04.07.2023
Avaliação 
Avalie
 
Sem votos
Avaliar
Domo da Rocha se destaca no skyline de Jerusalém
Jerusalém é uma das cidades mais importantes de Israel, mas também palco de disputas (Foto: Alberto Peral)

Israel: mergulhe na história e na arquitetura deste país

 minutos de leitura
calendar-blank-line
04.07.2023
No Oriente Médio, Israel é um país repleto de significado histórico, cultural, religioso e arquitetônico. Saiba tudo sobre o destino do Coletivo Criativo
minutos de leitura

Israel é um país com uma rica história. É conhecido ainda por sua importância cultural e religiosa, além de contar uma herança arquitetônica muito significativa.

Para ouvir o artigo completo, clique no play abaixo:

O destino abriga diversos locais sagrados para as três principais religiões do mundo: o judaísmo, o cristianismo e o islamismo.

Quanto à sua arquitetura, combina elementos antigos e contemporâneos, refletindo sua história e a modernidade.

Saiba mais!

Localização estratégica tem importância histórica e religiosa

Domo da Rocha no coração da Cidade Velha, em Jerusalém
Jerusalém é considerada capital de Israel (Foto: Andrew Shiva)

Israel está situado na região do Levante, no Oriente Médio. Com uma área total de aproximadamente 22 mil km², é um país relativamente pequeno.

Apesar disso, a diversidade geográfica é notável. Afinal, reúne paisagens variadas, incluindo montanhas, vales, desertos e litoral.

O país é conhecido por sua localização estratégica, atuando como uma encruzilhada entre a Ásia, a África e a Europa.

Isso também contribui para sua importância histórica e religiosa. Por exemplo, Jerusalém é uma das cidades mais antigas do mundo, considerada sagrada por judeus, cristãos e muçulmanos.

É lá que se encontram lugares de grande relevância, como o Muro das Lamentações, a Igreja do Santo Sepulcro e a Mesquita de Al-Aqsa.

Além de Jerusalém, a cidade de Tel Aviv é outro destaque em Israel. 

Localizada na costa do Mar Mediterrâneo, é uma metrópole moderna e vibrante. Sem falar que é conhecida por sua arquitetura contemporânea e pelo estilo de vida cosmopolita.

A cidade abriga uma variedade de prédios icônicos. Eles refletem a combinação única de estilos arquitetônicos antigos e modernos que são encontrados em todo o país.

História de Israel tem significado na dinâmica mundial

Muralha Cananéia de Jerusalém, na cidade de Davi
Muralha Cananéia de Jerusalém, na cidade de Davi (Foto: Deror Avi)

A história de Israel conta com eventos que moldaram a região ao longo dos séculos. Além disso, influenciam outras regiões do mundo.

Esse rico histórico é uma fonte de inspiração. No entanto, também gera conflitos entre diversos grupos étnicos e religiosos, que reivindicam direitos sobre a terra.

Na antiguidade, a região que atualmente compreende Israel foi habitada por diferentes civilizações e impérios. Entre elas, os cananeus, egípcios, assírios, babilônios, persas, gregos e romanos.

Durante o século XIII a.C., os hebreus, liderados por Moisés, fugiram da escravidão no Egito e se estabeleceram na Terra Prometida, conforme descrito na Bíblia.

Por isso, a cidade de Jerusalém, em particular, tem uma importância histórica e religiosa significativa para o judaísmo, o cristianismo e o islamismo.

Afinal, é considerada sagrada pelos judeus por ser o local do Templo de Salomão e do Muro das Lamentações.

Já para os cristãos, Jerusalém é onde Jesus foi crucificado e ressuscitou. 

Enquanto para os muçulmanos, é o terceiro local mais sagrado, porque abriga a Mesquita de Al-Aqsa e a Cúpula da Rocha.

Leia também:

História recente é marcada por conflitos

Suprema Corte de Israel, em Jerusalém
Suprema Corte de Israel fica na capital, Jerusalém (Foto: Israeltourism)

Essa concentração de locais sagrados é um fator central para as disputas e os conflitos em Israel. Após a diáspora judaica, o território foi governado por diversos impérios até o século XX.

Em 1947, a Organização das Nações Unidas (ONU) aprovou o Plano de Partilha da Palestina, propondo a criação de dois estados: um judeu e outro árabe. Porém, no ano seguinte, o Estado de Israel foi proclamado.

Isso levou a uma guerra entre Israel e os países árabes vizinhos, resultando na vitória de Israel e na aquisição de territórios além das fronteiras originais propostas pela ONU.

