06.07.2022
Avaliação
()
06.07.2022
Memphis Design
Entrada da exposição da Triennale de Milão (Foto: Bárbara Cassou)
0

Memphis de novo

Lançada durante o Salão do Móvel de 1981, a estética do Memphis Design volta a ser tendência atualmente. Confira a exposição deste movimento na Triennale de Milão
minutos de leitura

Semana de design de Milão, 19 de setembro de 1981: mais de duas mil pessoas bloquearam a rua Corso Europa para conferir a primeira coleção do Memphis Design. 

Sofás, cadeiras, estantes, gabinetes, pequenas e grandes mesas, camas, luminárias e cerâmicas incorporaram novas formas, que mesclavam elegância com o kitsch e linhas assimétricas inesperadas. 

Memphis foi um movimento de design nos anos 80, uma reação contra tudo o que se dizia ser “de bom gosto” dos anos 50 e 60, e contra o minimalismo dos anos 70. Assim surgiu o Memphis Group, fundado por Ettore Sottsass e outros designers. 

objetos coloridos em ambiente azul escuro
Os objetos coloridos e inusitados ganham destaque no corredor da exposição em contraste com o ambiente sóbrio azul escuro (Foto: Bárbara Cassou)

O movimento do grupo Memphis foi uma reivindicação contra o funcionalismo e o minimalismo que vinha sendo criado até então, no qual as peças eram meramente funcionais, sem cor, sem diversão. 

Era um movimento radical, divertido e chocante para a época. Formas geométricas da Art Déco, com a paleta colorida da Pop Art e a estética Kitsch inspiraram seu conceito. Mas, acima de tudo, era uma manifestação pelo desejo de mudança e renovação da linguagem do design.  

Memphis rapidamente ganhou prestígio e audiência em vários países. Apenas três meses depois do lançamento, já estava em mais de quatrocentas publicações pelo mundo. Embora seu estilo chamasse a atenção, foi rejeitado comercialmente, mas atraiu seguidores cult. O designer de moda Karl Lagerfeld, por exemplo, era fã e comprou toda a primeira coleção do grupo. Já o cantor David Bowie havia colecionado mais de 400 peças desde os anos 80, que foram leiloadas em 2016. 

O primeiro móvel da Memphis presente na exposição é a estante de livros, um dos mais famosos do movimento (Foto: Bárbara Cassou)

Fazendo uma retrospectiva de toda a história da Memphis e suas peças de design, acontece na Triennale de Milão uma exposição sobre este grande movimento. 

A Triennale é um museu de design e arte localizado no Palazzo dell’Arte, no Parque Sempione, em Milão, construído entre 1931 e 1933. Abriga exposições e eventos importantes relacionados ao design italiano contemporâneo, além de urbanismo, arquitetura, música e arte. Um ponto turístico de importância internacional na capital milanesa. 

A exposição da Memphis é marcada por um grande corredor curvo azul que abriga vários dos móveis do grupo. As formas e cores vivas dos objetos criam destaque no centro da exposição, contrastando com o ambiente sóbrio azul escuro. 

design da Memphis
A espetacularidade e diversão do design da Memphis (Foto: Bárbara Cassou)

Decoração, cores e combinações de diferentes materiais criam um envolvimento emocional no design Memphis. Cada móvel e objeto reflete o objetivo de experimentar novas combinações. Isso pode ser observado na justaposição de diferentes metais com variedades de madeiras e outros materiais como mármore, pedras, pintura laqueada, vidro e tecidos. 

Tendências são cíclicas. Até mesmo as mais extravagantes e inusitadas encontram um jeito de voltar à moda. O Memphis Design foi lançado no Salão do Móvel de 1981. E, durante a feira de 2022, pudemos observar que detalhes e elementos que faziam parte do movimento voltaram com tudo. Por exemplo, os granilite coloridos, formas inusitadas, mistura de materiais diferentes e cores marcantes.  

Memphis Design é um exemplo de como um movimento, que a princípio parecia ridículo, ganhou a cena e hoje volta em grande estilo entre influenciadores, designers e arquitetos. 

Compartilhe
Em análise Seu comentário passará por moderação.
Você avaliou essa matéria com 1 estrela
Você avaliou essa matéria com 2 estrelas
Você avaliou essa matéria com 3 estrelas
Você avaliou essa matéria com 4 estrelas
Você avaliou essa matéria com 5 estrelas
Sua avaliação

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

Bárbara Cassou
Colunista
Correspondente internacional

Bárbara Cassou, correspondente internacional Portobello em Barcelona Arquiteta e designer, mestre em Retail Design...

Conhecer artigos



Não perca nenhuma novidade!

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das novidades de arquitetura e design no Brasil e no mundo.

    O Archtrends Portobello é a mais importante fonte de referências e tendências em arquitetura e design com foco em revestimentos.

    ® 2022- Archtrends Portobello

    Conheça a Política de Privacidade

    Entenda os Termos de Uso

    Veja as Preferências de Cookies