04.12.2023
Avaliação 
Avalie
 
Sem votos
Avaliar
Escada reta revestida com Dansk Cement Graphite em contraste com Bianco Di Lucca Chain A (Projeto: Martin Corullon)

6 tipos de escadas para considerar nos seus projetos

 minutos de leitura
calendar-blank-line
04.12.2023
Da estrutura que mantém os degraus ao corrimão que protege o usuário: uma escada incrível deve ser planejada com todos os detalhes. Confira alguns modelos para inspirar seus projetos e veja dicas de materiais!
minutos de leitura

Para conectar os níveis de uma casa, há diversos tipos de escadas, cada um com suas características. Seja um sobrado, duplex ou tríplex, a escolha do modelo adequado faz toda a diferença.

Mais do que um simples item estrutural, esse elemento tem o poder de dar outra cara aos ambientes. Isso porque pode ser feito em diferentes formatos e materiais. 

Além disso, existem variados tipos de degraus, corrimãos e guarda-corpos. Tudo isso influencia na estética dos espaços.

Confira o que você precisa saber para fazer a escolha certa para o seu projeto!

Quais são os principais tipos de escadas?

A seguir, vamos apresentar os diferentes tipos de escadas com base na forma.

1. Escada reta

Tipos de escadas, escada reta
Escada reta vazada e com viga central (Projeto: Portobello)

A escada reta, como o próprio nome indica, não tem curvas. Ela interliga um piso a outro em um único sentido. Se a altura entre os pisos for muito grande, pode ter um ou mais patamares.

Por precisar de uma boa extensão para conectar os pavimentos, se encaixa melhor em ambientes retangulares. Também funciona bem em espaços estreitos, já que ocupa um espaço menor.

Dependendo da altura da escada, a área abaixo dela por ser aproveitada de diversas maneiras, como lavabo, home office, estante de livros ou marcenaria para guardar objetos da casa.

2. Escada em “L”

Tipos de escadas, escada em L
Os degraus da escada foram revestidos com Pau Brasil Natural, da Portobello (Projeto: Julia Lima)

A escada em “L” é chamada dessa maneira por ter um lance perpendicular ao outro e um patamar entre eles.

Costuma ser colocada em um canto do ambiente. Por isso, é uma excelente opção para casas menores, que precisam aproveitar bem a área disponível.

Também se encaixa facilmente em espaços maiores.

Se bem planejada, o segundo lance pode ser usado como despensa ou até como área de serviço, por ser mais alto.

3. Escada em “U”

Tipos de escadas, escada em U
Tanto a escada quanto outras partes do ambiente foram revestidos com Pietra Lombarda, da Portobello (Projeto: Sussiane Cardoso)

Conta com dois lances que mudam de direção em 180°, com um patamar entre eles. Assim, vista de cima, tem o formato da letra “U”.

Por ocupar mais espaço, costuma ser escolhida principalmente para espaços maiores.

Pode tanto ser fixada a uma parede quanto colocada no meio da casa, funcionando como divisória entre dois ambientes.

4. Escada em leque

Tipos de escadas, escada em leque
O uso do mesmo porcelanato, Bianco Covelano, na escada e no piso da sala de jantar conferiu uma sensação de continuidade (Projeto: Thais / Foto: Marco Troelli)

A escada em leque pode ter o formato de “L” ou de “U”. A diferença é que, em vez de um patamar, tem degraus para fazer a curva.

Por serem triangulares, com um dos cantos menos profundo, eles demandam um cuidado maior para evitar quedas. Portanto, não são muito recomendáveis para casas com crianças e idosos.

5. Escada circular ou curva

escada circular branca
Forma e dimensão da escada externa traz imponência para o projeto (Projeto: MarieVeri Arquitetura)

A escada circular forma curvas suaves e orgânicas entre diferentes níveis da casa.

Por ser larga, ocupa bastante espaço. Isso explica porque ela costuma ser instalada em áreas com pé-direito duplo.

Dessa maneira, a escada ganha destaque e traz uma dose extra de sofisticação a ambientes modernos.

No entanto, por ser desenvolvida como elemento arquitetônico e devido ao seu formato, dificilmente o espaço abaixo dela é aproveitado.