Desde então, o país enfrenta uma série de disputas. Por exemplo, a Guerra dos Seis Dias, em 1967; a Guerra do Yom Kippur, em 1973; e os conflitos com grupos palestinos, como o Hamas.

Essas situações são motivadas por questões territoriais, religiosas, políticas e econômicas, impactando profundamente a região.

Em relação ao reconhecimento internacional, a proclamação do Estado de Israel em 1948 não foi aceita por todos os países.

Alguns Estados árabes e outros países muçulmanos não reconhecem sua existência, contestando a legitimidade de sua criação e afirmando que isso resultou na expulsão de palestinos de suas terras.

Essa questão permanece um ponto de tensão e debate até os dias de hoje, afetando as relações diplomáticas entre Israel e outros países.

Jerusalém e Tel Aviv são as cidades mais importantes de Israel

Vista de Tel Aviv
Tel Aviv é o centro econômico de Israel (Foto: Alexey Bogoslavsky)

Jerusalém e Tel Aviv são duas cidades fundamentais em Israel, cada uma com suas características. Além da história, elas têm cultura e arquitetura diferentes, atraindo visitantes de todo o mundo.

Jerusalém, considerada a capital de Israel, abriga locais religiosos significativos, tornando-se um destino de peregrinação para muitos fiéis.

A arquitetura da cidade é uma mistura fascinante de estilos que representam diferentes períodos e povos.

No centro histórico, conhecido como a Cidade Velha, predominam as construções antigas. Entre elas, muralhas, becos e edificações que datam de séculos atrás. O estilo arquitetônico predominante é o de influência otomana e medieval.

Além disso, Jerusalém também conta com uma parte moderna. Por lá, há bairros e edifícios contemporâneos.

Essa nova arquitetura reflete o crescimento e o desenvolvimento ao longo do tempo. Portanto, são encontrados arranha-céus e centros culturais em estilo moderno.

Tel Aviv, por outro lado, é a maior cidade de Israel e é conhecida como o centro econômico, cultural e tecnológico do país. É famosa pela vida noturna, praias deslumbrantes e arquitetura modernista.

Entre os séculos XIX e XX, muitos arquitetos judeus emigraram para Tel Aviv, trazendo consigo influências arquitetônicas europeias.

Foi então que surgiu o estilo Bauhaus, com suas linhas retas, simetria e funcionalidade, rendendo a Tel Aviv o apelido de \"Cidade Branca\". 

Inclusive, ela foi reconhecida pela Unesco como Patrimônio Mundial da Humanidade, em razão de sua arquitetura única.

Além disso, Tel Aviv também abriga arranha-céus, centros culturais, museus, galerias de arte e uma cena de design e moda próspera.

A cidade é um reflexo da modernidade e da criatividade de Israel, atraindo visitantes interessados em sua atmosfera dinâmica e progressista.

Principais pontos turísticos de Jerusalém

Muro das Lamentações com Domo da Rocha ao fundo
Muro das Lamentações com Domo da Rocha ao fundo (Foto: Israeltourism)

Como vimos, Jerusalém tem grande importância histórica, atraindo muitos visitantes que querem explorar locais sagrados. Confira os pontos imperdíveis da cidade.

Cidade Velha

Está dividida em quatro bairros históricos: judeu, cristão, muçulmano e armênio. 

Cada um deles abriga locais de grande importância religiosa, como o Muro das Lamentações, a Igreja do Santo Sepulcro, o Domo (ou Cúpula) da Rocha e a Mesquita de Al-Aqsa. 

Caminhar pelas ruas estreitas e explorar os mercados tradicionais proporciona uma imersão única na atmosfera da cidade.

Monte Sião 

Fora das muralhas da Cidade Velha, é um lugar sagrado para várias religiões. Aqui, os visitantes podem explorar o Cenáculo, onde a Última Ceia teria ocorrido, e a Tumba do Rei Davi, um importante local de peregrinação.

Monte das Oliveiras 

Tem vistas panorâmicas deslumbrantes de Jerusalém. É onde se encontra o Jardim de Getsêmani, onde Jesus teria orado antes de sua crucificação.

Também há a Igreja do Pai Nosso, que abriga a gruta onde a oração do Pai Nosso teria sido ensinada por Cristo.

Museu de Israel

Abriga uma impressionante coleção de arte judaica. Há ainda o Templo do Livro, com exibição dos Manuscritos do Mar Morto.

Muro das Lamentações

Considerado o local mais sagrado para o judaísmo, é visitado diariamente por judeus de todo o mundo.

