28.09.2017
Avaliação
0
(0)
28.09.2017
As vitrines como fonte de inspiração (Foto: reprodução site Grazie a Te)
As vitrines como fonte de inspiração (Foto: reprodução site Grazie a Te)
0

The New Modern: das vitrines de moda ao processo de criação

Direto de Florença, onde as maiores marcas de luxo estão localizadas, cada detalhe da exposição das novas tendências em roupas acaba por inspirar e refletir no design de interiores e de produto. Para saber como, confira o texto a seguir!
minutos de leitura

As tendências da moda, depois de serem lançadas e vistas nas passarelas, ganham um outro espaço onde continuam a inspirar: as vitrines.

Assim como a composição de um desfile segue o conceito da nova coleção e a identidade de cada marca, as vitrines também respeitam esse padrão. Elas são pensadas e criadas conforme os vestuários, a estação do ano, o local em que se inserem e o público que querem atingir, respeitando a linguagem e a história de cada grife.

Via Tornabuoni em Florença, a rua das vitrines (Foto: reprodução site Firenze Made in Tuscany)
Via Tornabuoni em Florença, a rua das vitrines (Foto: reprodução site Firenze Made in Tuscany)

Ao caminhar pela Via Tornabuoni, na cidade de Florença, na Itália, onde estão localizadas as lojas das maiores e mais influentes marcas de luxo, fui instigada pela troca das vitrines para as coleções de outono/inverno 2017 e 2018. Elas despertaram certos palpites sobre particularidades que certamente veremos também no âmbito do design de interiores e de produtos.

Organizei as informações em moodboards, traduzindo visualmente a conexão da moda com o design — que estão entrando em um sincronismo amplo, talvez nunca experimentado antes.

O estilo conhecido como The New Modern invadiu as vitrines da rua mais influente da toscana e está tomando uma proporção cada vez maior em todas as esferas relacionadas à criação.

A mistura da moda, da arte e do design (Foto: Luiza Vegini e reproduçao Revista Elle Decor)
A mistura da moda, da arte e do design (Foto: Luiza Vegini e reproduçao Revista Elle Decor)

Acostumados até agora com o estilo escandinavo, de paredes brancas, ambientes serenos e leves, podemos nos preparar para o domínio das cores, novas texturas, materiais e a tendência ao luxo e à singularidade. Contraste é a palavra de ordem e alguns citam o novo estilo como um retorno à década de 70.

Porém, diferentemente dos anos em que os hippies dominaram as ruas, hoje em dia o The New Modern exige muita experiência e atenção aos detalhes. Mixar aço polido, dourado, mármore, veludo e abstração gráfica requer um alto nível de conhecimento e compreensão de como esses elementos devem ser misturados de forma sutil.

Depois da grande aparição das cores em eventos de moda e em notáveis feiras pela Europa, não é uma surpresa elas já começarem a se manifestar também nas coleções das estações frias. Podemos ver as incríveis variações das tonalidades de verde, o uso do roxo com amarelo, do laranja com o azul, o vermelho chinês e o vermelho-alaranjado, além dos tons terrosos — eles definitivamente estão chegando para ficar.

Mais inspirações (Foto: Luiza Vegini e reprodução Revista Elle Decor)
Mais inspirações (Foto: Luiza Vegini e reprodução Revista Elle Decor)
Tendências de cores e as misturas criadas entre elas (Foto: Luiza Vegini)
Tendências de cores e as misturas criadas entre elas (Foto: Luiza Vegini)

Mármore, estrutura metálica, concreto e elementos neutros, que dão destaque às peças singulares, são vistos desde a composição das vitrines até a decoração das novas salas de jantar e estar.

A nova tendência dita que você não precisa de mais espaços e sim de menos objetos. Deixe os detalhes falarem por si e preencherem um ambiente sem carregar o seu projeto. A questão atualmente não é a quantidade, mas a qualidade do que será inserido.

Materiais: aço polido, dourado, mármore (Foto: Luiza e reprodução Revista Elle Decor)
Materiais: aço polido, dourado, mármore (Foto: Luiza e reprodução Revista Elle Decor)

A moda, a arquitetura e o design se conectam e são uma fusão de reflexos artísticos e atitudes vistas no cotidiano. Além de terem as mesmas fontes de inspiração, eles influenciam um ao outro.

Todo espaço criado para expor um produto é feito a partir de um processo elaborado que avalia quem é o consumidor e qual é a forma de venda (online ou loja física). Uma marca dita tendências e serve de inspiração a outros fins e usos, desde o seu conceito principal, vitrine, layout e vestuário, até a sua repercussão e os impactos causados no estilo de vida dos seus clientes.

Riqueza de detalhes, texturas e tecidos (Foto: Luiza Vegini e reprodução Revista Elle Decor)
Riqueza de detalhes, texturas e tecidos (Foto: Luiza Vegini e reprodução Revista Elle Decor)

O design e a moda estão entrelaçados por uma sequência infinita. A elaboração de um projeto por trás de uma marca visa as sensações que serão provocadas nas pessoas. A partir da sua desenvoltura, ele entra em contato com o mundo, impactando e gerando experiências — que, por sua vez, interferem na criação, no conceito e nas novidades de uma grife, e assim sucessivamente.

Ao deparar-se com uma loja influente no mercado, as inspirações e tendências são nítidas nos mais minuciosos detalhes, e você começa a perceber como esse mundo se conecta com particularidades autênticas que afetarão o seu processo de criação.

Imagens de vitrines (Foto: Luiza Vegini)
Imagens de vitrines (Foto: Luiza Vegini)

Podemos apostar que, com a chegada da estação fria na Europa, assim como o uso do estilo The New Modern, as cores e os materiais que tendem ao luxo sairão das vitrines, passarelas e feiras, e serão vistos tanto nas roupas do dia a dia quanto nos projetos de espaços internos.

Compartilhe
Em análise Seu comentário passará por moderação.
Você avaliou essa matéria com 1 estrela
Você avaliou essa matéria com 2 estrelas
Você avaliou essa matéria com 3 estrelas
Você avaliou essa matéria com 4 estrelas
Você avaliou essa matéria com 5 estrelas
Sua avaliação

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

Luiza Vegini
Colunista
Correspondente internacional

Luiza Vegini, correspondente internacional Portobello em Florença. Arquiteta e Urbanista, mestre em design de...

Conhecer artigos



Não perca nenhuma novidade!

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das novidades de arquitetura e design no Brasil e no mundo.