12.01.2024
Avaliação 
Avalie
 
Sem votos
Avaliar
aeroporto avião para decolar
Viajar pode ser mais econômico ao emitir passagens com pontos e milhas. Mas, para isso, é necessário aprender a avaliar os cenários (Foto: Ale Disaro)

Como viajar com milhas

 minutos de leitura
calendar-blank-line
12.01.2024
Planejando suas viagens de 2024? Viajante profissional, Alexandre Disaro dá dicas de para acumular milhas e viajar com elas, além do passo para emitir passagens com tarifa fixa
minutos de leitura

Viajar é uma delícia, mas é preciso ter responsabilidade nos gastos. Quando conseguimos economizar em alguns serviços, é possível viajar mais e melhor. Hoje, adentramos no universo das milhas, assunto que tem despertado cada vez mais a atenção dos viajantes, com a possibilidade de viajar pagando apenas as taxas de embarque. 

Para ouvir o artigo completo, clique no play abaixo:

Semana de Design de Milão, Art Basel Miami, Maison et Objet em Paris, Archtrends Summit, Expo Revestir e CASACOR em São Paulo, Fenearte em Pernambuco, Bienais pelo mundo. O ano de 2024 está recheado de eventos e queremos comparecer à maioria deles. Para isso, reduzir o custo das passagens - e quem sabe até poder embarcar de executiva - é o sonho de muita gente.

praça em milão
Milão é, todos os anos, um destino muito procurado por profissionais de arquitetura interessados na Semana de Design (Foto: Ale Disaro)

Nesta segunda parte da série especial sobre como viajar melhor e mais barato, aprenderemos como e onde juntar milhas e como desenhar uma estratégia de acúmulo de milhas. Ainda, vou simular uma emissão de passagem para Milão, para participar da Semana de Design de 2024. Continue lendo.

Estes são ensinamentos valiosos. Salve para fácil acesso e compartilhe com quem você sabe que também busca esse conhecimento. Esse é um conteúdo prático, para que você já possa emitir passagens com milhas.

Lembrem-se também de ler a coluna como viajar melhor e mais barato, para uma visão mais abrangente sobre formas inteligentes de baratear a viagem, que vão além de cortar despesas.

Atenção! Consuma com consciência

Antes de iniciarmos o conteúdo, é necessário mencionar que tanto milhas, quanto pontos valem dinheiro e são uma forma de acumular valor monetário. Estabelecer uma estratégia factível e tangível é fundamental para evitar frustrações. Quem tem compulsão por compras ou acúmulo, recomenda-se cautela durante a trajetória. Como muitos programas de fidelidade têm sua estrutura gamificada, uma pessoa com tal perfil pode trocar os pés pelas mãos rapidamente. Não se esqueça que, apesar de ser gratificante resgatar voos pagando apenas a taxa de embarque, essas empresas também lucram com o comércio de pontos e milhas e o incentivo ao consumo.

Como e onde juntar milhas e pontos

visto passaporte
Milhas são acumuladas nos programas de fidelidade das companhias aéreas através de voos realizados e podem ser trocadas por novas viagens (Foto: Ale Disaro)

Milhas e pontos são coisas distintas, mas seus conceitos, por vezes, se confundem. Milha é a unidade de medida de comprimento adotada pela aviação e, consequentemente, teve seu nome também utilizado pelas companhias aéreas na criação de uma unidade monetária de bonificação em programas de fidelidade. Passageiros voam percorrendo milhas e são bonificados igualmente com milhas. Pontos, por outro lado, são uma unidade de bonificação criada por plataformas como bancos, cartões de crédito e sites de recompensa. O correntista paga suas contas no cartão de crédito e recebe pontos como bonificação. Com o passar do tempo, programas de fidelidade de companhias aéreas também se sofisticaram abarcando compras e outros serviços em suas plataformas, adotando também a nomenclatura de pontos.

Milhas

Milhas podem ser acumuladas através de programas de fidelidade de companhias aéreas. No Brasil, cada uma das três maiores companhias aéreas tem seu programa de fidelidade. A Latam tem o Latam Pass, a Gol, a Smiles e a Azul, o Tudo Azul. Ao cadastrar-se e voar com uma dessas companhias, o passageiro pode acumular milhas.

