03.05.2022
Avaliação
()
Area de lazer pequena com piscina
Pergolado e piscina em um espaço de lazer pequeno não fica bom? Olhe de novo! (Projeto: Frederico Bicalho)
0

Saiba montar uma área de lazer pequena, funcional e aconchegante!

minutos de leitura
Uma área de lazer pequena pode e deve ser aconchegante, mas a grande dúvida paira sobre como fazer isso da melhor forma possível, não é mesmo? Não se preocupe, nesse conteúdo do Archtrends Portobello você encontra suas respostas!
minutos de leitura

Não é porque sua área de lazer é pequena que você não pode curtir – e muito – esse espaço! Com uma pitada de dedicação e uma porção de boas ideias, é possível aproveitar bem todos os espaços disponíveis, para que os moradores e seus convidados tenham conforto e relaxamento, mesmo com poucos metros disponíveis. Você pode, sim, vivenciar momentos de lazer em pequenos quintais, varandas, terraços e outras áreas residenciais diminutas.

E é claro que, para isso, um bom profissional encabeçando o projeto é indispensável. Apenas quem tem uma visão especializada sobre as dificuldades e cuidados arquitetônicos necessários poderá desenhar um local funcional, aconchegante e com os materiais adequados.

Para inspirar profissionais da arquitetura ou ajudar quem quer melhorar o espaço já disponível em seu imóvel, o Archtrends Portobello separou as principais dicas sobre o que colocar no radar quando o assunto é montar uma área de lazer. Trouxemos também algumas referências para ajudar a visualizar cada uma das situações.

Continue a leitura e veja todas as informações!

6 dicas para montar sua área de lazer pequena

Separamos as melhores dicas para quem deseja um espaço para aproveitar o lado de fora da casa ou apartamento. Assim, além de entender as principais preocupações no momento de projetar a área,você poderá se inspirar com algumas ideias que podem ser exatamente o que estava buscando para seu lar.

1. Busque revestimentos adequados a área de lazer pequena

Existem revestimentos e materiais próprios para ambientes externos. É importante considerar esse fator no momento de comprar os produtos para sua obra, afinal, o uso de algo inadequado para cada espaço pode acarretar em um desgaste em pouco tempo, te obrigando a passar por outra obra para substituir esses materiais.

Os revestimentos da área da piscina devem ser pensados desde a borda até a área comum de lazer (Projeto: Bruno Brandini | Foto: Daniel Santo)

Um exemplo de revestimento que funciona em quase todos os tipos de ambiente é o porcelanato. Ele é uma opção que funciona em quase todos os casos, pode ser instalado tanto na parede quanto no piso, possui diversas texturas e cores, tem baixa absorção de água e longa duração.

Vale ressaltar que, em áreas de lazer descobertas, o ideal é usar porcelanatos com acabamento externo (EXT), em áreas de lazer cobertas por porcelanatos com acabamento natural, e em piscinas o revestimento deverá ser específico para esse uso.

Esse revestimento pode facilmente ser combinado em outras tendências como os projetos de design rústico, industrial e até o criativo – tendo em vista as inúmeras disponibilidades de cores.

Procure encontrar fornecedores que garantem qualidade e variedade de opções, como a Portobello.

2. Verifique as limitações que aquele espaço possui

Muitos imóveis não oferecem muito ou nenhum espaço externo, portanto, o modelo de área de lazer pequena escolhido deve aproveitar ao máximo cada metro quadrado disponível. Para conseguir realizar isso, o primeiro passo no momento de montar seu próprio projeto é considerar as limitações daquele local.

Pontos de atenção:

  • o tamanho do terreno;
  • a existência (ou não) de cobertura no ambiente;
  • grandes desnivelamentos no piso ou outra ocorrência que dificulte o desenvolvimento da funcionalidade do espaço.

A partir dessa análise, você poderá pensar em uma maneira de contornar essa limitação ou como consertá-la.

Um exemplo de solução para aproveitar cada cantinho da área externa é utilizar o corredor lateral para montar um espaço de lazer em que se pode sentar, descansar e ainda aproveitar uma bela vista. Ou ainda, optar por uma piscina com menos largura, mas com design alongado. Para ganhar alguns metros a mais para esse local, você pode optar por um deck retrátil que tampe a piscina enquanto esta não é usada, oferecendo uma área maior para andar e relaxar.

A beleza e versatilidade da piscina alongada na área de lazer pequena (Projeto: Ayly Arquitetura)

Qualquer um desses usos do corredor lateral ou de outra área de sua casa de forma otimizada só será possível a partir da análise de limitações do terreno.

3. Pense em um layout funcional

Se há pouco espaço disponível é preciso priorizar a funcionalidade de cada um dos elementos que vão compor esse ambiente e também como eles atuam como conjunto. Só assim você poderá aproveitar cada mínimo cantinho para sua área de lazer pequena e até mesmo incluir uma área para churrasco ou quem sabe uma piscina.

