07.12.2023
Avaliação 
Avalie
 
Sem votos
Avaliar
Moodboard que representa Rewind, macrotendência do trendbook 2024 da Portobello
Foto de destaque: Rewind é macrotendência mapeada pela Portobello que convida a desacelerar (Imagem: Reprodução / Trendbook 2024)

Rewind: a tendência que convida a contemplar o passado

 minutos de leitura
calendar-blank-line
07.12.2023
O olhar para o passado gera boas memórias, que servem de porto seguro em meio a uma realidade turbulenta. Conheça a tendência Rewind e saiba como aplicar
minutos de leitura

Rewind é uma das três macrotendências mapeadas no Trendbook 2024 da Portobello. O relatório anual da marca reúne percepções da moda, do design e da arquitetura para nortear profissionais e entusiastas ao longo desse período.

Dessa vez, o material revela as influências de um mundo em “alta voltagem”. São transformações e tensões que já começaram a acontecer e afetam não só o comportamento das pessoas, como as decisões das empresas e a percepção da sociedade.

No caso de Rewind, é uma tendência que convida a desacelerar e a contemplar o passado, valorizando o que é essencial. Entenda melhor esse conceito e descubra como aplicar na prática!

Rewind abre caminho para um design mais humanizado

Ambiente amplo e integrado, com janelas de vidro que dão vista para o mar
Tons neutros, artesanato e integração estão entre tendências de Rewind (Projeto: Portobello)

Rewind revela uma busca por autoconhecimento, que resulta no autocuidado e na valorização da saúde mental.

Para isso, voltamos às raízes, celebramos o passado e experimentamos uma profunda conexão com o todo. O resultado é a autenticidade, abraçando o presente com intensidade e propósito.

É na busca pela essência, pelo que realmente importa, que mergulhamos nas lembranças e nos fortalecemos para enfrentar um futuro incerto.

Nessa jornada, nos deparamos com o encantamento e a capacidade de se surpreender com aquilo que já conhecemos. 

Para expressar a macrotendência Rewind, três tendências aparecem no Trendbook 2024 e servem como inspiração para arquitetos e designers. Conheça-as na sequência.

Leia também:

Trespass

Banheiro do tipo SPA, com tons terrosos e elementos naturais
Sentimento se torna fundamental na decoração em Trespass (Projeto: Maria Regis)

É hora de repensar — sejam os espaços ou o lifestyle. Afinal, vivemos uma era de busca por uma vida livre e líquida, que não está presa a padrões.

Nesse sentido, barreiras físicas e emocionais impedem a expansão, a mudança, a liberdade.

O fato de não estarmos mais presos a um único lugar para sempre leva a ressignificar as casas, as conexões e até as relações.

Feels Like Home

Quarto de casal em tons neutros, com revestimento 3D na parede atrás da cama
Tons neutros ajudam a tornar espaços mais fluidos, acompanhando a liberdade das pessoas (Projeto: Portobello)

Se tem uma frase que resume essa tendência de Rewind é: “saudade do que a gente não viveu”. 

Em um mundo incerto, a busca pelo passado é uma espécie de refúgio para muitas pessoas. Mesmo que isso signifique viver estéticas e experiências novas para a sua geração.

Essa mistura do contemporâneo e do vintage cria uma identidade única, reforçando a macrotendência da autenticidade.

Tudo isso porque a nossa mente lembra do passado com positividade. No conhecido, encontramos conforto e nos deixamos guiar pela nostalgia.

Ou seja, as boas memórias se tornam porto seguro em mundo em “alta voltagem”, que muda constantemente.

Self Tale

Sala com tons terrosos, artesanato e plantas
Cores ajudam a proporcionar aconchego aos espaços (Projeto: Clara Cruz)

A pandemia pode ter acabado, mas deixou um legado: o olhar para dentro.

Essa tendência de Rewind revela a busca pelo autoconhecimento, pelo autocuidado e pela saúde mental, mesmo em momentos desafiadores.

Portanto, para reencontrar a nossa essência, é necessário nos cuidarmos. Isso se reflete ainda na ânsia pela autenticidade em um mundo padronizado.

O olhar para o cotidiano à procura do extraordinário também se torna uma busca pelo encantamento que gera bem-estar.

Ao mergulharmos profundamente em nós mesmos, temos a oportunidade de abraçar o presente com intensidade e propósito.

Como aplicar a tendência Rewind na arquitetura e na decoração

Levando em consideração os três conceitos que vimos anteriormente, podemos perceber algumas aplicações práticas da tendência Rewind em projetos de arquitetura e decoração. Acompanhe a leitura para entender melhor.

Casas inteligentes

Banheiro amplo em tons neutros, com janela de vidro grande
Para levar toque de personalidade a ambientes neutros, revestimentos texturizados são boas opções (Projeto: Portobello)

A fluidez da sociedade também se traduz na busca por casas que acompanhem esse novo modo de viver.

Sem um lugar fixo para “o resto da vida”, as pessoas tendem a ter poucos móveis e a se apegar menos aos locais onde moram.

Mirando nesse novo comportamento, o mercado imobiliário pensa em projetos modulares e flexíveis, cheios de afetividade.

Portanto, aquelas casas tradicionais e grandiosas dão lugar a residências menores e capazes de otimizar cada centímetro.

Essa também é uma resposta sustentável para um público que está em busca de uma reinvenção. Com pouco espaço, viver com menos, adotando o estilo minimalista, faz todo o sentido.

