29.03.2024
Avaliação 
Avalie
 
Sem votos
Avaliar
Sala vista de cima. Destaque para o piso travertino, a mesa e duas cadeiras
Se não é mármore, então, o que é travertino? Descubra as suas características (Projeto: Portobello)

Afinal, o que é travertino? Não confunda mais com mármore

 minutos de leitura
calendar-blank-line
29.03.2024
Entenda o que é travertino e como ele se diferencia do mármore. Descubra, ainda, por que o porcelanato é a alternativa ideal a ambos os materiais
minutos de leitura

Você sabia que travertino não é um mármore? Apesar da expressão "mármore travertino", tecnicamente o travertino não se enquadra na classificação de mármore.

Ao fazer essa descoberta, muita gente se pergunta: então, o que é travertino? Ele tem tonalidade puxada para o bege e características únicas, que o tornam uma das principais opções de revestimento, principalmente para bancadas e pisos.

Neste conteúdo, entenda o que é travertino, qual sua origem e muito mais! Encontre ainda uma opção sustentável à matéria-prima natural.

Afinal, o que é travertino?

O travertino é uma rocha sedimentar de origem calcária que se forma por meio do depósito de carbonato de cálcio em áreas onde águas termais emergem do subsolo e evaporam.

Essas águas, ricas em minerais dissolvidos, deixam para trás sedimentos que, gradualmente, se compactam e solidificam ao longo de milhares de anos. O resultado desse processo é uma pedra única, conhecida por suas características distintas e sua beleza natural.

Lareira aplicada em parede com revestimento que reproduz travertino
Aeterna é a nova reprodução da Portobello do travertino em porcelanato (Projeto: Portobello)

Leia também:

Características do travertino

Uma das características mais marcantes do travertino é sua porosidade. As camadas de sedimentos depositadas ao longo do tempo criam uma textura porosa. Isso confere uma sensação tátil interessante e uma aparência única.

Além disso, ele também conta com uma variedade de tonalidades, que vão desde tons suaves até cores intensas. Tudo vai depender dos minerais presentes durante sua formação e das condições ambientais locais. Portanto, além de entender o que é travertino, ainda é importante saber que a sua origem faz diferença na aparência final.

Usos do travertino

Living em tons neutros, com piso e parede em porcelanato que reproduz travertino
Aparência milenar do travertino é reproduzida em porcelanato Aeterna (Projeto: Portobello)

A origem do travertino remonta há milhões de anos, quando as mudanças geológicas e climáticas criaram as condições ideais para a formação dessa rocha. Geralmente encontrado em áreas com atividade vulcânica e fontes termais, ele é frequentemente associado a regiões como a Itália

Por lá, o travertino é abundante e tem sido amplamente utilizado na arquitetura e nas artes desde os tempos antigos.

Ao longo da história, ele foi usado em uma variedade de aplicações. Desde a construção de templos e monumentos até revestimentos de pisos e paredes em residências e edifícios comerciais.

Sua beleza natural, combinada com sua durabilidade e versatilidade, fez dele uma escolha popular entre arquitetos, designers de interiores e artistas.

Quais as diferenças entre travertino e mármore?

Detalhe de banheiro amplo com porcelanato que reproduz travertino
Processo de formação é uma das diferenças entre mármore e travertino (Projeto: Portobello)

O travertino e o mármore são ambas pedras naturais presentes na arquitetura e na decoração de interiores. Contudo, há diferenças entre elas, tanto em termos de composição quanto em características físicas e estéticas. Confira as principais.

Composição

Como vimos no tópico “afinal, o que travertino?”, essa é uma rocha sedimentar. Já o mármore é uma rocha metamórfica. 

Isso significa que o primeiro se forma a partir do depósito de sedimentos e minerais, enquanto o segundo é o resultado da recristalização de calcário sob altas pressões e temperaturas.

Porosidade

Uma das diferenças mais evidentes entre o travertino e o mármore é a porosidade. O travertino é conhecido por sua textura porosa, causada pela presença de pequenos espaços entre os grãos de calcário. Em contraste, o mármore tende a ter uma estrutura homogênea. Isso lhe confere uma superfície suave e brilhante.

Aparência

Embora tanto o travertino quanto o mármore exibam uma ampla variedade de padrões e cores, há diferenças na estética. 

O travertino frequentemente apresenta veios e variações de cor mais pronunciados, devido à sua formação em camadas sedimentares. 

