29.04.2019
Avaliação 
Avalie
 
Sem votos
Avaliar
Originalmente criados na cor branca, os azulejos de metrô ganharam diferentes tonalidades, ideais para diferentes projetos (Projeto: Doma Arquitetura)
Originalmente criados na cor branca, os azulejos de metrô ganharam diferentes tonalidades, ideais para diferentes projetos (Projeto: Doma Arquitetura)

Azulejos de metrô: uma opção clássica e charmosa para os seus projetos

 minutos de leitura
calendar-blank-line
29.04.2019
Os azulejos de metrô se tornaram um verdadeiro clássico na arquitetura e na decoração. Entenda como eles surgiram e aprenda a usá-los
minutos de leitura

Os azulejos de metrô têm inspiração em antigas estações. Variações de cores, acabamentos e aplicações tornam esses ladrilhos retangulares versáteis, ideais para diferentes projetos.

Eles são uma boa aposta, já que vira e mexe essa tendência volta com força. Portanto, estamos diante de um clássico da arquitetura!

Além disso, podem ser combinados com diversos materiais e cores, como veremos nas linhas a seguir. Continue com a gente para saber tudo sobre os azulejos de metrô.

Como os azulejos de metrô surgiram?

Azulejos de metrô, preto, cozinha
Apesar de terem mais 100 anos, os azulejos de metrô seguem atuais (Projeto: Portobello S.A)

Os azulejos de metrô estão longe de ser uma novidade. Na verdade, esse revestimento existe há mais de 100 anos!

Eles começaram a se tornar populares em 1904, em Nova York (Estados Unidos), quando esse meio de transporte ainda era novo.

Peças foram criadas por George Heins e Christopher Grant La Farge para revestir a primeira estação da cidade. Com formato 8x22 cm, elas chegaram para satisfazer uma obsessão da época: a higiene.

A opção pela cerâmica foi justamente por ser um material impermeável, que não suja nem mancha com facilidade, além de ser fácil de limpar.

Seguindo a ideia de fazer o local parecer limpo e ajudar a clarear os espaços subterrâneos, a escolha foi pelos azulejos de metrô na cor branca.

Ou seja, inicialmente, os subway tiles ganharam fama por causa da sua funcionalidade. Foi só depois, quando o revestimento começou a ir para dentro das casas das pessoas, que ele ganhou dimensão estética.

Hoje em dia, é muito usado em decorações cool ou retrô. Mas também podem compor ambientes clean e contemporâneos. Tudo vai depender da aplicação, nosso próximo assunto!

Quais são as possibilidades que os azulejos de metrô oferecem?

Em formato retangular, os azulejos de metrô permitem diferentes aplicações.

Estilos de paginação, rejuntes coloridos e combinação com outros materiais podem dar destaque ao revestimento ou simplesmente integrá-lo à decoração.

Para entender melhor as possibilidades, reunimos alguns pontos para você considerar na hora de usar azulejos de metrô nos projetos.

Paginação

paginação amarrada com azulejo de metrô
Paginação com azulejos de metrô no estilo "amarrado" é uma das preferidas para decorar ambientes
(Projeto: Gizelle Jacomini / Foto: Estúdio 360)

É fato que os azulejos de metrô são muito versáteis. Afinal, eles se adaptam a praticamente qualquer estilo de decoração, em diferentes ambientes.

O que ajuda a definir como será a atmosfera do espaço é a paginação. Contudo, o formato retangular, que lembra um tijolo, oferece duas paginações básicas: a amarrada e a alinhada, ambas na horizontal.

Porém, dá para soltar a imaginação para encontrar vários padrões para aplicar esse tipo de revestimento, como veremos a seguir.

Chevron

Também chamada de espinha de peixe, essa paginação é ideal para ambientes mais elegantes e sofisticados, especialmente quando usada em revestimentos brancos ou pretos. Já quando aparece em tons coloridos, passa jovialidade.