Porta de Jaffa

É uma das entradas mais conhecidas da Cidade Antiga de Jerusalém. Oferece uma visão impressionante da antiga muralha da cidade e é um ponto de partida popular para explorar as ruas históricas.

Principais pontos turísticos de Tel Aviv

Praia de Tel Aviv
Tel Aviv é cidade litorânea cosmopolita e moderna (Foto: Israeltourism)

Já Tel Aviv é uma cidade vibrante e cosmopolita. Além disso, abriga uma série de pontos turísticos interessantes, como veremos na sequência.

Praias de Tel Aviv

Mundialmente famosas, oferecem uma atmosfera descontraída, perfeita para relaxar e aproveitar. Com as areias douradas e águas cristalinas do Mar Mediterrâneo, ofertam também uma ampla variedade de atividades esportivas e recreativas.

Rothschild Boulevard

Icônica avenida central em Tel Aviv. É repleta de cafés, restaurantes, lojas e belos boulevares arborizados. Conhecida por sua arquitetura Bauhaus, é um ótimo lugar para passear.

Bairro de Neve Tzedek

Próximo à Rothschild Boulevard, é um charmoso bairro histórico, conhecido por suas ruas pitorescas, casas coloridas e boutiques elegantes. 

Conta com galerias de arte, cafés e restaurantes sofisticados, oferecendo uma mistura única de atmosfera boêmia e elegância moderna.

Mercado Carmel

Trata-se do maior mercado de Tel Aviv, conhecido como um verdadeiro paraíso para os amantes da gastronomia. 

Aqui, os visitantes podem explorar uma infinidade de barracas, que oferecem uma ampla variedade de produtos frescos, especiarias, doces, frutas, queijos e muito mais.

Museu de Arte de Tel Aviv

É o lar de uma vasta coleção de arte moderna e contemporânea, tanto israelense quanto internacional. O museu também abriga exposições temporárias e eventos culturais ao longo do ano.

Jaffa

Embora tecnicamente seja uma área separada de Tel Aviv, essa antiga cidade está localizada nas proximidades e é uma visita obrigatória para os turistas. 

Tem história que remonta a milhares de anos, com ruas estreitas, um porto pitoresco e uma atmosfera encantadora.

Israel é destino do Coletivo Criativo Portobello

Templo do Livro, em Jerusalém
Templo do Livro está no roteiro do Coletivo Criativo Israel (Foto: Edmund Gall)

O Coletivo Criativo é uma iniciativa da Portobello que fomenta a inovação aberta. É uma maneira de reunir novas percepções para a criação de produtos.

Nesse projeto, selecionados do programa de relacionamento da marca, o Portobello+arquitetura, embarcam em uma viagem para explorar a história, a cultura e a arquitetura de um destino cheio de significado.

Ao retornarem, eles se juntam ao time da Portobello para desenvolver um produto inspirado no local em questão.

Em 2020, os selecionados embarcariam no Coletivo Criativo Israel, que precisou ser adiado por causa da pandemia. A viagem ficou para 2023, abrangendo as cidades de Jerusalém e Tel Aviv.

Serão 26 arquitetos e dois franqueados, que contarão com o time da Portobello para explorar esses destinos e trazer novos olhares.

Se você quer saber tudo o que vai rolar nessa viagem, leia o artigo completo sobre o Coletivo Criativo Israel!

Compartilhe
Avaliação 
Avalie
 
Sem votos
VOLTAR
ESC PARA FECHAR
Minha avaliação desse conteúdo é
0 de 5
 

Israel: mergulhe na história e na arquitetur...

Israel: mergulhe na história e na arquitetura deste país

  Sem votos
minutos de leitura
Em análise Seu comentário passará por moderação.
Você avaliou essa matéria com 1 estrela
Você avaliou essa matéria com 2 estrelas
Você avaliou essa matéria com 3 estrelas
Você avaliou essa matéria com 4 estrelas
Você avaliou essa matéria com 5 estrelas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Archtrends Portobello
Colunista

O Archtrends Portobello é a mais importante fonte de referências e tendências em arquitetura...

Conhecer artigos



Não perca nenhuma novidade!

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das novidades de arquitetura e design no Brasil e no mundo.

    O Archtrends Portobello é a mais importante fonte de referências e tendências em arquitetura e design com foco em revestimentos.

    ® 2024- Archtrends Portobello

    Conheça a Política de Privacidade

    Entenda os Termos de Uso

    Veja as Preferências de Cookies