Por outro lado, o mármore tende a ter uma aparência mais uniforme e consistente, com menos variações visíveis.

Durabilidade

Em termos de durabilidade, o mármore é geralmente considerado mais resistente do que o travertino. Isso ocorre porque ele passou por um processo de formação que aumenta sua dureza e resistência à abrasão. 

O travertino, sendo uma rocha sedimentar porosa, pode ser mais suscetível a danos e desgastes ao longo do tempo, especialmente se não for devidamente selado e mantido.

Aplicações 

Ambas as pedras são amplamente utilizadas em uma variedade de projetos de arquitetura e decoração. Contudo, suas características distintas as tornam adequadas para diferentes usos. 

O mármore é mais aplicado em áreas muito usadas, como pisos e bancadas de cozinha, devido à sua durabilidade e resistência. 

Quanto ao travertino, é mais utilizado em revestimentos de paredes e detalhes ornamentais. Dessa forma, sua textura porosa e suas variações de cor podem ser apreciadas.

Como usar travertino?

Ao entender o que é travertino e quais são as suas principais características, fica mais fácil incluir essa rocha em diferentes projetos. Afinal, ela pode ajudar a elevar os ambientes em termos de beleza.

Para você saber como usá-la na decoração e na arquitetura, selecionamos alguns exemplos na sequência, contemplando usos históricos e contemporâneos.

Construções

Desde os tempos antigos, o travertino tem sido usado em construções de grande importância histórica.

Por exemplo, na Roma Antiga, ele foi empregado em estruturas icônicas, incluindo o Coliseu e o Teatro de Marcelo. Além disso, está presente nas pirâmides do Egito.

Apesar dessa não ser mais uma aplicação muito comum da rocha, ainda é possível incluir travertino em grandes projetos, e não só em detalhes decorativos.

Revestimentos de pisos e paredes

Living visto de cima com piso em porcelanato que reproduz travertino. Há um casal e um cachorro em um sofá
Versátil, porcelanato que reproduz travertino pode ser usado em pisos e paredes (Projeto: Portobello)

O travertino é frequentemente utilizado como revestimento de pisos e paredes em residências, hotéis, spas e edifícios comerciais.

Sua textura porosa e suas variações de cor adicionam um toque de elegância e sofisticação a qualquer ambiente.

Tampos de mesas e bancadas

Devido à sua durabilidade e beleza, o travertino é uma escolha popular para tampos de mesas e bancadas de cozinha e banheiro. Essas superfícies adicionam um elemento de luxo e estilo aos espaços.

Esculturas e objetos decorativos

O travertino também é usado para criar elementos decorativos, como colunas, molduras de portas e janelas, fontes e estátuas.

Sua maleabilidade, quando extraído em blocos, permite que seja esculpido com facilidade. Assim, é possível produzir peças que não trincam.

Revestimentos exteriores

Borda de piscina revestida com porcelanato que reproduz travertino
Porcelanato que reproduz travertino pode ter acabamento EXT, para uso em áreas externas (Projeto: Portobello)

Além de ser utilizado em interiores, o travertino também é uma boa escolha para revestimentos exteriores, em fachadas e muros.

Sua resistência às intempéries e sua capacidade de envelhecer com elegância o tornam uma opção durável para espaços ao ar livre.

Paisagismo

Em projetos de paisagismo, o travertino pode ser empregado em caminhos de jardim, revestimentos de piscinas, paredes de contenção e detalhes decorativos. Afinal, sua aparência natural se integra facilmente ao ambiente, criando um visual cheio de harmonia.

Por que preferir a reprodução de travertino em porcelanato?

Parede com porcelanato que reproduz travertino. Há um nicho com uma escultura no meio dela
Porcelanato é mais sustentável que o travertino natural (Projeto: Portobello)

Agora que você já sabe o que é travertino, entende que essa rocha tem porosidade que tende a variar de acordo com a sua origem. Isso faz com que, nem sempre, seja um material tão resistente.

No entanto, o porcelanato é uma excelente alternativa a ele. Confira algumas características deste produto nos tópicos a seguir.

Durabilidade e resistência

O porcelanato é conhecido por sua durabilidade excepcional. Ele resiste a arranhões, manchas, desgastes e impactos. Portanto, é ideal para áreas de alto tráfego, como pisos.

