22.08.2022
Avaliação
0
(0)
Mármore cinza reúne características que o tornam versátil e atemporal (Projeto: Portobello S.A.)
0

Mármore cinza: Gray Marble une clássico e versatilidade com inspiração na Toscana

Conheça o porcelanato que interpreta mármore cinza e pode ser aplicado em diversas superfícies. Descubra ainda como combinar e veja inspirações.
minutos de leitura

Pense nos materiais e nas cores mais usadas em projetos de arquitetura. Pensou? É muito comum encontrar nessa lista os elementos que compõem o novo produto da Portobello, Gray Marble, que interpreta mármore cinza.

Para ouvir o artigo completo, clique no play abaixo:

Ele chega no quarto ciclo da marca, que estreia no segundo semestre de 2022 trazendo inovação em linhas cada vez mais completas para revestir toda a casa.

Inclusive, o mármore cinza é ideal para aplicar tanto em pisos quanto em paredes. Afinal, conta com acabamentos e formatos variados. Incluindo a opção de Lastra, ou seja, o porcelanato de formato gigante.

Nas linhas a seguir, entenda a origem do mármore cinza, confira as especificações de Gray Marble e descubra maneiras de usar o material na decoração.

Mármore cinza tem inspiração na Toscana

Para criar reprodução de mármore cinza em porcelanato, Portobello buscou inspiração em região da Itália
(Projeto: Portobello S.A.)

Apesar de reproduzir um material e uma cor muito vista em obras por todo o mundo, Gray Marble traz autenticidade.

Para isso, a Portobello buscou referências em um dos países mais inspiradores para a arquitetura: a Itália.

Mais especificamente na região da Toscana, que é repleta de paisagens idílicas. Cenários bucólicos que fazem se sentir no mundo dos sonhos ao seduzir o olhar. Por lá, encontramos paisagens autênticas e cenários marcantes e singulares.

Belos fins de tarde podem ser apreciados facilmente. Mas também há belezas criadas pelo ser humano, como construções arquitetônicas e obras de arte icônicas.

Toda a exuberância dessa região italiana inspira Gray Marble, o mármore cinza da Portobello. Na tonalidade neutra, veios direcionados se espalham pela superfície, com cristais que transitam entre escalas do branco ao marrom.

O resultado é um porcelanato elegante, versátil e cheio de personalidade, com uma reprodução fidedigna do mármore cinza.

Portanto, o Gray Marble se mostra uma ótima opção para espaços contemporâneos e projetos extraordinários.

Gray Marble integra diferentes composições arquitetônicas (Projeto: Portobello S.A.)

Formatos e acabamentos tornam o uso versátil

Um dos destaques desse mármore cinza é que pode ser usado nos ambientes internos de toda a casa, além da fachada. Afinal, Gray Marble já chega com uma linha completa. Seus formatos são:

  • 120x120;
  • 120x278;
  • 90x180;
  • 90x90.

Todos os formatos podem ser encontrados nos acabamentos natural e polido, o que amplia as possibilidades de uso.

Assim, a liberdade criativa e o design fluem livremente pelos ambientes da casa, integrando espaços e criando composições ilimitadas para revestir, criar painéis, cabeceiras em porcelanato, entre outras possibilidades.

Além disso, é possível combinar diferentes acabamentos e ainda aplicar esse mármore cinza em todos os ambientes da casa.

As vantagens de usar mármore cinza na decoração

Com reprodução em porcelanato, mármore cinza ganha vantagens como facilidade de limpeza e sustentabilidade (Projeto: Portobello S.A.)

Apesar de estar presente em muitas construções gregas e romanas antigas, o mármore é um material atual e cheio de vantagens. Principalmente quando a sua reprodução é em porcelanato, como Gray Marble.

