19.02.2024
Avaliação 
Avalie
 
Sem votos
Avaliar
recursos renováveis, barragem
A energia hidráulica converte a força dos rios em eletricidade, impulsionando a produção de energia sustentável com recursos renováveis. (Foto: Dan Meyers/Unsplash)

Recursos renováveis: o que são e como usá-los na arquitetura

 minutos de leitura
calendar-blank-line
19.02.2024
A integração de recursos renováveis na arquitetura promove a sustentabilidade, a economia de energia e preserva o planeta para as gerações futuras
minutos de leitura

Os recursos renováveis são elementos da natureza necessários para a vida humana. Estes recursos não se perdem com o uso, ou seja, eles não se desgastam e nem acabam. 

Eles podem ser incorporados na arquitetura com intuitos diversos, como: economia e energia, sustentabilidade, conforto e até mesmo por motivos estéticos.

Conheça, a seguir, alguns exemplos de recursos renováveis e como eles podem ser incorporados no seu projeto.

Quais são os recursos renováveis?

Os recursos renováveis são aqueles que não se esgotam na natureza, seja pela sua disponibilidade infinita, como é o caso da luz solar, ou pela rápida capacidade de reposição, como é o caso da água.

Abaixo, apresentamos alguns exemplos de recursos renováveis comuns e necessários para a vida no nosso planeta.

Recursos hídricos

A água é um recurso renovável abundante, mas que demanda atenção. A quantidade de água em nosso planeta permanece praticamente inalterada e isto dá a falsa sensação de disponibilidade infinita.

A poluição de cursos de água doce e de lençóis freáticos diminui, em certas localidades, o acesso à água potável. Outro fator são as condições climáticas extremas que podem gerar secas e também dificultar o acesso à água.

Nos oceanos, a poluição é preocupante, afetando principalmente a fauna marinha, impedindo o acesso de banhistas ou navegação em alguns lugares.

A partir do represamento e do controle de fluxos da água, é possível extrair a energia hídrica. No mar, a energia das marés gera o que se chama energia maremotriz.

Energia eólica

Turbinas de geração de energia eólica em paisagem verde, céu azul
A energia eólica aparece como uma fonte renovável promissora, impulsionando a transição para um futuro energeticamente eficiente (Foto: Thomas Reaubourg/Unsplash)

A energia eólica é uma alternativa em locais com muito vento. Para produzir energia, grandes hélices são movidas pelo vento e convertem este movimento em eletricidade.

Os aerogeradores, no entanto, geram poluição sonora. Por isso, é necessário se atentar para que sejam respeitadas as distâncias adequadas entre eles e áreas residenciais.

Esta fonte de energia era utilizada nos moinhos, ainda é utilizada na navegação à vela e com as novas tecnologias apresenta bastante potencial de crescimento.

Leia também:

Energia solar

fazenda de produção de energia solar com placas de captação envoltas de árvores, paisagem rural, céu azul
Os campos se transformam em fontes inesgotáveis de eletricidade, colhendo a luz do sol para transformá-la em energia limpa e sustentável (Foto: Mark Merner/Unsplash)

Placas de captação de energia solar convertem o calor gerado pelo sol em energia elétrica. Esta prática está se tornando cada vez mais acessível e utilizada em locais com muita incidência solar. 

A energia solar se tornou popular por conta da fácil instalação. Algumas localidades apresentam benefícios para a aquisição das placas e permitem que elas sejam ligadas ao sistema da concessionária para venda de energia excedente.

Recursos não renováveis

Os recursos não renováveis são aqueles que têm um limite de uso. Estes recursos terão fim se forem explorados de maneira não sustentável, como está sendo feito.

Destacamos duas categorias de recursos não renováveis: os combustíveis fósseis e a energia nuclear.

Combustíveis fósseis

Os combustíveis fósseis são formados após milhões de anos de pressão e temperatura aplicados sobre matéria orgânica. Estes combustíveis são ricos em carbono que, quando queimados, liberam CO2 na atmosfera. 

A matéria orgânica vegetal gera o carvão mineral e, quando possuem restos de animais, gera petróleo e gás natural. Segundo dados de 2022 da Agência Internacional de Energia - IEA, o petróleo, o carvão e o gás natural são as fontes de energia mais utilizadas no mundo.

Energia nuclear

quatro chaminés de uma usina nuclear ocupam a paisagem e soltam vapor
As usinas nucleares são uma fonte de energia potente, mas exigem uma gestão cuidadosa devido às preocupações ambientais e de segurança (Foto: Lukáš Lehotský/Unsplash)

Usinas nucleares utilizam a fissão nuclear de elementos como o urânio e o plutônio. Este processo libera energia que é transformada em energia elétrica. Apesar de eficientes, as usinas não são muito desejadas por conta de graves incidentes já ocorridos na história. 

Estas instalações causam impactos ambientais e sociais e demandam muito cuidado na implantação.

Recursos renováveis na arquitetura

Os recursos renováveis são ótimos aliados da arquitetura. As placas de aquecimento de água, de captação de energia solar, cisternas, aberturas e brises devem, sempre que possível, ser incorporadas nos projetos. 

Apresentaremos, a seguir, algumas dicas de como incorporar os recursos renováveis no seu projeto.

