22.11.2022
Avaliação
()
Ministerie van Maak
Instalação do Ministerie van Maak na Bienal de Arquitetura de Roterdã (Foto: Begoña Garcia)
0

Transformações urgentes na Bienal de Arquitetura de Roterdã

minutos de leitura
A décima edição da Bienal de Arquitetura de Roterdã, na Holanda, apresentou exposições, palestras e atividades reforçando o tema das mudanças climáticas e o papel da arquitetura para as futuras gerações
minutos de leitura

Roterdã é uma cidade em plenos transformação e crescimento urbano, berço de escritórios de arquitetura holandeses estrelados internacionalmente, como o OMA e o MVRDV. Portanto, a Bienal de Arquitetura de Roterdã é uma das mais importantes do mundo e visa, através de exposições e palestras, questionar como podemos projetar cidades, casas e lugares melhores no futuro. 

A 10ª edição da Bienal de Arquitetura de Roterdã fez um grande balanço sobre a questão das mudanças climáticas e o papel da arquitetura para as futuras gerações. A exposição reúne pesquisas históricas, exemplos práticos inspiradores e cenários futuros, pensando até 2072. Esta visão geral pinta um quadro que é ao mesmo tempo preocupante e esperançoso. 

Foram apresentados trabalhos de arquitetos, urbanistas, artistas, acadêmicos e paisagistas, que documentam e mapeiam as causas e consequências das mudanças climáticas. Suas observações criam uma paisagem contemporânea que reflete os efeitos da mudança climática e exigem uma resposta aos problemas decorrentes.

O evento ocorreu de 22 de setembro a 13 de novembro de 2022, nos portos da cidade de Roterdã. A maior exposição, chamada It's about time, (traduzida para o português como ‘já era hora’), foi apresentada no Ferro, um imponente antigo contêiner de gás natural.

Instalação do Ministerie van Maak na Bienal de Arquitetura de Roterdã
Instalação do Ministerie van Maak na Bienal de Arquitetura de Roterdã (Foto: Begoña Garcia)

A exposição foi organizada pelo Ministerie van Maak, parcialmente incentivada pelo governo holandês, que convocou 100 designers e especialistas para usar seus conhecimentos e sua imaginação para apresentar novos projetos para o país. Ao fazer isso, o Ministerie van Maak tem como objetivo contribuir para a transformação radical da Holanda e oferecer soluções concretas para a falta de moradia, a transição energética e as consequências da mudança climática. Além disso, incentiva a reflexão sobre a forma como as estruturas governamentais existentes lidam com todas essas questões.

maquetes apresentadas na  Bienal de Arquitetura de Roterdã
Propostas de maquetes apresentadas na  Bienal de Arquitetura de Roterdã (Foto: Begoña Garcia)

Para a Bienal de Arquitetura de Roterdã, o Ministerie van Maak apresentou maquetes que foram desenvolvidas por diversos escritórios de arquitetura do país, com ideias de como inserir 1 milhão de habitações no país. 

Os escritórios escolhidos receberam um kit com materiais necessários para desenvolverem uma maquete de uma determinada região da Holanda. Foi como se cada escritório de arquitetura tivesse a oportunidade de "brincar" de planejamento urbano em uma zona específica do país, contribuindo com análises e propostas de soluções para o adensamento no futuro. 

maquetes apresentadas na Bienal de Arquitetura de Roterdã
Detalhes das maquetes apresentadas na Bienal de Arquitetura de Roterdã (Foto: Begoña Garcia)
maquetes na Bienal de Arquitetura de Roterdã
Diversas ideias apresentadas através das maquetes na Bienal de Arquitetura de Roterdã (Foto: Begoña Garcia)

Na Holanda, se valoriza muito a colaboração coletiva entre os escritórios de arquitetura e as iniciativas de governo. Eventos como esse trazem à tona muitos temas relevantes a serem considerados pelos órgãos públicos e de planejamento urbano das cidades. 

Compartilhe
Em análise Seu comentário passará por moderação.
Você avaliou essa matéria com 1 estrela
Você avaliou essa matéria com 2 estrelas
Você avaliou essa matéria com 3 estrelas
Você avaliou essa matéria com 4 estrelas
Você avaliou essa matéria com 5 estrelas
Sua avaliação

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

Ana Luiza Camargo
Colunista
Correspondente internacional

Correspondente internacional Archtrends Portobello em Roterdã, na Holanda. Arquiteta e Urbanista, mestre em arquitetura...

Conhecer artigos



Não perca nenhuma novidade!

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das novidades de arquitetura e design no Brasil e no mundo.

    O Archtrends Portobello é a mais importante fonte de referências e tendências em arquitetura e design com foco em revestimentos.

    ® 2022- Archtrends Portobello

    Conheça a Política de Privacidade

    Entenda os Termos de Uso

    Veja as Preferências de Cookies