6. Escada caracol

Tipos de escadas, escada caracol
O revestimento Dansk Cement Mud traz suavidade para a escada caracol (Projeto: Portobello)

A escada caracol, também conhecida como espiral ou helicoidal, conta com degraus triangulares fixados em um eixo central.

Trata-se de uma solução desenvolvida para espaços pequenos. Tanto é que, dependendo do projeto, acaba sendo a única alternativa possível.

Antes de instalá-la, é importante avaliar como o andar de cima será usado.

Isso porque o seu formato tende a dificultar o transporte de móveis ou outros objetos grandes. Algumas pessoas também podem sentir tonturas ao subir e descer.

Leia também

Quais são os componentes e as possibilidades?

Além da forma, os tipos de escadas variam conforme as diferentes configurações de seus componentes:

  • 1º lance: primeira sequência de degraus;
  • 2º lance: segunda sequência de degraus;
  • corrimão: estrutura fixada na lateral para apoio das mãos;
  • guarda-corpo: elemento vertical de proteção colocado ao longo da escada para evitar quedas;
  • piso do degrau: superfície onde apoiamos o pé ao subir e descer;
  • espelho do degrau: altura entre um piso e outro;
  • patamar: degrau maior, usado para descanso, que divide os lances da escada.

Escada com degrau comum

Tipos de escadas, escada com degrau comum
A combinação entre concreto e madeira ajuda a compor o estilo rústico de decoração (Projeto: Sidney Quintela)

Entre os tipos de escada, esse costuma ser um dos mais usados por ser simples. Os degraus são fechados, formados por piso e espelho.

Também oferecem maior segurança. Por isso, são indicados para casas com crianças, idosos e pessoas com deficiência.

Escada com a parte debaixo fechada

Tipos de escadas, escada com a parte debaixo fechada
A parte debaixo da escada fechada permite atribuir uma funcionalidade ao espaço (Projeto: Oficina de Morar)

Além de contar com os degraus fechados, a escada pode ter sua superfície debaixo lisa e inclinada. Assim, permite que o espaço abaixo dela seja ocupado de diversas maneiras, com ou sem paredes.

Escada com degraus vazados

Tipos de escadas, escada com degraus vazados
Escada com degraus vazados revestida com porcelanato Oro Bianco, da Portobello (Projeto: Erika Queiroz)

Outra opção entre os tipos de escadas é a com degraus vazados, ou seja, sem espelhos. Trata-se de uma escolha interessante para quem busca um visual mais leve. 

Em ambientes com decoração minimalista e contemporânea, os degraus vazados fazem bastante sucesso.

Escada com vigas laterais

Tipos de escadas, escada com vigas laterais
Modelo de escada curva discreta e, ao mesmo tempo, elegante (Projeto: Jessica Gnoatto / Foto: arq.verso fotografia)

Escadas com degraus vazados precisam de vigas para sustentá-los. Uma das alternativas é contar com vigas laterais.

Escada com viga central

Tipos de escadas, escada com viga central
Escada em leque, vazada, com viga central e sem corrimão (Projeto: Ulli Almeida Arquitetos Associados / Foto: Hélio Holanda)

Outra possibilidade é contar com uma única viga no meio da escada, deixando as laterais livres. Isso torna o visual mais leve, mas demanda degraus bem reforçados, para evitar que se quebrem.

Escada flutuante

Tipos de escadas, escada flutuante
Escada flutuante com guarda-corpo de vidro (Projeto: Renata Lopes)

Tem apenas um lado de seus pisos fixado na parede. Isso dá a impressão de que os degraus flutuam. É uma ótima aposta para quem busca tipos de escadas discretos e leves.

Escada suspensa

Tipos de escadas, escada suspensa
O uso dos cabos de aço dispensa a presença de paredes (Projeto: Lilian Cruz)

A escada suspensa fica pendurada por cabos de aço em toda a sua extensão. Eles precisam ser presos em uma laje, de modo a garantir uma boa fixação.

Quais são os materiais mais usados em escadas?