Por exemplo, por conta da fuligem, a churrasqueira não deve ficar próxima aos sofás e estofamentos. Para isso, será imprescindível adequar o design para que ambos não fiquem ao lado um do outro. Esse é o tipo de pensamento possibilita criar um ambiente harmônico e realmente funcional, pois faz com que os elementos sejam arranjados da melhor maneira possível

Para não desistir de ter um espaço de relaxamento em casa, por exemplo, é possível incluir no projeto um ofurô ou jacuzzi no lugar de uma piscina. A área de banho continua presente mesmo em uma área de lazer pequena.

Nesse último caso, indicamos a leitura do conteúdo "Jacuzzi: banheiras e piscinas em harmonia com o porcelanato".

Area de lazer decorada
Não cabe uma piscina na sua área de lazer pequena? Invista, então, em um ofurô ou uma jacuzzi para o ambiente! (Projeto: Portobello Shopping Goiânia)

4. Escolha móveis inteligentes

Uma pequena área de lazer não comporta tantas peças de mobília e as que são utilizadas devem aproveitar ao máximo cada um dos espaços disponíveis. É por isso que fugir de móveis amplos e com modelos mais tradicionais é uma boa escolha. Já os móveis inteligentes cumprem sua função e ainda aumentam o aproveitamento de cada pequeno canto.

No mercado de design já é possível encontrar peças que se desdobram em outros itens, como mesas de centro que possuem um espaço para que os assentos se encaixem abaixo de seu tampo, economizando espaço enquanto não são utilizados. Ainda existem prateleiras retráteis, cadeiras que se transformam em mesas e muitas outras invenções que otimizam o uso do espaço da residência.

Pense também no material de que são feitos cada um dos móveis, pois a exposição ao tempo também poderá ser um problema para eles.

Bancada branca com churrasqueira acoplada, banquetas modernas de pés pretos e revestimento laminado
As banquetas em diferentes formatos dão um charme a mais para sua área de lazer! (Projeto: Juliana Agner)

5. Preocupe-se com a iluminação do ambiente

Qualquer profissional sabe que a iluminação pode mudar completamente o conforto e o uso de um ambiente. E mesmo quem não é especialista em projetos consegue perceber a grande diferença que os pontos de luz fazem. Por isso, quando falamos em uma área de lazer pequena, mas aconchegante, não podemos deixar de pensar sobre a iluminação do espaço – seja a natural ou a elétrica.

A área de lazer normalmente conta com a iluminação natural durante o dia, por isso, se ela for externa à residência, busque oferecer alguma proteção como um pergolado ou uma cobertura para que os raios solares não incidam diretamente em quem for utilizar aquela parte do quintal. Assim, os moradores poderão ficar aproveitando a área mesmo em dias quentes, sem ser incomodados pela luz forte.

A fim de manter o conforto mesmo quando anoitecer, a melhor escolha é buscar uma fonte de luz difusa e mais amarelada. Para que não fique muito escuro, é possível mesclar as lâmpadas amarelas com as brancas, no entanto, evite incluir apenas o segundo tipo. O tom amarelo dá uma sensação de aconchego e intimidade ao ambiente, também contribui para o relaxamento.

E, claro, se possuir uma piscina nessa área, ou então um jardim, não deixe de iluminar esses pontos com spots para que eles possam harmonizar com o restante do ambiente.

Área externa gourmet, toda revestida em madeira e móveis minimalistas com acesso para o jardim
Uma boa iluminação natural durante o dia e, à noite, luzes difusas para dar a sensação de aconchego (Projeto: Espaço e Casa Arquitetura e Interiores)

6. Finalize com uma decoração coesa

Além do design, dos materiais e dos móveis escolhidos para um projeto de área de lazer pequena, é indispensável pensar sobre a decoração que será aplicada. Esse "toque final" fará toda a diferença, além de fortalecer o visual do ambiente para que esteja coerente com o adotado no restante do imóvel, os itens decorativos dão personalidade ao local.

Se está buscando um visual criativo e moderno, optar por elementos com cores saturadas pode ser uma excelente escolha. Nesse caso, use e abuse de vasos, quadros, almofadas e outros objetos que transmitam alegria e a personalidade de quem mora naquele lá.

Já se prefere o estilo rústico, invista em itens amadeirados e com algumas plantas. Cestarias, vasos em sisal, pequenas esculturas e até móveis inteiros em madeira podem fazer parte dessa composição.

Para o estilo minimalista, busque peças com cores sóbrias, pouco volume e que ainda assim deem um charme a mais ao ambiente, um bom exemplo são as mobílias preto e branco para gerar um contraste interessante na área.

área de lazer pequena com decoração coesa utilizando rede e cadeira em pêndulo
Que tal descansar em uma rede ou cadeira de balanço na sua área de lazer? Além de confortável, ainda decora! (Projeto: Flavio Machado)

Caso não tenha um quintal disponível para montar uma área de lazer pequena, saiba que você pode transformar outros espaços capazes de oferecer tranquilidade e relaxamento, por exemplo, a varanda gourmet de um apartamento.

Tipos de área de lazer pequena para se inspirar!

Confira algumas dicas para diferentes tipos de área de lazer.