Escamas

Mais comum em pisos, essa paginação também é uma possibilidade para os azulejos de metrô. Nesse caso, as peças formam letras "L" consecutivas, em sentido diagonal.

Diagonal

Outro exemplo é a paginação na diagonal — um pouco mais divertida e extrovertida. Pode ser usada com peças coloridas, para compor uma decoração leve e jovial.

Dama

Essa é uma paginação que permite misturar diferentes cores de azulejos de metrô. Isso porque, geralmente, combina quatro peças na vertical e quatro na horizontal. Ao replicar esse padrão, o efeito é parecido com o de um tabuleiro de damas.

Vertical

Mais rara, a aplicação dos azulejos de metrô na vertical dá um efeito curioso na decoração. Pode ajudar a criar uma sensação de maior altura do ambiente, o que é bom para locais com pé-direito baixo.

tijolinho vermelho na cozinha
Paginação alinhada, na horizontal, também é muito utilizada em projetos contemporâneos (Projeto: Gabriella Gochinski)

Rejunte

O rejunte é um detalhe muito interessante para os azulejos de metrô e ajuda a entender a sua popularidade.

Eles exigem menos rejunte que as pastilhas e, por isso, começaram a substituir esses materiais em áreas como banheiros e cozinhas.

Além da aparência mais fluida, a quantidade reduzida de rejunte evita o acúmulo de sujeira e facilita a limpeza.

Entretanto, para quem quer adotar um visual parecido com o de estação de metrô, o ideal é deixar um espaço maior para o rejunte.

Isso porque o padrão adotado em cidades como Nova York, Paris e Londres tem aplicação mais evidente do que a residencial.

Mas não é só o espaçamento que deve ser observado na hora de aplicar o rejunte em azulejos de metrô. A cor também influencia — e muito — no aspecto final.

Dá para apostar em um contraste alto ou formar uma superfície contínua. Por exemplo: no primeiro caso, o tradicional azulejo branco com rejunte preto e, no segundo, com rejunte branco.

azulejo de metrô branco
Escolha da cor e do espaçamento do rejunte também contribui para o estilo do ambiente (Projeto: Helena Marcon / Foto: Pizzo Fotografia)

Para quem quer um ambiente mais parecido com o das estações norte-americanas e europeias, o contraste é a melhor opção.

Sem falar que esse estilo ainda ajuda a compor ambientes com decoração rústica ou industrial, por exemplo.

No entanto, para aqueles que buscam um décor simples, como o minimalista, a alternativa mais indicada é o rejunte no mesmo tom dos azulejos de metrô.

Isso ajuda a criar uma continuidade visual, o que tende a dar a sensação de amplitude em espaços pequenos.

Como usar os azulejos de metrô na decoração?

Agora, é a hora de entender como os azulejos de metrô podem compor a decoração. Separamos alguns exemplos para inspirar você.

Rodabanca com contraste e combinação com madeira

Azulejos de metrô, branco, cozinha
Contraste dá tom contemporâneo à decoração (Projeto: Ana Rosa Pereira)

Um dos jeitos clássicos de usar azulejos de metrô é aplicá-los na rodabanca da cozinha. O projeto em destaque traz o ladrilho em versão tradicional, na cor branca e com rejunte escuro.

A combinação com madeira, pedra e armários pretos reforça o contraste, contribuindo para uma decoração contemporânea.

Box com combinação de cores

azulejo de metrô colorido no banheiro
Cores e paginação ajudam a definir o estilo de decoração com subway tiles (Projeto: Shirlei Proenca)

Quando o assunto é banheiro, o revestimento cerâmico é queridinho, porque resiste à umidade desse ambiente e é fácil de limpar. No box, então, não há como fazer uma escolha diferente.

Entre as opções estão os azulejos de metrô, que além de oferecerem os benefícios da cerâmica, podem ser aplicados em várias paginações e cores.

É o que acontece no projeto acima, que traz tons diferentes, em uma combinação harmônica e discreta, que conversa com a madeira no piso.