Em paralelo, os programas de fidelidade também têm planos de assinatura pagos. Esses planos conferem benefícios diversos, como: embarque prioritário, franquia de bagagem diferenciada, despacho extra de bagagem, acesso à sala VIP, escolha de assento, alteração de voo em cima da hora, maior taxa de acúmulo de milhas, bonificação mensal em milhas, entre outros benefícios.

Pontos

Pontos podem ser acumulados através do uso de cartões de crédito e sites de recompensa como Livelo e Esfera. Cartões que pontuam oferecem como bonificação uma quantidade de pontos que é multiplicada por dólar gasto. Sites de recompensa são, originalmente, plataformas criadas por bancos para que seus correntistas possam usar seus pontos. Lá é possível trocar pontos por bens e serviços variados e, inclusive, transferir esses pontos para programas de fidelidade de companhias aéreas.

Sites de recompensa também oferecem clubes de assinatura que bonificam pontos mensais e concedem benefícios como bonificação em transferência de pontos, maior pontuação em compras com parceiros, entre outros.

Compras bonificadas

Sites de recompensa e até mesmo os próprios programas de fidelidade das companhias aéreas estabelecem parcerias com prestadores de serviços diversos. Essas parcerias são disponibilizadas em forma de links bonificados, para qualquer pessoa que queira adquirir bens e serviços desses parceiros o faça através desses links específicos. Ao efetuar a compra, a pessoa obtém uma taxa de pontuação vantajosa, podendo ser 1 ponto por R$ 1,00 gasto ou muitos pontos por real gasto. Como exemplo, 4, 8, 12 e até 25 pontos por R$ 1,00 gasto. Essas promoções são anunciadas dentro dos próprios sites, e para ter acesso é necessário monitorá-los.

A reserva dos hotéis, por exemplo, costuma conferir maior acúmulo de pontos. Já teve promoção com bonificação de 30 pontos por dólar gasto na hotelaria.

E ainda, além da compra através de links bonificados, pagando as compras com o cartão de crédito, o usuário usufrui do próprio acúmulo de pontos do cartão.

Transferência bonificada de pontos

Como já mencionado, é possível acumular pontos através do banco, do cartão de crédito e de plataformas de recompensa. De tempos em tempos, programas de fidelidade anunciam oportunidades de transferências bonificadas. É possível transferir seus pontos desses sites de recompensa diretamente para os programas de fidelidade das companhias aéreas. Há bonificação de 20%, 30%, 50% e até mesmo 100% em cima da pontuação transferida.

Essas promoções são anunciadas algumas vezes por ano, dentro dos próprios sites, e para ter acesso é necessário monitorá-los.

Já imaginou acumular pontos com as reservas bonificadas das hospedagens e transferi-los igualmente com bônus para o programa de fidelidade da sua preferência? Apenas por adotar essa estratégia você pode, ao final, acumular pontos suficientes para emitir novas passagens pagando apenas pela taxa de embarque.

Compra de milhas e pontos

Os programas de fidelidade das companhias aéreas e os sites de recompensa também disponibilizam a compra de milhas e pontos em suas plataformas. É importante conhecer o preço padrão do milheiro (CPM = custo por milheiro) de cada companhia e site de recompensa para se ter como base de custo. Algumas vezes durante o ano, há promoções em que você consegue comprar milhas e pontos com um CPM mais barato.

Essas compras são boas oportunidades para complementar milhas e pontos faltantes para uma viagem que se tenha em vista. Essas promoções são anunciadas dentro dos próprios sites e para ter acesso é necessário monitorá-los.

Como desenhar uma estratégia de acúmulo de milhas

avião gol no céu
Para viajar bem com milhas e pontos é fundamental conhecer suas reais necessidades, assim como aprender sobre o universo das milhas e emissões (Foto: Ale Disaro)

Ter uma estratégia de acúmulo ajuda a direcionar nossa energia e tempo numa direção assertiva, consciente e tangível. Cada pessoa tem suas especificidades. Não há uma receita única a ser aplicada por todos. Uma pessoa que mora no interior do Pará, costuma visitar parentes no sul do Brasil e adora viajar pela América do Sul terá uma estratégia diferente de uma outra pessoa que mora em São Paulo, viaja muito à trabalho para Angola e também gosta de ir todos os anos para a Semana de Design de Milão e para a Maison et Objet em Paris. Entender quais as suas demandas e desejos ajuda a alinhar um caminho a ser percorrido.