Entre os principais benefícios, estão o fato de ser:

  • Sustentável, uma vez que a produção do porcelanato traz menos prejuízos ao meio ambiente do que a extração do produto natural;
  • Atemporal. Afinal, o mármore é tendência, mas também está presente em grandes obras construídas há centenas de anos;
  • Versátil, pois permite aplicação em praticamente qualquer superfície, incluindo a confecção de mobiliário, como bancadas;
  • Bacteriostático, ou seja, que não permite a proliferação de micro-organismos, o que é ótimo para pessoas alérgicas;
  • Sofisticado, com uma aparência ideal para quem quer incrementar a decoração ou tornar o espaço luxuoso;
  • Fácil de combinar com outros materiais, texturas e cores.
  • Resistente a manchas e a riscos.
Quartos ganham decoração contemporânea com Gray Marble (Projeto: Portobello S.A.)

7 maneiras de usar mármore cinza nos projetos

O design da Portobello transita por diferentes estilos. No caso de Gray Marble, a escolha de cor e material versáteis permite o uso em projetos que agradam a diferentes públicos e seus respectivos gostos particulares.

Sem falar que, apesar de multifacetado e atual, carrega personalidade com veios que tornam esse mármore cinza muito autêntico.

Ele tanto pode ser protagonista quanto coadjuvante, a depender da aplicação do mármore cinza e de outros elementos do projeto.

Inclusive, há inúmeras maneiras de usar nos ambientes. Uma dica é encontrar elementos como texturas e cores que trazem harmonia para os ambientes.

E como essa é uma tonalidade clássica e neutra, fica muito fácil fazer composições, como você confere a seguir.

1. Tons terrosos levam calor a ambiente com mármore cinza

Combinação entre diferentes cores terrosas leva calor ao ambiente com mármore cinza (Projeto: Portobello S.A.)

O mármore no tom cinza é facilmente combinado tanto com outras tonalidades neutras quanto com pontos de cor na decoração.

Para quem quer levar aconchego para os ambientes, uma dica é inserir elementos em tons terrosos, como terracota, marsala e ocre.

Além de remeter à terra e à natureza, as cores quentes ajudam a aquecer os espaços, aumentando o bem-estar. E isso ajuda a entender porque elas são uma tendência de decoração, principalmente para ambientes destinados ao relaxamento, como quarto e sala.

Sem falar que essas cores equilibram a aparência fria que o mármore pode conferir, dependendo do seu uso no projeto.

As cores também podem quebrar a rigidez do tom neutro, levando uma pegada urbana e descolada para a decoração.

2. Combinação entre texturas adiciona informação ao décor

parede com mármore cinza
Combinação entre mármore cinza e porcelanato que reproduz concreto confere personalidade (Projeto: Portobello S.A.)

Além das cores, as texturas são boas alternativas para combinar mármore cinza. Principalmente para quem opta por um ambiente monocromático.

Dá para combinar com cimento queimado, com revestimento granilite ou com estampas acinzentadas, por exemplo.

Também dá para adicionar camadas à decoração por meio de texturas naturais, como um revestimento que interpreta pedra. Assim, é possível levar mais aconchego e bem-estar para os espaços.

Contudo, não é só nos revestimentos que as texturas podem complementar o mármore cinza. Cortinas, tapetes, estofados e outros detalhes podem adicionar informação e tornar a decoração mais acolhedora.

3. Madeira também é possibilidade com mármore cinza

mármore cinza na área externa
Texturas de mármore cinza e da madeira trazem aconchego para as áreas externas (Projeto: Portobello S.A.)

Pegando elementos das duas dicas anteriores, é possível combinar mármore cinza com madeira. Além de misturar texturas, o que é interessante para a decoração, a cor quente ajuda a criar um ambiente relaxante.

Além disso, a madeira, por ser um material natural, aumenta o bem-estar. Ainda que seja a sua reprodução de cerâmica, é uma escolha interessante para quem quer criar espaços que remetam ao calor de se sentir em casa.

O interessante da madeira é que ela pode aparecer de diferentes formas. Seja no mobiliário, no forro do teto, em móveis, painéis ou no piso, por exemplo.

