22.10.2018
Avaliação
()
Cimento queimado é versátil e pode ficar ainda mais na reprodução em porcelanato (Projeto: Gabriella Gochinski / Foto: Rafael Ribeiro)
Cimento queimado é versátil e pode ficar ainda mais na reprodução em porcelanato (Projeto: Gabriella Gochinski / Foto: Rafael Ribeiro)
0

Cimento queimado: uma alternativa para projetos modernos

minutos de leitura
Entenda o que é o cimento queimado, descubra quais são as vantagens da reprodução em porcelanato e saiba como usar na decoração
minutos de leitura

O cimento queimado transmite força e pode dar um ar rústico ou industrial à decoração. Apesar de ser fruto de uma técnica antiga, ele é muito utilizado em projetos atuais.

Inclusive, na arquitetura, tem papel importante. O modernismo brasileiro, por exemplo, usa esse material em obras famosas, como no Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (Masp).

Em casa, ele pode aparecer de diferentes formas, como por meio do porcelanato cimento queimado em pisos, paredes e bancadas.

Quer entender melhor essa técnica e conhecer as possibilidades de aplicação? Acompanhe a leitura!

O que é o cimento queimado?

cimento queimado
Técnica antiga, cimento queimado agora tem reprodução em diferentes materiais, como porcelanato (Projeto: Portobello S.A.)

O cimento queimado é uma técnica que mistura argamassa de cimento, água e areia.

O resultado é uma superfície bem lisa, com manchas em tons de cinza, com alguma porosidade e acabamento bruto, além do toque frio, que são suas características marcantes.

A aplicação precisa ser em um local já nivelado, para que fique o mais plana possível, em um processo parecido com o do contrapiso.

Apesar do nome, na verdade, não é utilizado fogo ou outra fonte de calor para obter o resultado desejado.

O efeito “queimado” — isto é, as manchas que surgem — aparece a partir do pó de cimento seco, que é espalhado com a argamassa ainda úmida, seja no piso ou na parede.

Essa se tornou uma técnica bastante conhecida por ser simples e barata. Além disso, como forma uma superfície fria, é ideal para regiões quentes.

Sem falar que não absorve água, o que é interessante em ambientes externos, onde é necessário o escoamento.

O cimento queimado ainda tem boa durabilidade, o que faz sua aplicação ser muito popular em casas de campo, sítios e fazendas, por exemplo.

Aliás, essa é uma técnica que ganha popularidade. Hoje em dia, ela pode ser encontrada em projetos mais sofisticados, que buscam pela rusticidade que dê um toque de aconchego.

Com isso, novas maneiras de ter uma superfície com a aparência desse material foram surgindo. Uma delas é o porcelanato cimento queimado, como veremos em detalhes adiante.

Como é a aplicação de cimento queimado?

cimento queimado
Textura do cimento queimado é opção curinga para usar em diferentes ambientes da casa (Projeto: Portobello S.A.)

Como mencionamos, a aplicação do cimento queimado requer um contrapiso bem nivelado, para garantir uma superfície lisinha.

Além disso, certifique-se de que o local está limpo e sem pó, já que detritos podem dificultar a instalação.

Para obter o efeito, é necessário misturar argamassa de cimento, areia e água, aplicando sobre o piso ou a parede usando uma desempenadeira de metal.

Ainda com a argamassa úmida, chega a hora de aplicar a técnica de queima. Ou seja, joga-se pó de cimento seco por toda a superfície para conferir o aspecto manchado.

Depois, o ideal é umedecer o cimento queimado pelo menos uma vez ao dia, dependendo do clima da região. Isso evita futuras rachaduras e faz com que ele cure por igual.

Se quiser um acabamento brilhante, passe cera regularmente ou envernize. Inclusive, esse detalhe ajuda a conservar.

Vale ressaltar que a recomendação é que esse processo seja feito por um profissional qualificado, para garantir um bom resultado.

Quais são as opções para ter o efeito de cimento queimado?

revestimento ceramico, cimento queimado
Revestimento cerâmico é uma das melhores maneiras de ter o efeito cimento queimado (Projeto: Portobello S.A.)