Parede de destaque

azulejo de metrô preto na cozinha
Aplicação em parede de destaque ou detalhes permite o uso de cores fortes de um jeito harmônico (Projeto: Nicole Finkel)

Outra ideia interessante é apostar em uma parede de destaque revestida com azulejos de metrô.

Essa dica é boa para quem prefere cores mais vibrantes e fortes. Isso porque permite usar diferentes tons, mas mantendo a harmonia visual.

Também dá para quebrar a monotonia de um ambiente monocromático com uma parede colorida em azulejos de metrô. Ou, ainda, delimitar espaços, como um cantinho do café ou um bar em casa.

Quais são as linhas de azulejos de metrô da Portobello?

Sempre de olho nas tendências do mundo da arquitetura e da decoração, a Portobello conta com duas linhas de azulejos de metrô em seu portfólio.

Elas podem ser usadas em diferentes ambientes. O interessante é que reúnem diversos tons, sendo ideais para projetos de todos os estilos. Conheça melhor a seguir.

Linha Paris

Azulejos de metrô, branco, laranja, parede
Inspirada no metrô parisiense, linha traz diferentes cores (Projeto: Portobello S.A.)

A linha Paris é inspirada nas entradas das primeiras estações de metrô da capital francesa.

Nos túneis onde param os vagões, os ladrilhos brancos aparecem acompanhados de uma sinalização com a palavra metro em caligrafia estilizada.

No entanto, para a linha da Portobello, a opção foi por uma cartela de cores atual, com a proposta de transitar pela coleção de materiais e texturas da decoração de interiores contemporânea.

As peças têm formato 10x20 cm e acabamento brilho. Aparecem em 11 cores no total. Além das neutras, como branco e preto, há tons vibrantes, que são capazes de levar sofisticação e aconchego para os espaços.

Linha Liverpool

tijolinho inglês branco no banheiro
15 opções de cores compõem linha inspirada no metrô londrino (Projeto: Paula Sizinando)

Já a linha Liverpool foi inspirada nos azulejos de metrô usados nas estações de Londres, na Inglaterra.

A coleção mistura o clássico e o moderno em uma cartela com 15 cores, no formato 7x24 cm. Sua superfície chega nas opções mate e brilhante.

Uma boa escolha para quem está projetando paredes coloridas, mas não quer abrir mão da sofisticação.

Veja aqui mais linhas da Portobello com formato de tijolinhos.

Além dos azulejos de metrô, a pedra é outro clássico da arquitetura e da decoração. Conheça os diferentes tipos de mármore branco e entenda como usá-los!

Foto de destaque: Originalmente criados na cor branca, os azulejos de metrô ganharam diferentes tonalidades, ideais para diferentes projetos (Projeto: Doma Arquitetura)

Compartilhe
Avaliação 
Avalie
 
Sem votos
VOLTAR
ESC PARA FECHAR
Minha avaliação desse conteúdo é
0 de 5
 

Azulejos de metrô: uma opção clássica e c...

Azulejos de metrô: uma opção clássica e charmosa para os seus projetos

  Sem votos
minutos de leitura
Em análise Seu comentário passará por moderação.
Você avaliou essa matéria com 1 estrela
Você avaliou essa matéria com 2 estrelas
Você avaliou essa matéria com 3 estrelas
Você avaliou essa matéria com 4 estrelas
Você avaliou essa matéria com 5 estrelas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Archtrends Portobello
Colunista

O Archtrends Portobello é a mais importante fonte de referências e tendências em arquitetura...

Conhecer artigos



Não perca nenhuma novidade!

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das novidades de arquitetura e design no Brasil e no mundo.

    O Archtrends Portobello é a mais importante fonte de referências e tendências em arquitetura e design com foco em revestimentos.

    ® 2024- Archtrends Portobello

    Conheça a Política de Privacidade

    Entenda os Termos de Uso

    Veja as Preferências de Cookies