02.12.2022
Avaliação 
Avalie
 
Sem votos
Avaliar
Fachada de uma casa com escada reta
A escada externa deixa a fachada com um efeito de amplitude e um toque moderno (Projeto: Diogo Mendes Gonçalves)

Guia das escadas externas: tipos, revestimentos e especificações

 minutos de leitura
calendar-blank-line
02.12.2022
Uma escada externa, além de funcional, é um diferencial na fachada da sua casa. Se você quer saber quais normas ela deve seguir e como incorporar esse item de forma estilosa, confira as dicas
minutos de leitura

Todas as construções apresentam suas particularidades e desafios e algumas podem ser solucionadas logo na etapa inicial do projeto. A escada externa, muitas vezes, é necessária em terrenos irregulares, para facilitar o acesso a diferentes ambientes da casa, ou ainda em sobrados, como plataforma de um piso ao outro. Independentemente da função, a escada externa vai fazer parte do aspecto visual da sua casa.

Se você tem dúvidas de como incorporar este item de forma segura e valorizando a decoração da fachada da sua residência, hoje o Archtrends trouxe algumas dicas e inspirações para te ajudar, confira!

O que é uma escada externa?

Qualquer sequência de três degraus ou mais é considerada uma escada. A escada externa é um item importante que pode atender diferentes demandas em um projeto residencial. Ela faz parte da fachada e pode conectar jardins e quintais a outros espaços da casa para deixar o ambiente confortável e acessível. Por ficar exposta às variações do tempo (sol, chuva, vento, sujeira e umidade), o projeto de uma escada externa requer atenção especial na escolha do tipo de revestimento.

O ideal é que o material seja com resistência ao escorregamento para oferecer segurança aos moradores e visitantes da casa. Além disso, a escada externa vai fazer parte do visual da entrada da casa e pode ser o diferencial da fachada, diante disso, opte por revestimentos que ofereçam beleza e estilo ao local.

Área externa de uma casa com piscina conectada com a área interna através de uma escada.
Área de lazer com uma escada que conecta o interno com o externo (Projeto: Bia Guedes)

Qual o tamanho e largura ideal para escada externa?

A escada externa pode adquirir diferentes tamanhos, formas e configurações para se adaptar ao local. Uma escada é formada por vários degraus, piso (parte horizontal onde coloca o pé) e um espelho (parte vertical). Para projetar uma escada é preciso seguir as exigências do Corpo de Bombeiros e estar em concordância com a Norma NBR 9050, que diz:

  • As dimensões dos pisos e espelhos devem ser constantes em toda a escada ou degraus isolados. Para o dimensionamento, devem ser atendidas as seguintes condições: 0,63 m ≤ piso + 2 espelhos ≤ 0,65 m, 0,28 m ≤ piso ≤ 0,32 m e 0,16 m ≤ espelho ≤ 0,18 m;
  • em construções novas, o primeiro e o último degraus de um lance de escada devem distar no mínimo 0,30 m da área de circulação adjacente;
  • a inclinação transversal dos degraus não pode exceder 2 % em escadas externas;
  • escadas com lances curvos ou mistos devem atender à ABNT NBR 9077, porém é necessário que, à distância de 0,55 m da borda interna da escada, os pisos e espelhos sejam dimensionados.

Os arquitetos utilizam da seguinte fórmula, desenvolvida pelo arquiteto francês François Blondel, para projetar uma escada dentro das especificações:

2 espelhos + 1 piso = 63-65 cm

Em suma, a fórmula determina a relação entre a altura e profundidade para uma escada confortável e adequada para o uso. Já a largura da escada é estabelecida de acordo com o fluxo de pessoas. Em residências, o recomendado é de no mínimo 80cm e para ambientes públicos, superior a 1,20cm.

Fachada de uma casa com escada externa com revestimento de madeira e água e plantas aos lados dela.
A escada externa deixa a fachada mais aconchegante e sofisticada (Projeto: 360 Arquitetura)

Quais são os tipos de escadas externas?

Os tipos de escadas são classificados conforme o formato dos degraus e o desenho da estrutura. Eles atendem as necessidades de diferentes espaços, sejam eles pequenos ou grandes. Confira alguns modelos:

Escadas retas

Esse é um dos modelos mais comuns de escada. A escada reta é construída seguindo uma única direção. Na área externa, esse modelo é mais indicado para pequenos desníveis entre a porta de entrada e o quintal da casa. Os degraus de linha reta, com largura pequena ou abrangendo toda a entrada, fornecem amplitude e deixam a fachada com estilo moderno.

Se quiser usar esse modelo para o acesso entre um piso e outro, é preciso calcular um espaço maior, geralmente na lateral da casa, para que o tamanho da escada com maior número de degraus não destaque mais que a fachada da entrada.