Tudo isso, na prática, engloba ainda outras maneiras que listamos aqui para aplicar a tendência Rewind. Por exemplo, o uso de tons neutros, tornando os ambientes atuais e facilitando mudanças.

Ambientes aconchegantes

Tudo muda o tempo todo, mas é em casa que cultivamos o sentimento de acolhimento, como se ela fosse o nosso refúgio.

Em meio aos desafios econômicos e às instabilidades sociais que afetam o mundo inteiro, muitas pessoas se distanciaram do sonho do imóvel próprio. Principalmente quando falamos dos mais jovens.

Nesse caso, elementos podem ser incluídos nos espaços para proporcionar bem-estar. Sobretudo aqueles ligados à decoração, como tons terrosos, luz amarela, itens felpudos e por aí vai.

Artesanato na decoração

Um dos pontos nos quais a tendência Rewind toca é o renascimento do interesse pelo décor com artesanato

É justamente isso que abre caminho para um design mais humanizado e único, que valoriza a simplicidade e a autenticidade.

Nesse sentido, é interessante escolher não só produtos locais, produzidos de forma manual, mas também aqueles inspirados no artesanato, como móveis com palhinha.

Ambientes integrados

Salas de estar e jantar integradas com área externa, tudo em estilo moderno
Espaços integrados refletem fluidez da vida contemporânea (Projeto: Portobello)

Ao ressignificar os espaços, entram em cena os ambientes integrados. Essa quebra de barreiras físicas reflete o emocional, que é mais fluido nesses novos tempos.

O design moderno dilui as quatro linhas entre interior e exterior. Portanto, a sensação de amplitude pode acontecer não só em áreas internas, como cozinhas e salas, mas também nas externas.

Estética vintage e retrô

Nossa tendência é lembrar do passado de maneira positiva. E essa nostalgia gera acolhimento. Para levar esse aspecto de Rewind para dentro de casa, vale apostar nas estéticas vintage e retrô.

A diferença é, basicamente, a época em que o produto foi produzido. 

No caso do vintage, são originais e estão em bom estado. Portanto, também fomentam a sustentabilidade com o reuso e a redução do consumo. 

Já móveis e objetos retrô reproduzem a estética do passado, mas foram produzidos na atualidade.

Seja lá qual for a sua escolha, certamente seguir essa dica vai contribuir para um ambiente mais autêntico, cheio de memórias afetivas.

Tons neutros

Sala ampla em tons neutros e terrosos
Cores que nunca saem de moda contribuem para projetos atemporais (Projeto: Portobello)

Quando falamos em casas inteligentes, que sejam capazes de atravessar os anos se mantendo atuais, um dos pontos a serem levados em conta é a escolha das cores.

Nesse sentido, a preferência é por tons neutros. Não só na arquitetura e na decoração, como também no mundo da moda. Afinal, ao mesmo tempo em que eles sinalizam para o futuro, acenam para o passado.

Optar por revestimentos neutros é uma ótima solução para manter os projetos atemporais. No entanto, eles ainda podem aparecer em móveis e objetos decorativos.

Tom de rosa remete ao afeto

A busca por conforto e pertencimento também passa pela escolha das cores. Entre os tons em alta, um em especial se destaca: o neutro rosado, eleito a cor de 2024 pela Coral.

Sublime em sua simplicidade, ele é chamado de “Lugar de Afeto”. Além de adicionar elegância, ainda é capaz de criar um refúgio em um mundo em constante agitação.

Com a cor, a ideia é justamente permitir que as pessoas transformem os seus lares em santuários pessoais. Assim, os espaços conferem um alívio em meio aos desafios da vida.

Azul para tranquilizar

Outra marca que já elegeu a cor de 2024 foi a Sherwin-Williams. 

Nesse caso, a escolha foi um tom de azul suave e acolhedor, que também está em alta no universo da moda. A paleta cromática inspira serenidade e foi nomeada de “Confins do Céu”.

A ideia é criar espaços que convidem a respirar profundamente e a clarear os nossos pensamentos em meio a um mundo cada vez mais caótico.

Portanto, é a cor ideal para quem está em busca de um refúgio meditativo, em casa ou no trabalho. Seja como pano de fundo ou em destaque na decoração.

Além de Rewind, outras duas macrotendências foram mapeadas pela Portobello e são apresentadas no relatório mais atual. Baixe agora o Trendbook 2024 e fique por dentro de tudo!

Compartilhe
Avaliação 
Avalie
 
Sem votos
VOLTAR
ESC PARA FECHAR
Minha avaliação desse conteúdo é
0 de 5
 

Rewind: a tendência que convida a contemplar...

Rewind: a tendência que convida a contemplar o passado

  Sem votos
minutos de leitura
Em análise Seu comentário passará por moderação.
Você avaliou essa matéria com 1 estrela
Você avaliou essa matéria com 2 estrelas
Você avaliou essa matéria com 3 estrelas
Você avaliou essa matéria com 4 estrelas
Você avaliou essa matéria com 5 estrelas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Não perca nenhuma novidade!

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das novidades de arquitetura e design no Brasil e no mundo.

    O Archtrends Portobello é a mais importante fonte de referências e tendências em arquitetura e design com foco em revestimentos.

    ® 2024- Archtrends Portobello

    Conheça a Política de Privacidade

    Entenda os Termos de Uso

    Veja as Preferências de Cookies