Há diferentes técnicas que você pode adotar para incluir o cimento queimado na decoração. Algumas, inclusive, são mais sofisticadas que a original.

Isso permite ir além da aplicação em pisos e paredes: também é possível ter esse efeito no teto, em bancadas e até em áreas molhadas, por exemplo.

Nas linhas a seguir, confira as principais opções para levar essa técnica para o seu projeto.

cimento queimado
Textura de cimento queimado também traz charme a pisos e paredes do quarto (Projeto: Portobello S.A.)

Argamassa de cimento queimado

Com o sucesso do cimento queimado, diversas marcas de materiais de construção colocaram produtos prontos no mercado.

Essa é uma argamassa que precisa apenas ser misturada com água. O interessante é que dá para encontrá-la com diferentes texturas e cores, ampliando o leque de possibilidades para a decoração.

Pintura

Outra alternativa para ter o efeito de cimento queimado é por meio de tintas que reproduzem esse visual.

Há diversos tipos disponíveis no mercado. No entanto, vale lembrar que é como uma tinta de parede comum, ou seja, não pode ser aplicada em áreas molhadas.

Papel de parede

Uma alternativa rápida para ter uma parede com visual de cimento queimado é o papel de parede.

Afinal, esse material é capaz de reproduzir diferentes estampas e padrões. Sendo assim, você pode encontrar tonalidades mais claras ou escuras, além de outras cores que não sejam o cinza.

Entretanto, é importante escolher um produto de qualidade, para que a aparência de cimento queimado não fique muito artificial.

Também é recomendável contar com a ajuda de um profissional para a aplicação, de forma que o acabamento fique bonito.

Porcelanato cimento queimado

cimento queimado no banheiro
Entre as vantagens do porcelanato cimento queimado está a aplicação em áreas molhadas (Projeto: Maria Elena Brusa)

Essa é uma das principais maneiras de obter o efeito. Afinal, o porcelanato pode reproduzir diferentes materiais, texturas e cores com fidelidade.

É o que acontece com o cimento queimado. Atualmente, há uma boa variedade de revestimentos no mercado que interpretam seu acabamento rústico.

Por que o porcelanato cimento queimado é a melhor alternativa?

Listamos as principais vantagens do porcelanato cimento queimado como alternativa à técnica original para você entender mais sobre esse produto:

  • pode ser aplicado em diferentes ambientes, como áreas externas e molhadas, incluindo o box do banheiro;
  • reproduz fielmente a textura do cimento queimado, e em diferentes tonalidades;
  • tem boa variedade de formatos e acabamentos;
  • conta com baixa absorção de água;
  • não causa alergia;
  • é fácil de limpar;
  • é duradouro.

Quais são as principais linhas de porcelanato cimento queimado?

Como vimos, o porcelanato cimento queimado é uma ótima maneira de obter o efeito da técnica original na decoração.

No portfólio da Portobello, há diversas alternativas, o que ajuda a encontrar o produto que tenha o visual perfeito para o seu projeto.

Conheça algumas linhas que reproduzem textura similar ao cimento queimado, a seguir.

Cement Block

cimento queimado, piso
Decoração industrial ganha sofisticação com porcelanato cimento queimado no piso (Projeto: RB4 Studio)

A linha Cement Block reúne cinco opções de diferentes tonalidades.

Da mais clarinha à mais fechada, elas são ideais para ambientes modernos, sejam eles secos ou molhados. Todas têm sutileza e suavidade, conferindo o ar refrescante dos tons pastel.

Sendo assim, são uma alternativa curinga, que dá personalidade a qualquer projeto. O formato também é democrático: 80x80 cm.

Essencial

Com tons urbanos e sóbrios, a linha Essencial representa a essência da casa contemporânea. Entre as quatro opções de produtos, duas reproduzem cimento queimado: Cimento Cinza e Cimento Natural.

Ambas aparecem em formato 60x60 cm e acabamento natural. Portanto, são ideais para a aplicação até em áreas molhadas, como banheiros.

Artsy

cimento queimado, polido piso
Acabamento polido também é opção para porcelanato cimento queimado (Projeto: Portobello S.A.)

