27.06.2022
Avaliação
()
Mármore Verde Alpi tem origem italiana e aparência sofisticada (Projeto: Portobello S.A.)
0

Mármore verde: Portobello recria Verde Alpi em Lastra

Um mármore verde escuro com veios claros. Assim é Verde Alpi, a reprodução do material de origem italiana, que traz praticidade e beleza
minutos de leitura

Para quem procura por materiais únicos para compor ambientes personalizados, o desenho do mármore verde alpi surpreende nos projetos.

Para ouvir o artigo completo, clique no play abaixo:

Misturando sua textura em diferentes nuances de verde e veios claros que criam contraste, ele ainda é capaz de aproximar da natureza. Afinal, tem tonalidade que remete às plantas e contribui para um clima acolhedor.

Mas bem melhor quando você escolhe um Lastra que reproduz esse mármore com fidelidade para decorar. Assim, garante processos sustentáveis, mas mantendo vantagens do produto original, como beleza e durabilidade.

Nas linhas a seguir, saiba mais sobre o mármore verde alpi e conheça a nova Lastra da Portobello, que é uma excelente alternativa para um projeto sofisticado!

O que é e como surgiu o mármore verde alpi?

Mármore verde, Verde Alpi, porcelanato, área externa
Fundo verde escuro e veios brancos são características marcantes de Verde Alpi
(Projeto: Gabriel Bordin para a Portobello S.A.)

O mármore verde tem uma tonalidade escura muito característica. Os veios esbranquiçados formam um contraste interessante. Seus desenhos conferem personalidade às peças, tornando cada corte único.

Sua aparência se assemelha a Nero Marquina, com a diferença de que este tem fundo preto, mas mantém os rajados claros.

De origem italiana, verde alpi é um mármore formado por fragmentos de pedras que vieram da crosta oceânica.

Sua formação foi possível graças à colisão entre os continentes africano e europeu, devido aos movimentos das placas tectônicas.

Portanto, é de se imaginar que verde alpi é raro e valorizado. Além disso, como é importado, seu valor no Brasil não é dos mais acessíveis.

Também conhecido como mármore do Valle d'Aosta, localizado nos Alpes Ocidentais, o material expressa o estilo italiano através dos tempos.

Sua aparência está eternizada em obras de arte e palácios históricos, que se enchem de intensidade com verde alpi.

Assim como outros tipos de mármore, ele tem como vantagem a versatilidade. Isso porque pode aparecer em projetos de vários estilos, do clássico ao contemporâneo, devido ao seu verde vibrante e desenhos marcantes. 

Por que a Lastra pode ser uma alternativa ao mármore verde?

Mármore verde, Verde Alpi, porcelanato, banheiro
Porcelanato é capaz de reproduzir diferentes materiais, como Verde Alpi (Projeto: Portobello S.A.)

O processo de extração de matérias-primas naturais tende a acontecer de uma maneira não sustentável. Sem falar que tais recursos são finitos ou de recuperação lenta.

No entanto, com a evolução dos processos industriais, é possível reproduzir diversos materiais em cerâmica, inclusive o verde alpi.

É o que chamamos de porcelanato tipo mármore. Isso também ocorre nas Lastras, peças de porcelanato que têm dimensões gigantes.

Ou seja, são revestimentos cerâmicos com aparência muito similar à pedra, sem deixar de lado a resistência e outros benefícios que você confere a seguir.

Quais são as vantagens da Lastra que reproduz verde alpi

Mármore verde, Verde Alpi, porcelanato, fachada
Versátil, Verde Alpi pode ser usado até em fachadas (Projeto: Carlos Carvalho)

Tanto no caso da reprodução de verde alpi quanto de outros tipos de mármore, o porcelanato ou a Lastra oferece benefícios como:

  • versatilidade, podendo ser usado em projetos residenciais ou comerciais, em ambientes internos ou externos, em pisos ou paredes;
  • produção (principalmente) a partir da argila, que é explorada em camadas superficiais, o que facilita a recuperação das jazidas;
  • bacteriostático, ou seja, não permite a proliferação de micro-organismos;
  • baixa absorção de água, o que gera maior resistência;
  • facilidade de limpeza e manutenção.