Área de lazer pequena interna

Para quem mora em apartamentos ou em casas que não possuem espaço no quintal, uma ótima saída para ter um local aconchegante para relaxar é montar uma área de lazer interna. Nesse caso, como a luz natural não é tão presente quanto nas externas, é importante ter um cuidado redobrado com a iluminação.

Área de lazer interna, com móveis modernos em tons cinza e preto. Mesa redonda para jantar acoplada com sofá e cadeiras
O minimalismo desse projeto deixa a área de lazer ainda mais aconchegante e intimista (Projeto: Mariana Mariani P)

Se você gosta de leitura, por exemplo, é possível criar um cantinho especial para o momento. Nesse caso, invista em um assento confortável, próximo a uma fonte de luz. Você pode, ainda, decorar o ambiente com uma estante de livros e até incrementar a sala com outros elementos como uma televisão ou um balanço interno – essa última opção está super em alta!

Caso tenha outros interesses ou só esteja buscando um espaço para se reunir com seus amigos, invista em sofás, puffs e deixe tudo mais completo com uma mesa de centro ou aparador. Se gostar, pode investir em alguns jogos como sinuca para deixar ainda mais divertidos os momentos nessa área.

Área de lazer externa pequena com piscina

Todas as dicas essenciais que trouxemos anteriormente são aplicáveis para as áreas de lazer externas. No entanto, nas que possuem piscina podemos ir um pouco além na hora de compor todo o ambiente, começando pelo revestimento desse espaço.

O porcelanato e pastilhas cerâmicas são excelentes opções para dar acabamento ao deck, às bordas e à parte interna da piscina. Eles exigem baixa manutenção e podem ser utilizados em diversas cores. Busque combinar os tons com a vibe que deseja para sua obra. Mas, para saber a fundo sobre o tema, você pode acessar nosso conteúdo específico sobre porcelanatos para piscina.

Área externa de lazer com piscina quadrada e grama em volta. Cadeiras com almofadas na beira da piscina.
A união de tons da natureza e do porcelanato casam muito bem no espaço da piscina (Projeto: Bruno Brandini)

Para a decoração, peças de madeira como cadeiras, mesas e espreguiçadeiras, e ornamentações com tons mais orgânicos podem trazer um ar de beira-mar e tranquilidade. No entanto, se quiser uma toque mais divertido, apostar em cores vibrantes para as decorações pode ser a chave para um visual incrível.

Área de lazer pequena com puffs e almofadas

Os puffs e almofadas ajudam a dar um ar mais descontraído e confortável para o ambiente. Por isso, aposte em cores e estampas diferentes para compor um visual cool e moderno. Não será difícil de encontrar boas opções de almofadas e travesseiros para fazer parte desse espaço

Área de lazer sem paredes, vista ampla para o Cristo Redentor, cadeira estofada de madeira e sofá cinza claro com almofadas em azul
Sofás, cadeiras de balanço e puffs para momentos de lazer e descanso na área de lazer (Projeto: Ana Meirelles)

Quanto à distribuição de lugares para sentar, é preciso pensar no objetivo de quem irá utilizar aquele ambiente. Considere se a disposição das peças em seu projeto permite que um grupo de pessoas converse confortavelmente, se existe uma mesa ou móvel de apoio para lanches e bebidas, e se estivermos falando de uma área externa, como tornar aquele espaço utilizável mesmo com sol forte ou chuva.

Dá para fazer uma área de lazer pequena e aconchegante gastando pouco?

Sim! É possível montar uma área de lazer pequena sem extrapolar o orçamento. Não há escapatória, é uma reforma, mas a escolha consciente de materiais, por exemplo, faz com que o custo-benefício seja tão interessante que, de fato, a médio e longo prazo você estará economizando.

Sobre a decoração, utilizar móveis mais simples para acomodação como sofás de paletes, puffs e até redes também ajudarão a diminuir os custos de montagem desse espaço. Mas, o que realmente dará o toque final a essa área são os pequenos itens de decoração. Portanto, invista nos quadros, vasos de plantas, tapetes, almofadas e outros pontos capazes de dar um destaque a qualquer ambiente.

Essas são as principais dicas para montar uma área de lazer pequena e aconchegante, sem desperdiçar espaço e recursos ao criar o ambiente. Aqui no Archtrends Portobello você terá acesso a muitos outros conteúdos sobre o mundo da arquitetura e construção civil tanto para quem trabalha nesse ramo, quanto para quem precisa modificar um imóvel.

Acompanhe as postagens e aprenda muito mais com nosso time de especialistas!

Compartilhe
Em análise Seu comentário passará por moderação.
Você avaliou essa matéria com 1 estrela
Você avaliou essa matéria com 2 estrelas
Você avaliou essa matéria com 3 estrelas
Você avaliou essa matéria com 4 estrelas
Você avaliou essa matéria com 5 estrelas
Sua avaliação

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.



Não perca nenhuma novidade!

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das novidades de arquitetura e design no Brasil e no mundo.

    O Archtrends Portobello é a mais importante fonte de referências e tendências em arquitetura e design com foco em revestimentos.

    ® 2022- Archtrends Portobello

    Conheça a Política de Privacidade

    Entenda os Termos de Uso

    Veja as Preferências de Cookies