A matéria-prima também se encaixa em praticamente qualquer estilo decorativo, formando a dupla perfeita com o mármore cinza para quem busca por produtos versáteis.

4. Combinação entre mármores dá mais personalidade

mármore cinza interpretado em porcelanato no piso
Diferentes materiais, incluindo o próprio mármore, podem ser combinados ao mármore cinza (Projeto: Portobello S.A.)

Outro material interessante para combinar Gray Marble é outro tipo de mármore. Afinal, há muitas opções de porcelanato que reproduzem diferentes formações rochosas.

As cores também são variadas. Vão do branco ao preto, passando pelo marrom e até pelo mármore verde. Ou seja, são infinitas possibilidades decorativas que tornam os espaços mais personalizados.

A harmonia aparece nos veios presentes em todos os revestimentos marmorizados, responsáveis por formar uma unidade visual na decoração dos espaços.

5. Com acabamento natural, mármore cinza pode ser usado em banheiros

mármore cinza no banheiro
Até banheiros podem receber mármore cinza, desde que com acabamento natural (Projeto: Portobello S.A.)

Um exemplo da versatilidade de Gray Marble é a possibilidade de usar até em áreas molhadas, como a de serviço ou o banheiro.

Isso acontece graças à opção com acabamento natural, que é ideal para a aplicação nesses ambientes, uma vez que não é escorregadio como o porcelanato polido.

No projeto acima, o mármore cinza ganha destaque por causa da combinação com as paredes brancas. Porém, o material também pode compor um espaço monocromático ou com outros elementos que se sobressaem.

6. Grande formato permite usar mármore cinza em bancadas e balcões

mármore cinza na bancada
A versatilidade de Gray Marble permite decorar bancada e parede da área gourmet (Projeto: Portobello S.A.)

Além das opções de acabamento, os diferentes formatos de Gray Marble são ótimos porque permitem usar o material em praticamente qualquer superfície.

Pisos, paredes, lareiras em porcelanato, prateleiras e até bancadas e balcões podem ser revestidos com mármore cinza.

Ao usar o formato de lastra para essa finalidade, poucos cortes são necessários (ou nenhum), o que torna as superfícies bonitas e sem emendas.

Para quem está planejando um ambiente integrado ou quer ampliar os espaços, ainda é possível usar o mármore cinza no piso ou na parede. Dessa maneira, forma-se uma extensão da bancada.

7. Beleza e resistência também em fachadas

mármore cinza na fachada
Assim como outros porcelanatos, mármore cinza também pode revestir fachadas (Projeto: Portobello S.A.)

Um dos pontos interessantes do mármore cinza da Portobello é o fato da reprodução ser em porcelanato.

O material é mais acessível que o mármore natural, além de ser muito resistente, fácil de limpar e não absorver água. Portanto, é perfeito para a aplicação em fachadas de casas.

É o que acontece no projeto em destaque, com segundo andar que complementa o interior da residência, também revestido pelo mármore cinza.

Confira mais projetos incríveis com Gray Marble, assinados por grandes profissionais de arquitetura e design, parceiros da Portobello.

Além do mármore cinza, a Portobello oferece muitas outras opções para toda a casa. Conheça 6 linhas de revestimento!

Imagem principal: Mármore cinza reúne características que o tornam versátil e atemporal (Projeto: Portobello S.A.)

Compartilhe
Em análise Seu comentário passará por moderação.
Você avaliou essa matéria com 1 estrela
Você avaliou essa matéria com 2 estrelas
Você avaliou essa matéria com 3 estrelas
Você avaliou essa matéria com 4 estrelas
Você avaliou essa matéria com 5 estrelas
Sua avaliação

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

Archtrends Portobello
Colunista

O Archtrends Portobello é a mais importante fonte de referências e tendências em arquitetura...

Conhecer artigos



Não perca nenhuma novidade!

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das novidades de arquitetura e design no Brasil e no mundo.