Outra informação importante: nem sempre as melhores emissões são com milhas e pontos. É necessário levantar as possibilidades de emissões pagas e não pagas diretamente (milhas e pontos) e avaliar qual o melhor cenário e custo-benefício.

Algumas perguntas para começar um direcionamento:

  • Você tem alguma necessidade específica de voos dentro do Brasil? (trabalho, família, viagem a turismo, saúde,...)
  • Desses voos domésticos (dentro do Brasil), alguma companhia oferece maior frequência, conectividade e bons preços para o que você precisa?
  • Quer viajar pelo mundo? Quais lugares você tem vontade de visitar primeiro?
  • Você mora próximo a uma grande cidade com aeroporto movimentado com voos domésticos e internacionais? Ou, mora em cidades menores e precisa de longas conexões até chegar a um aeroporto maior?
  • Concentra seus gastos no cartão de crédito? Se sim, faz um bom gerenciamento e está sempre em dia com suas contas?
  • Costuma fazer compras online?
  • Quer acumular milhas para vendê-las, fazendo renda extra?

Ao responder essas perguntas para si, você começará a perceber suas próprias particularidades. E são elas que devem ser consideradas ao escolher como e onde acumular milhas e pontos.

Mas, de imediato, já é possível recomendar:

  • Cadastre-se em algum(ns) programa(s) de fidelidade e comece a acumular milhas;
  • Cadastre-se em algum(ns) sites(s) de recompensa e comece a juntar pontos;

Tipos de tarifa

Dentro dos resgates de passagem aérea, existem duas tarifas importantes para serem diferenciadas: comercial e prêmio (award).

As tarifas comerciais são voláteis, pois correspondem ao custo praticado diretamente em reais, no site da companhia aérea, multiplicado pelo preço do milheiro resultando numa simples conversão do valor praticado em reais para um valor em milhas. Resgates com tarifas comerciais podem ser bons e ter preços justos, mas é necessário conhecer os diferentes custos que um determinado trecho pode ter (custo baixo, médio e alto) para, então, avaliar a melhor forma de emissão (tarifa comercial paga com dinheiro ou com milhas/pontos). Voos com esse tipo de tarifa são abundantes, pois são a conversão direta entre o preço em reais e em milhas.

As tarifas award têm valor em milhas pré-fixadas e tabelado por distância ou regiões. As companhias aéreas liberam um determinado número de assentos prêmio (award), numa determinada classe tarifária e todos os programas de fidelidade parceiros desta companhia os disponibilizam em suas bases de buscas. Esses assentos são compartilhados, o que significa que a quantidade de assentos neste voo é única e ofertada para todas as demais companhias parceiras. Ou seja, os poucos assentos são disputados entre todos os parceiros. A disponibilidade é muito mais escassa e disputada, pois os assentos são poucos.

Por conta do valor fixo, as tarifas award são as queridinhas de todo milheiro. Saber onde procurá-las, como identificá-las e como emitir essas passagens é o assunto dos inúmeros cursos no mercado. Mas, não se preocupe, ensino você como procurar tarifas award para voar com os três mais importantes programas de fidelidade no Brasil (Latam Pass, Smiles e Tudo Azul) a seguir.

Flexibilidade

Quem pretende voar mais barato com milhas sabe que a data da viagem precisa, em algum grau, estar condicionada à disponibilidade das tarifas award. Quem tem maior flexibilidade com as datas, consegue planejar a viagem com mais facilidade. Esse planejamento se torna um pouco complicado para os que têm poucos dias e/ou uma data já estabelecida para visitar uma feira, evento ou até mesmo tirar férias.

Rotas improváveis

A questão da disponibilidade de tarifas award nos convida a sermos mais criativos na hora de buscar soluções e rotas para se chegar a um determinado lugar. Como exemplo, para quem vai a Semana de Design de Milão em abril, que tal pensar em chegar alguns dias antes por outras cidades, como Lisboa, Madri, Barcelona, Paris, Londres ou Amsterdã e de lá pegar um voo mais curto para Milão?

Ou, ainda, que tal fazer um percurso pela América do Norte saindo do Brasil e passando alguns poucos dias numa cidade estadunidense ou canadense e de lá voasse para Milão? É possível sair do Brasil, passar alguns dias em Nova Iorque e de lá seguir para Milão.