Área externa de uma casa com a escada reta que une a área interna com a externa.
A escada reta na fachada permite harmonizar o ambiente externo com o interno e o paisagismo (Projeto: Ricardo Ambrósio Junior)

Escadas em L

A escada em L, como o próprio nome diz, lembra o formato da letra que a nomeia. É caracterizada por uma mudança de direção de 90º na altura. Este tipo de escada é dinâmico e se adequa a diversos espaços. É indicado para deixar a subida menos íngreme e menos intensa. Este modelo combina com diferentes propostas arquitetônicas, pois podem ser utilizados diversos materiais para o seu acabamento.

Escadas em caracol

A escada de caracol, também conhecida como espiral ou helicoidal, é ideal para ligar um andar ao outro em pequenos espaços. Seu formato inteligente possibilita acesso à altura, ocupando uma largura pequena. Por isso, ele é considerado um dos modelos mais funcionais do mercado. O material mais utilizado para a construção desse tipo de escada é o ferro, que pode ter diferentes formatos decorativos.

Escadas flutuantes

Esse modelo de escada é assim chamado pela sensação dos seus degraus serem livres e visualmente parecerem que estão flutuando. Essa sensação é causada pelo fato de sua estrutura principal ser fixada diretamente na parede, degrau por degrau, sem a presença de corrimão ou apoio lateral. Esse modelo deixa a área externa da sua casa com visual futurista e é uma das apostas do estilo moderno.

Área externa de uma casa com escada flutuante em cor cinza.
As escadas flutuantes dão a sensação de tranquilidade e bem-estar (Projeto: Diogo Mendes Gonçalves)

Porcelanato EXT: o melhor material para escadas externas

Quando falamos de materiais para escada externas temos que considerar alguns fatores, o material precisa:

  • ser resistente ao contato direto com sol, chuva e poeira;
  • ser resistente ao fluxo de passagem;
  • ser de fácil limpeza;
  • ser de fácil manutenção;
  • ter baixa absorção de água;
  • ter alta durabilidade.
Fachada de uma casa em cores preto, cinza e branco, estilo minimalista com escada.
A escada externa potencializa a natureza do ambiente e confere personalidade única (Projeto: Arquitetare por Elaine Zanon e Claudia Machado)

Uma escada de porcelanato vai possuir todas essas características, com um visual que vai integrá-la ao estilo da sua casa. Para ambientes externos o porcelanato tipo EXT é o mais indicado. Conheça algumas características técnicas e decorativas deste material:

Resistente

A resistência do porcelanato do tipo EXT ao calor do sol e a água da chuva é superior a outras opções de materiais como madeira, metal e mármore, o que o torna o melhor revestimento para escada externa. Ele não necessita de material impermeabilizante adicional e de uma manutenção constante para manter tal característica.

Resistência ao escorregamento

O porcelanato do tipo EXT conta com um coeficiente de atrito superior a 0,6. O que significa que a sua superfície irregular reduz as chances de escorregamento em dias de chuva ou durante a limpeza da escada externa. Essa é uma das características principais para garantir a segurança e evitar acidentes dos moradores e visitantes.

Fácil limpeza e manutenção

Para manter o piso da escada externa bonito e limpo, basta usar água e sabão neutro. Não use produtos caseiros, limpadores fortes ou ácidos, pois estes danificam a proteção da superfície do material.

Beleza

Além de todas as vantagens técnicas do porcelanato do tipo EXT, a escolha desse material para revestir a escada externa é assertiva também devido a sua possibilidade de estilos. Ele reproduz com perfeição pedras, cimento, mármores e madeiras, com características mais adequadas ao uso.

Se você quer continuar lendo sobre decoração externa da casa, te convidamos a conferir o post “Decoração de jardim: Ideias com vasos, pedras e mais“. Aqui no portal Archtrends Portobello você encontra diversos conteúdos de arquitetura e decoração!

Compartilhe
Avaliação 
Avalie
 
Sem votos
VOLTAR
FECHAR
Minha avaliação desse conteúdo é
0 de 5
 

Guia das escadas externas: tipos, revestiment...

Guia das escadas externas: tipos, revestimentos e especificações

  Sem votos
minutos de leitura
Em análise Seu comentário passará por moderação.
Você avaliou essa matéria com 1 estrela
Você avaliou essa matéria com 2 estrelas
Você avaliou essa matéria com 3 estrelas
Você avaliou essa matéria com 4 estrelas
Você avaliou essa matéria com 5 estrelas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Não perca nenhuma novidade!

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das novidades de arquitetura e design no Brasil e no mundo.

    O Archtrends Portobello é a mais importante fonte de referências e tendências em arquitetura e design com foco em revestimentos.

    ® 2024- Archtrends Portobello

    Conheça a Política de Privacidade

    Entenda os Termos de Uso

    Veja as Preferências de Cookies