa lista é Or de Cacau, disponível em versões mate e polida. Com fundo em tom de cacau intenso, tem veios dourados que iluminam a superfície ao se cruzarem.

É justamente essa intensidade que caracteriza a sua inspiração espanhola, oferecendo um ambiente que se destaca pela sofisticação e também pelo aconchego.

Quer conferir mais opções de porcelanato que reproduz mármore e descobrir outros produtos para combinar? Acesse o site da Portobello!

Compartilhe
Avaliação 
Avalie
 
Sem votos
VOLTAR
ESC PARA FECHAR
Minha avaliação desse conteúdo é
0 de 5
 

Mármore: tudo sobre tipos, origem, uso na ar...

Mármore: tudo sobre tipos, origem, uso na arquitetura e reproduções em porcelanato

  Sem votos
minutos de leitura
Em análise Seu comentário passará por moderação.
Você avaliou essa matéria com 1 estrela
Você avaliou essa matéria com 2 estrelas
Você avaliou essa matéria com 3 estrelas
Você avaliou essa matéria com 4 estrelas
Você avaliou essa matéria com 5 estrelas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Archtrends Portobello
Colunista

O Archtrends Portobello é a mais importante fonte de referências e tendências em arquitetura...

Conhecer artigos



Não perca nenhuma novidade!

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das novidades de arquitetura e design no Brasil e no mundo.

    O Archtrends Portobello é a mais importante fonte de referências e tendências em arquitetura e design com foco em revestimentos.

    ® 2024- Archtrends Portobello

    Conheça a Política de Privacidade

    Entenda os Termos de Uso

    Veja as Preferências de Cookies