Nem sempre o trajeto mais curto é a melhor opção. Essa lógica se aplica a toda e qualquer viagem.

Alianças e acordos de parceria entre companhias aéreas

Você sabia que as companhias aéreas estabelecem alianças e acordo comerciais entre elas? Nesses acordos, elas vendem voos umas das outras em suas plataformas, abrangendo a permeabilidade dos seus serviços. É por isso que vocês conseguem comprar, diretamente no site da companhia aérea, por exemplo, um voo saindo de Cascavel, interior do Paraná, para Erevan, capital da Armênia, sendo que nem a Latam, nem a Gol, nem a Azul operam essa rota.

Ter conhecimento das alianças que as companhias fazem parte e dos acordos individuais feitos entre elas, possibilita uma escolha de qual/quais companhia(s) escolher para acumular milhas e qual usar na hora de emitir a passagem.

Compartilho a situação em dezembro de 2023 para parcerias entre companhias.

A Latam não participa mais de uma aliança, entretanto, mantém acordos específicos com algumas companhias. É possível emitir passagens aéreas de trechos operados por essas companhias com pontos do Latam Pass. Essas passagens, primeiro, precisam ser encontradas para, então, a emissão ser realizada através do call center ou Whatsapp da Latam. Essas emissões respeitam uma pontuação de acordo com a tabela fixa da Latam.

Cias parceiras e com a possibilidade de emissão com tarifa award: Delta Airlines, Aeromexico, Alaska Airlines, Austrian Airlines, British Airways, Cathay Pacific, Finnair, Iberia, Japan Airlines, Lufthansa, Malaysia Airlines, Qantas Airlines, Qatar Airways, Royal Jordanian, Swiss Airlines e Virgin Atlantic.

A Gol faz parte da aliança Star Alliance, possibilitando o resgate de passagens aéreas em inúmeras companhias com tarifas comerciais. Já para tarifas award, a GOL tem parceria com as seguintes cias: Avianca, Copa Airlines, KLM, Emirates, South African, TAP Air Portugal, Air France, Turkish Airlines, Air Canada, Aeromexico, American Airlines, Air Europa, Ethiopian, Korean Air, TAAG e Aerolineas Argentinas. As pesquisas e emissões podem ser realizadas diretamente pelo site da Smiles.

A Azul disponibiliza através da plataforma Interline o resgate de passagens com tarifas comerciais e award. Contudo, apenas as companhias a seguir disponibilizam resgates award: Air Canada, United, Copa Airlines, TAP Air Portugal e Turkish Airlines. As pesquisas e emissões podem ser realizadas diretamente pelo site da Interline.

Colocando em prática

Não há escolha perfeita ou única, mas sim que vá de encontro às suas necessidades. Por mais vago que possa parecer, suas condições geográficas e rotas mais frequentes, seus sonhos de viagem, condições financeiras e fase da vida servem de guia para a adoção de uma estratégia.

Quanto mais você estudar, mais entenderá as rotas que podem ser realizadas e emitidas através das companhias aéreas.

Não gaste o que você não tem na ilusão de hackear o sistema das milhas. Boas estratégias contemplam os seus sonhos e necessidades, não os dos outros.

Lembre-se que, com os três programas de fidelidade mencionados, os sites de recompensa e os cartões de crédito disponíveis no Brasil, podemos rodar o mundo.

  • Cadastre-se nas companhias aéreas e sites de recompensa;
  • Não se inscreva em nenhum plano pago sem antes estudar e avaliar se faz sentido;
  • Faça as compras que você já iria fazer através dos links parceiros com bonificação em pontos, quando houver o que você busca;
  • Verifique se os seus cartões de crédito juntam pontos. Opte por um cartão com boa taxa de pontuação, bons benefícios e busque isentar a anuidade;
  • Acumule pontos no cartão e espere surgir promoções com transferências bonificadas para enviarem seus pontos para programas de fidelidade;
  • Trace uma estratégia que vá de encontro às sua demandas e sonhos;
  • Não dê um passo maior que as pernas. Tenha paciência e não se compare.

Emitindo passagens aéreas com milhas

fila no checkin aeroporto como viajar com milhas
Que tal embarcar para Milão em 2024 emitindo sua passagem com milhas? Ponha em prática os conhecimentos deste artigo e comece a montar sua estratégia de acúmulo de milhas e pontos (Foto: Ale Disaro)

Dito isso, vamos aprender a emitir uma passagem aérea com tarifa award para Milão!