Cisternas para captação de água

Captar água das chuvas em cisternas pode significar uma redução significativa na sua conta de água. Além disso, a medida é uma maneira muito sustentável de usar este recurso natural valioso.

As cisternas podem ser instaladas na área externa ou mesmo em garagens subterrâneas ou porões. Este sistema de captação pode ser integrado no projeto de construção da casa ou ser instalado depois. 

As opções podem ser mais acessíveis, feitas com materiais facilmente encontrados em lojas de construção. Existem também opções que incorporam filtros, bombas e outras tecnologias para a captação e gestão desta água. 

A capacidade da cisterna deve ser calculada levando em consideração a precipitação média da região e o uso que se fará do recurso. A água captada pode ser utilizada para irrigação de jardins, limpeza de calçadas e até mesmo nas descargas.

Aberturas para ventilação natural

Pode-se utilizar a força dos ventos a favor de projetos arquitetônicos investindo em aberturas intencionais para refrigerar a casa. Cobogós, muxarabis e outras estruturas podem ser incorporadas para garantir ventilação natural em todo o projeto.

Algumas soluções são práticas, como a ventilação cruzada. Outras demandam uma execução mais complexa, como é o caso das torres de vento e do resfriamento evaporativo.

Vale ressaltar que as soluções de ventilação e refrigeração natural são inúmeras. Elas podem, inclusive, ter um custo muito baixo se pensadas durante o projeto.

Um projeto bem ventilado garante conforto térmico e economia de energia com aproveitamento total dos ventos.

Brises para conforto térmico

Aproveite a luz solar, seja para iluminação ou conforto térmico. Este recurso renovável é inesgotável e garante qualidade de vida para os moradores quando usado adequadamente. 

Com os estudos de insolação em mãos, é possível planejar as aberturas para garantir iluminação e conforto térmico durante todo o ano. 

O uso de brises é ideal para solucionar o problema de fachadas com muito mais sol do que o desejável. Eles permitem aberturas para entrada de luz sem incidência direta do sol.

Elementos como beirais, marquises e recuos também podem ter esta função no seu projeto, protegendo do calor e garantindo luz. Além do conforto térmico, esta solução garante economia de energia e redução do cansaço visual com luz natural no ambiente.

Placas de energia solar

As placas de energia solar estão ganhando cada vez mais espaço nos projetos arquitetônicos. São dois os tipos que podem ser utilizados: as placas que vão converter a energia solar em energia elétrica e as que vão utilizar o calor do sol para aquecimento da água.

As placas de aquecimento de água são instaladas em ângulos que variam de 20 a 70 graus. Já as placas de captação de energia solar precisam ter o ângulo definido em projeto, a depender da latitude onde será feita a instalação.

Estas instalações garantem uma redução significativa na conta de energia elétrica. Ligadas ao sistema da concessionária, o proprietário também se torna fornecedor e gera créditos de consumo.

Revestimentos cerâmicos 

área externa com churrasqueira, piso de porcelanato sustentável, fachada em vidro com brises em madeira
As diversas soluções para uso dos recursos naturais podem ser integradas, como neste projeto que utiliza brises, grandes aberturas para iluminação e ventilação e porcelanato sustentável (Projeto: Estúdio Mariana Crego/Fotos: Rafael Renzo)

Uma outra maneira de incorporar os recursos renováveis na arquitetura é por meio dos revestimentos cerâmicos, que são mais sustentáveis.

Durante todo o processo produtivo dos porcelanatos da Portobello, desde a captação da matéria prima, o uso responsável dos recursos naturais é regra. 

Este processo gera um revestimento cerâmico produzido com eficiência energética, baixo impacto ambiental e que não gera desperdício de recursos renováveis.

Desse modo, a escolha de revestimentos sustentáveis é mais uma maneira de pensar sobre os recursos renováveis e de incorporá-los no seu projeto. 

Estes recursos estão disponíveis para os mais diversos usos. Eles servem para geração de energia, a iluminação, refrigeração natural de ambientes e também fazem parte do processo produtivo dos revestimentos que compõem o projeto.

Você pode se interessar em ler sobre cidades sustentáveis nos Emirados Árabes.

Compartilhe
Avaliação 
Avalie
 
Sem votos
VOLTAR
FECHAR
Minha avaliação desse conteúdo é
0 de 5
 

Recursos renováveis: o que são e como usá-...

Recursos renováveis: o que são e como usá-los na arquitetura

  Sem votos
minutos de leitura
Em análise Seu comentário passará por moderação.
Você avaliou essa matéria com 1 estrela
Você avaliou essa matéria com 2 estrelas
Você avaliou essa matéria com 3 estrelas
Você avaliou essa matéria com 4 estrelas
Você avaliou essa matéria com 5 estrelas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Archtrends Portobello
Colunista

O Archtrends Portobello é a mais importante fonte de referências e tendências em arquitetura...

Conhecer artigos



Não perca nenhuma novidade!

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das novidades de arquitetura e design no Brasil e no mundo.

    O Archtrends Portobello é a mais importante fonte de referências e tendências em arquitetura e design com foco em revestimentos.

    ® 2024- Archtrends Portobello

    Conheça a Política de Privacidade

    Entenda os Termos de Uso

    Veja as Preferências de Cookies