Conheça Verde Alpi, o mármore verde da Portobello

Mármore verde, Verde Alpi, porcelanato, painel
Verde Alpi é reprodução de mármore verde imponente e raro (Projeto: Portobello S.A.)

Verde Alpi é a nova opção da linha Unique, que reúne porcelanatos que recriam mármores cheios de personalidade.

Ele interpreta a pedra de mesmo nome. A reprodução é fiel, mantendo o tom verde-escuro com acentuados movimentos.

Verde Alpi ainda conta com veios que se espalham e dançam no plano, criando ricos detalhes em branco e verde. Tudo sobre o fundo intenso.

São nuances e variações no desenho que expressam a sofisticação e a modernidade desse mármore tão particular.

Trata-se de uma grande superfície. Afinal, o produto da Portobello é, na verdade, uma Lastra, em formato 120x278 cm.

Sendo assim, é ideal para ambientes onde se quer causar impacto visual ou dar um aspecto de amplitude, pois requer menos cortes.

Com acabamento polido, Verde Alpi tem superfície brilhante, que leva imponência e elegância aos espaços. O que também contribui são suas bordas retificadas.

Como usar Verde Alpi na decoração

Mármore verde, Verde Alpi, porcelanato, parede, piso
Verde Alpi pode aparecer na parede, no piso ou em detalhes, a partir do seu recorte (Projeto: Alex Atala)

De fato, esse é um produto bastante semelhante ao natural, inclusive na versatilidade. Verde Alpi pode ser o protagonista de composições que passeiam pela casa toda e saem da ideia do clássico.

Para se inspirar, confira abaixo algumas sugestões de ambientes e superfícies que podem receber esse revestimento:

Mármore verde, Verde Alpi, porcelanato, cabeceira
Como tem formato grande, Lastra é ideal para criar cabeceiras (Projeto: Portobello S.A.)
  • no piso. Contudo, é importante lembrar que o acabamento polido é ideal para paredes e espaços internos secos. Ou seja, para salas de estar, salas de jantar, quartos e corredores, por exemplo;
  • em uma parede de destaque, o que permite a combinação com outros materiais, como mármore, madeira ou mesmo pintura;
  • para criar detalhes em pisos e paredes por meio de cortes. Dá para formar desenhos exclusivos e até painéis;
  • nas paredes de áreas molhadas, como box, atrás da pia, de uma banheira ou piscina;
  • em fachadas de casas, uma vez que sua resistência permite esse tipo de aplicação;
  • criando contraste em ambientes com cores predominantemente claras e suaves;
  • para revestir bancadas e balcões, inclusive em banheiros e cozinhas;
  • para criar móveis como bancadas ou cabeceiras de porcelanato.
Mármore verde, Verde Alpi, porcelanato, balcao
Também dá para criar móveis, como balcões, usando Lastra (Projeto: Portobello S.A.)

Gostou de conferir essa possibilidade para a decoração de interiores? Além de Verde Alpi, há muitas outras opções para você conhecer. Acesse o site da Portobello e explore diferentes materiais!

Foto de destaque: Mármore Verde Alpi tem origem italiana e aparência sofisticada (Projeto: Portobello S.A.)

Compartilhe
Em análise Seu comentário passará por moderação.
Você avaliou essa matéria com 1 estrela
Você avaliou essa matéria com 2 estrelas
Você avaliou essa matéria com 3 estrelas
Você avaliou essa matéria com 4 estrelas
Você avaliou essa matéria com 5 estrelas
Sua avaliação

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.



Não perca nenhuma novidade!

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das novidades de arquitetura e design no Brasil e no mundo.

    O Archtrends Portobello é a mais importante fonte de referências e tendências em arquitetura e design com foco em revestimentos.

    ® 2022- Archtrends Portobello

    Conheça a Política de Privacidade

    Entenda os Termos de Uso

    Veja as Preferências de Cookies