Milão é um destino muito procurado por quem gosta de arquitetura, principalmente em abril, mês do Salone del Mobile (maior feira de mobiliário do mundo) e da Semana de Design.

Vamos ao passo a passo:

1. Conhecer o preço dos trechos

O primeiro passo é orçar os custos da passagem paga. Para isso, antes de ir para o site da companhia aérea, faça uma rápida busca usando o Google Flights, informando origem e destino. Visualize a disponibilidade de voos usando o calendário para escolher um dia com melhores preços. Assim que clicar no dia, avalie as opções com voos diretos e conexões.

Para a Semana do Design de Milão, a passagem paga (tarifa comercial) num voo direto está custando a partir de R$ 4.208,52 ou 144.246 pontos (tarifa comercial), voando com a Latam em econômica, ou R$ 10.427,61 ou 360.187 pontos (tarifa comercial) em executiva.

Há, também, voos com conexão/ões mais baratas. Encontrei um com a TAP com conexão em Lisboa a partir de R$2.418,00 (tarifa comercial) o trecho voando na econômica.

Tome nota dos trechos, das conexões, dos valores e das possibilidades.

2. Aprender a chegar ao destino por outras rotas

Custos e voos anotados, cogite chegar ao destino através de outras rotas menos óbvias. Usando o site Flight Connections você pode estudar quais demais rotas também chegam até o destino, ou a um hub intermediário antes do destino, para que seja possível realizar um curto voo complementar. Saber dessas alternativas e associá-las a todo esse conhecimento de companhias parceiras direciona a sua atenção a reais possibilidades.

Sendo Milão nosso destino e pensando em emissões com milhas e tarifas award pela Latam, a companhia tem acordos com a British Airways, Iberia, Swiss Airlines, Lufthansa e Virgin Atlantic. Essas companhias voam para Londres, Madri, Zurique e Frankfurt. Chegando por uma dessas cidades é necessário fazer um voo complementar para Milão. É possível realizar este voo complementar pagando ou também emitindo outra passagem usando a tabela fixa.

Ou ainda, passando pelos Estados Unidos e ficando alguns dias por lá. A Delta opera voos entre São Paulo, Nova Iorque e Milão.

3. Verificar os preços de emissão com a tabela fixa

A tabela fixa da Latam está disponível no próprio site da companhia. Os trechos precisam ser somados um a um em voos diretos, respeitando a área de abrangência de cada região, sendo que voos dentro da mesma região e em conexão não são acrescidos.

Para o primeiro exemplo acima, qualquer voo do Brasil pra Europa pela tabela custa: 80.700 pontos (conversão aprox. R$ 2.017,50) + taxas de embarque para um voo em econômica, ou 201.600 pontos (conversão aprox. R$ 5.040,00) + taxas de embarque em executiva. 

Para o segundo exemplo, do Brasil para Europa passando pelos Estados Unidos, o custo pela tabela fica: 57.000 + 36.000 pontos (conversão aprox. R$ 2.325,00) + taxas de embarque de para um voo em econômica, ou 90.000 + 108.000 pontos (conversão aprox. R$ 4.950,00) + taxas de embarque em executiva.

4. Comparar os custos entre as passagens

Repare na diferença dos custos pelos mesmos serviços ofertados. Um trecho na econômica, na tarifa comercial, equivale aproximadamente a dois trechos em tarifa prêmio.

Um trecho na executiva, também na tarifa comercial, equivale a dois trechos de executiva mais um trecho de econômica com tarifa award. Ou, cinco trechos na econômica com tarifa award.

5. Buscar disponibilidade das rotas

Esta etapa tem muitos detalhes e peculiaridades, cada companhia tem seu sistema de buscas e parcerias firmadas. Contudo, para sermos objetivos, usarei o site da American Airlines para encontrar um voo. A companhia tem um sistema robusto para encontrar voos award e é uma boa opção para começar a se aventurar.