Tipos de escadas, materiais
Escada com degraus e vigas em madeira e guarda-corpo de vidro (Projeto: Marcia Meccia)

Diante dos projetos apresentados aqui, você deve ter notado que diversos materiais podem ser usados em todos os tipos de escadas: concreto, madeira, pedra, porcelanato, vidro, metais…

A escolha da matéria-prima depende tanto da funcionalidade necessária quanto da estética desejada do seu projeto.

O concreto costuma ser o material mais usado por conta da estabilidade. Mas nada impede que ele seja coberto por revestimentos que reproduzem madeira, mármore e até o próprio concreto.

Além disso, você pode optar por mais de uma matéria-prima e combiná-las.

Por exemplo, degraus de concreto revestidos com porcelanato, corrimão de ferro e guarda-corpo de vidro, entre tantas outras possibilidades.

O mais importante é que a escada cumpra a sua função e esteja em sintonia com a estética do ambiente.

Quais são os principais modelos de guarda-corpos e corrimãos?

O guarda-corpo e o corrimão oferecem mais segurança para quem sobe e desce. Diante de tantos tipos de escadas diferentes, vemos também inúmeros desses elementos.

Guarda-corpo de ferro

Tipos de escadas, guarda-corpo de ferro
A combinação entre ferro e mármore deixa o ambiente ainda mais elegante (Projeto: Márcia Meluci)

Além de ser funcional, ele pode assumir um papel decorativo importante, como no projeto acima, cujo guarda-corpo de ferro é todo trabalhado.

Guarda-corpo de vidro

Tipos de escadas, guarda-corpo de vidro
Escada com guarda-corpo de vidro fixado por pilares de metal e degraus revestidos com Bianco Covelano (Projeto: Luceia Maria Molena Ambrozio)

Ao navegar pelos projetos do Archtrends, você vai notar que não faltam exemplos de guarda-corpo de vidro.

Principalmente em ambientes contemporâneos, que valorizam a modernidade, esse material é um grande queridinho.

Com corrimão

Tipos de escadas, com corrimão
Escada de madeira com corrimão preto de ferro (Projeto: Degradê Arquitetura e Interiores)

Mesmo em locais que não oferecem tanto risco de queda, contar com um corrimão ajuda a trazer segurança e mobilidade para as pessoas.

Embora esse elemento possa assumir uma função decorativa, ele também pode ser discreto, como no exemplo acima.

Sem guarda-corpo ou corrimão

Tipos de escadas, sem corrimão
Escada flutuante sem guarda-corpo revestida com Boreal Natural, da Portobello (Projeto: Portobello Shop Goianesia)

De uns tempos para cá, vemos cada vez mais projetos que não dispõem de guarda-corpo e corrimão, com uma pegada bem minimalista.

Buscamos apresentar aqui os principais tipos de escadas para você considerar.

Como deve ter notado, quando o assunto é escada, o céu é o limite! Portanto, com uma boa dose de criatividade e bom gosto, é possível deixar a casa ainda mais charmosa.

Precisa de inspirações para criar seus projetos? Então, confira as principais tendências de 2023 que vão influenciar a arquitetura e o design!

Compartilhe
Avaliação 
Avalie
 
Sem votos
VOLTAR
ESC PARA FECHAR
Minha avaliação desse conteúdo é
0 de 5
 

6 tipos de escadas para considerar nos seus p...

6 tipos de escadas para considerar nos seus projetos

  Sem votos
minutos de leitura
Em análise Seu comentário passará por moderação.
Você avaliou essa matéria com 1 estrela
Você avaliou essa matéria com 2 estrelas
Você avaliou essa matéria com 3 estrelas
Você avaliou essa matéria com 4 estrelas
Você avaliou essa matéria com 5 estrelas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Olá, Eliesa,

    Recomendamos você entrar em contato com um consultor de loja mais próximo de você.

    Acesse aqui e digite o nome da sua cidade para ver os contatos.

    Grande abraço,
    Equipe Archtrends Portobello



Não perca nenhuma novidade!

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das novidades de arquitetura e design no Brasil e no mundo.

    O Archtrends Portobello é a mais importante fonte de referências e tendências em arquitetura e design com foco em revestimentos.

    ® 2024- Archtrends Portobello

    Conheça a Política de Privacidade

    Entenda os Termos de Uso

    Veja as Preferências de Cookies