26.10.2023
Avaliação 
Avalie
 
Sem votos
Avaliar
Morador André Carvalhal posa na sua área externa (Projeto: Tadu Arquitetura / Fotos: Felipe Araújo / Portobello)

Morando com leveza

calendar-blank-line
26.10.2023
Após receber o Archtrends Visita em sua casa, o colunista André Carvalhal reflete sobre o processo de reforma, estilo e sustentabilidade
minutos de leitura

Durante a pandemia, eu sonhei que, quando aquele período passasse, eu iria morar em um lugar com céu aberto, área livre, vista ampla e próximo ao mar. Não é à toa que sempre comento em minhas colunas de tendências na moradia sobre a reconexão com a natureza – mais que uma realidade, é uma necessidade.

casa andré carvalhal
A cobertura de Carvalhal conta com área externa, com vista para a natureza do Rio de Janeiro. No piso, Via Durini da Portobello (Projeto: Tadu Arquitetura / Foto: Felipe Araújo / Portobello)

Procurando pela internet, cheguei em uma cobertura na Gávea. A vista de quase 360 graus do Rio de Janeiro me conquistou de cara. Mas o apartamento não atendia ao que eu precisava em termos espaciais, então me lembro de ter desenhado uma planta a partir das fotos que vi, e depois, uma segunda planta de como eu gostaria que o apartamento ficasse. Liguei para o meu arquiteto, Thiago Tavares e pedi que fosse visitar comigo: “Se der para fazer o que preciso, eu pego”.

Dois meses depois estávamos começando a demolição. E que demolição! Era preciso trocar toda parte elétrica e hidráulica, então o apartamento foi todo abaixo, mantendo apenas a escada e uma coluna no segundo andar. 

demolição para reforma de apartamento
Registro da demolição e o apartamento atualmente. Todas as áreas internas ganharam piso Via Durini da Portobello (Projeto: Tadu Arquitetura / Fotos: cortesia André Carvalhal e Felipe Araújo / Portobello)

Eu sempre adorei me envolver nos projetos das minhas casas, desde pequeno, quando coordenei a troca do piso da sala e propus uma paginação fora do comum. Depois, trabalhando com direção criativa, sempre imaginei conceitos para meus lares. Digo que já quis me sentir em um hotel, em uma galeria de arte, em uma loja conceito…. mas desta vez eu queria me sentir em um lugar de relaxamento, algo como um SPA. Essas eram algumas das referências: 

Imagens de referência que Carvalhal colecionou para sua casa (Fotos: cortesia André Carvalhal)

Poucos móveis, apenas o necessário… Já aprendi que, quanto menos coisa eu tiver, mais fácil para cuidar (e também para mudar de lugar). A vontade de tudo branco veio logo no início, em resposta a uma vida cheia de estímulos no mundo digital – e real. Essencialismo. Minimalismo. Uma página em branco. Essas eram coisas que passavam na minha cabeça.

demolição de apartamento
Registro da demolição e o apartamento atualmente. A cozinha ganhou ilha e bancada executadas no porcelanato Bianco Di Lucca da Portobello (Projeto: Tadu Arquitetura / Fotos: cortesia André Carvalhal e Felipe Araújo / Portobello)

No lugar de quadros e objetos, muitas plantas. O projeto da paisagista Karyne Lima tinha o objetivo de harmonizar os espaços internos e externos e promover conforto térmico e sonoro. As vistas das portas e janelas, emolduradas em branco, fariam as vezes de quadro. O morro Dois Irmãos, a Pedra da Gávea, a floresta, a praia e a lagoa deveria ser os destaques da decoração. 

casa andré carvalhal
O morador André Carvalhal posa na nova sala. No andar de cima, cobertura tem direito a piscina, revestida com o mesmo Via Durini da casa toda (Projeto: Tadu Arquitetura / Fotos: Felipe Araújo / Portobello)

A escolha dos materiais foi orientada pela sustentabilidade. Porcelanatos no lugar de pedras, pois causam menos impacto ambiental. Além disso, o mesmo piso foi escolhido para toda casa, incluindo cozinha, banheiro e terraço, nas versões para área interna e externa. Desta forma, a sobra seria menor e a chance de reaproveitar, maior. Para os banheiros o mesmo material também, apenas com variação de cor, clássicos e atemporais.

banheiro preto e branco
Nos banheiros, revestimentos Liverpool da Portobello, em branco e preto, ganharam paginação vertical (Projeto: Tadu Arquitetura / Fotos: Felipe Araújo / Portobello)

Foram mais de 15 meses de reforma, mas hoje sinto que fiz as escolhas certas. É bastante desafiador lidar com obra, imprevistos e a falta de controle. Ao longo do caminho alguns ajustes foram necessários, mas o processo como um todo me trouxe muitos aprendizados. Agora é hora de relaxar. Para ver como ficou tudo, assista o vídeo com a visita do Archtrends. E confira também na revista Casa e Jardim de outubro, nas bancas. 

Compartilhe
Avaliação 
Avalie
 
Sem votos
VOLTAR
ESC PARA FECHAR
Minha avaliação desse conteúdo é
0 de 5
 

Morando com leveza...

Morando com leveza

  Sem votos
minutos de leitura
Em análise Seu comentário passará por moderação.
Você avaliou essa matéria com 1 estrela
Você avaliou essa matéria com 2 estrelas
Você avaliou essa matéria com 3 estrelas
Você avaliou essa matéria com 4 estrelas
Você avaliou essa matéria com 5 estrelas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Não perca nenhuma novidade!

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das novidades de arquitetura e design no Brasil e no mundo.

    O Archtrends Portobello é a mais importante fonte de referências e tendências em arquitetura e design com foco em revestimentos.

    ® 2023- Archtrends Portobello

    Conheça a Política de Privacidade

    Entenda os Termos de Uso

    Veja as Preferências de Cookies