Tela de uma busca através do site da American Airlines usando milhas
Tela de uma busca através do site da American Airlines usando milhas. Como resultado, um voo em executiva com a British Airways que pode ser emitido com pontos Latam. É possível ir para a Europa chegando em Londres com voos diretos de São Paulo. Demais disponibilidades de voo vão sendo atualizadas aos poucos

Nem sempre conseguimos encontrar disponibilidade para quando queremos no exato momento da busca. As companhias liberam assentos o ano todo de pouco em pouco. Nesta busca, por enquanto há disponibilidade para o começo de abril com a British Airways, partindo de São Paulo e chegando em Londres no voo direto. Com o passar do tempo outras disponibilidades vão surgindo.

Mais uma busca por voos com companhias parceiras, que podem ser emitidos com pontos Latam. Na pesquisa, algumas opções de voos com a British Airways saindo de Nova Iorque e indo para Londres
Mais uma busca por voos com companhias parceiras, que podem ser emitidos com pontos Latam. Na pesquisa, algumas opções de voos com a British Airways saindo de Nova Iorque e indo para Londres

Pensando na alternativa de Nova Iorque, já há disponíveis voos tanto com a British Airways, quanto com a Delta e com a Virgin Atlantic saindo de Nova York e chegando em Londres num voo direto.

Para realizar a busca, acesse o site da American Airlines; informe a origem e o destino; escolha uma data aproximada da desejada; e selecione o quadradinho "resgatar milhas". Clique em buscar. Assim que a página abrir, clique em calendário para obter uma visão geral do mês e das datas com voos. Repare que na busca o voo disponível é operado pela British Airways. Confira mais detalhes do voo e observe o código tarifário, X para econômica e U para executiva. Passagens com esses códigos tarifários podem ser resgatadas através da Latam.

Anote os detalhes do voo para seguirmos com a emissão.

6. Emitir passagens

Para emitir passagens pela Smiles (Gol) e Interline (Azul), basta acessar o site e emitir por lá mesmo. Preste atenção nos preços e nos indicativos da tarifa praticada. A tarifa award costuma ser mais barata que a comercial, mas como ambos os sites mostram tarifas comerciais e award juntas, cuidem para não selecionarem uma tarifa comercial com muitas conexões, ou conexões inconvenientes, acreditando que está selecionando um voo direto em tarifa prêmio.

Como mencionei acima, emitir passagens com tabela fixa da Latam é mais trabalhoso. Voo encontrado, basta ou ligar para o call center ou e realizar a emissão direto pelo Whatsapp através do número +56968250850 com a seguinte mensagem padrão:

Quero resgatar passagens com meus Pontos LATAM Pass
Minha viagem seria: (coloque aqui se é Ida ou Ida e Volta)
Origem: (Insira os código dos aeroportos pretendidos)
Data de ida: (insira a data de ida no formato AAAA-MM-DD)
Data de volta: (insira a data de volta no mesmo formato da ida, caso tenha)
Cabine: (digite a cabine pretendida, como por exemplo, econômica ou executiva)
Adultos: (coloque o número de adultos)
Crianças: (coloque o número de crianças)
Bebês: (coloque o número de bebês)

Não é necessário inserir nenhuma outra mensagem antes. Assim que um atendente pegar o seu caso será dado andamento. Você precisa estar online para conversar com o atendente, afinal, terá que efetuar o pagamento da taxa de embarque.

Compartilhe
Avaliação 
Avalie
 
Sem votos
VOLTAR
ESC PARA FECHAR
Minha avaliação desse conteúdo é
0 de 5
 

Como viajar com milhas...

Como viajar com milhas

  Sem votos
minutos de leitura
Em análise Seu comentário passará por moderação.
Você avaliou essa matéria com 1 estrela
Você avaliou essa matéria com 2 estrelas
Você avaliou essa matéria com 3 estrelas
Você avaliou essa matéria com 4 estrelas
Você avaliou essa matéria com 5 estrelas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Quantas informações importantes e preciosas! Ale está sendo de uma competência e generosidade incríveis em sua coluna!

Alexandre Disaro
Colunista

Alexandre Disaro é fotógrafo de arquitetura e viagem. Gosta tanto de viajar que até...

Conhecer artigos



Não perca nenhuma novidade!

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das novidades de arquitetura e design no Brasil e no mundo.

    O Archtrends Portobello é a mais importante fonte de referências e tendências em arquitetura e design com foco em revestimentos.

    ® 2024- Archtrends Portobello

    Conheça a Política de Privacidade

    Entenda os Termos de Uso

    Veja as Preferências de Cookies