Vale destacar ainda que o produto é resistente a altas temperaturas, o que faz dele a escolha perfeita para bancadas de cozinha.

Em comparação, o travertino, embora seja durável, pode requerer mais cuidados e manutenção devido à sua porosidade.

Variedade de design

O porcelanato está disponível em uma ampla gama de cores e padrões, incluindo opções que reproduzem o que é travertino com precisão, como Aeterna, da Coleção Portobello 2024.

Isso oferece a flexibilidade de escolher um material que se adapte às preferências pessoais, sem comprometer a estética desejada.

Além da variedade na aparência, o porcelanato ainda pode ter diferentes formatos e acabamentos. Sendo assim, é uma escolha interessante para todos os ambientes, a depender da indicação de uso do fabricante.

Limpeza e manutenção

Ao contrário do travertino, que pode precisar de selagem e produtos específicos para evitar manchas e danos, o porcelanato geralmente só necessita de limpeza regular com vassoura macia e pano umedecido em água com detergente neutro. Portanto, não é necessário realizar nenhum tipo de manutenção ao longo do tempo.

Sustentabilidade

O processo de fabricação do porcelanato é mais sustentável que a extração de pedras naturais como o travertino.

Muitos fabricantes de porcelanato, como a Portobello, adotam práticas ambientalmente conscientes. Isso inclui a reciclagem de resíduos de produção e o uso de tecnologias de baixo consumo de energia.

Além disso, o porcelanato pode ser produzido para interpretar a aparência de materiais naturais, reduzindo, assim, a necessidade de extração, que causa impactos ao meio ambiente.

Aeterna é porcelanato que reproduz travertino

Aeterna, porcelanato da Portobello que reproduz travertino
Portobello traz coleção com porcelanato que reproduz travertino (Projeto: Portobello)

Após conferir o que é travertino, você pode estar se questionando se o material é mesmo a melhor escolha para o seu projeto.

Em termos de estética, essa é uma rocha que chama a atenção por sua beleza atemporal. No entanto, o porcelanato se mostra uma opção mais interessante pensando em praticidade e durabilidade.

Sendo assim, é importante conhecer alternativas ao travertino, como é o caso de Aeterna, lançamento da Portobello que reproduz a matéria-prima natural.

O produto chega em duas opções de cor: Avorio e Bianco. Com bordas retificadas, pode ter acabamento natural e EXT. Ou seja, é ideal para projetos in and out. Eles estão disponíveis nos seguintes formatos:

  • 120x270 cm, com acabamento natural e tecnologia Super Touch, que confere uma textura muito próxima à da pedra natural, mas em porosidade;
  • 160x160 cm, com acabamento natural;
  • 120x120 cm, nas versões natural, EXT e polida, sendo as duas primeiras Super Touch;
  • 60x120 cm, também com opções natural, EXT e polido, com Super Touch nas duas primeiras;
  • 90x90 cm, natural e EXT.

Além dessas opções, ideais para pisos, paredes, bancadas e elementos decorativos, há ainda uma versão ripada, para criar paredes personalizadas. Nesse caso, o formato é 30x120 cm com acabamento natural.

Gostou dessa alternativa e quer entender como usar esse tipo de porcelanato na decoração? Confira tudo sobre os revestimentos neutros!

Compartilhe
Avaliação 
Avalie
 
Sem votos
VOLTAR
ESC PARA FECHAR
Minha avaliação desse conteúdo é
0 de 5
 

Afinal, o que é travertino? Não confunda ma...

Afinal, o que é travertino? Não confunda mais com mármore

  Sem votos
minutos de leitura
Em análise Seu comentário passará por moderação.
Você avaliou essa matéria com 1 estrela
Você avaliou essa matéria com 2 estrelas
Você avaliou essa matéria com 3 estrelas
Você avaliou essa matéria com 4 estrelas
Você avaliou essa matéria com 5 estrelas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Archtrends Portobello
Colunista

O Archtrends Portobello é a mais importante fonte de referências e tendências em arquitetura...

Conhecer artigos



Não perca nenhuma novidade!

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das novidades de arquitetura e design no Brasil e no mundo.

    O Archtrends Portobello é a mais importante fonte de referências e tendências em arquitetura e design com foco em revestimentos.

    ® 2024- Archtrends Portobello

    Conheça a Política de Privacidade

    Entenda os Termos de Uso

    Veja as Preferências de Cookies