Já a linha Artsy conta com apenas uma opção de reprodução do cimento queimado. No entanto, reúne uma boa variedade de acabamentos e tamanhos, o que torna seu uso bastante versátil.

Ela permite a aplicação em todos os ambientes, pois tem opções nos acabamentos natural, polido e EXT. Ou seja, é ideal para projetos in and out (dentro e fora da casa).

O produto está disponível nos seguintes formatos:

  • 60x120 cm;
  • 90x180 cm;
  • 90x90 cm.

Ou seja, tem até Lastra que reproduz cimento queimado e pode dar uma aparência ainda mais natural por exigir menos emendas.

Cabe ressaltar que Artsy traz uma proposta arrojada, que é ideal para ambientes contemporâneos.

Broadway

cimento queimado, corredor
Variedade de formatos e acabamentos permite o uso do mesmo porcelanato em diferentes ambientes
(Projeto: Degradê Arquitetura e Interiores

A linha Broadway é mais uma a contar com produtos em diferentes acabamentos e dimensões.

Ela chega para representar o cimento em ritmo urbano, com a proposta de ser versátil, podendo vestir paredes e pisos, inclusive em áreas externas.

São duas opções de tonalidade, ambas com acabamento EXT e natural. Os formatos são os seguintes:

  • 90x90 cm;
  • 60x120 cm;
  • 120x120 cm.
cimento queimado em garages
Linha Broadway traz estilo e design para qualquer ambiente, incluindo garagens

Como usar cimento queimado na decoração?

Agora, chegou a hora de entender em detalhes como o cimento queimado pode aparecer na decoração. Confira algumas ideias.

Pisos

A técnica original já não é muito usada no piso. Isso porque opções como o porcelanato cimento queimado se mostram mais vantajosas.

No entanto, de maneira geral, dá para ter esse visual em qualquer área, sejam internas, externas, secas ou molhadas.

Paredes

Sobretudo nos dias atuais, o uso do cimento queimado na parede é o mais comum. Além da técnica tradicional, você pode usar alternativas como as que apresentamos ao longo deste conteúdo.

Entre elas estão a tinta, o papel de parede e, claro, o porcelanato cimento queimado.

Para a última opção, uma dica é apostar nas Lastras, que cobrem uma área maior e, assim, conferem um aspecto mais sofisticado.

Bancadas

cimento queimado, áreas externas
Cimento queimado tem aplicação versátil, assim como porcelanato que reproduz esse material (Projeto: Frederico Bicalho)

O cimento queimado também pode ser o revestimento de bancadas, especialmente em áreas externas. No projeto acima, até o forno ganhou esse acabamento, o que tornou a decoração mais fluida.

No entanto, para quem quer uma alternativa fácil de limpar, o porcelanato com textura similar ao cimento queimado é uma boa pedida para superfícies assim. Principalmente as Lastras, veja abaixo.

bancadas cimento queimado
Bancadas contemporâneas ganham releitura do cimento queimado com as grandes Lastras de porcelanato (Projeto: Portobello S.A.)

Prático e moderno, o cimento queimado pode ser usado em praticamente qualquer local, inclusive em muros. Mas, antes de aplicar, confira as nossas dicas para renovar a fachada da sua casa!

Foto de destaque: Cimento queimado é versátil e pode ficar ainda mais na reprodução em porcelanato (Projeto: Gabriella Gochinski / Foto: Rafael Ribeiro)

Compartilhe
Em análise Seu comentário passará por moderação.
Você avaliou essa matéria com 1 estrela
Você avaliou essa matéria com 2 estrelas
Você avaliou essa matéria com 3 estrelas
Você avaliou essa matéria com 4 estrelas
Você avaliou essa matéria com 5 estrelas
Sua avaliação

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Não perca nenhuma novidade!

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das novidades de arquitetura e design no Brasil e no mundo.

    O Archtrends Portobello é a mais importante fonte de referências e tendências em arquitetura e design com foco em revestimentos.

    ® 2023- Archtrends Portobello

    Conheça a Política de Privacidade

    Entenda os Termos de Uso

    Veja as Preferências de Cookies