26.01.2022
Avaliação
0
(0)
0

Arquitetura flutuante e sustentável vira tendência em Roterdã

Conheça mais um exemplo de arquitetura flutuante que acaba de ser construído na cidade de Roterdã: Floating Office Rotterdam.
minutos de leitura

Arquitetura flutuante é a nova tendência nos Países Baixos. Após conhecermos a curiosa fazenda flutuante, fomos conferir de perto o 'Floating Office Rotterdam (FOR)', uma plataforma flutuante projetada para abrigar escritórios e, também, restaurante e bar. 

Projetado pelo escritório holandês Powerhouse Company, o edifício está ancorado no porto de Rijnhaven, na cidade de Roterdã, e visa uma arquitetura sustentável e neutra em carbono.

Esse projeto é apenas o início de uma transformação urbana prevista para a área pela prefeitura de Roterdã. 

Até o ano de 2027 a área portuária de Rijnhaven receberá grandes investimentos que tornarão essa região mais densa e mais verticalizada, porém com a ambição de ser o mais sustentável possível. 

O grande plano urbanístico prevê um parque flutuante, que se conectará à plataforma dos escritórios flutuantes. 

arquitetura flutuante sustentável Roterdã
Escritórios flutuantes, vista lateral (Foto: Ana Luiza Camargo)

A finalização da construção desse edifício representa o início dessa transformação urbana tão importante para a cidade de Roterdã, tanto que sua inauguração em setembro de 2021 foi realizada pelo rei Willem-Alexander. Os escritórios flutuantes receberam o certificado BREEAM, tornando-se um dos escritórios mais sustentáveis do mundo.

Segundo os arquitetos, esse projeto possui um design resiliente ao clima, se o nível do mar subir devido às mudanças climáticas, o edifício flutuará ao invés de inundar. 

O projeto possui toda sua estrutura em madeira certificada, que pode ser facilmente desmontada e reutilizada, condizente com a economia circular. 

Além disso, foram instalados mais de 870 metros quadrados de painéis solares na cobertura e um sistema de troca de calor à base d'água do próprio rio. 

Aliás, todas as instalações técnicas (eletricidade, calefação, resfriamento, esgoto) foram projetadas para garantir que o edifício seja autossuficiente e neutro em carbono.

vista da arquitetura flutuante sustentável Roterdã
Vista lateral da arquitetura flutuante: acesso de entrada e pequeno jardim (Foto: Ana Luiza Camargo)

O edifício é composto de três andares (térreo, primeiro e segundo andar), que são acessados por uma ponte.

No andar térreo, está localizado um restaurante que possui uma área externa (uma grande esplanada) com vista para o rio Maas. 

Do outro lado do restaurante encontra-se uma grande área pública aberta com mesas de madeira, que podem ser utilizadas para piquenique, degraus que dão acesso ao rio e um quadrado que retém a água do rio, criando uma grande piscina que poderá ser utilizada no verão.

arquitetura flutuante de restaurante sustentável Roterdã
Entrada do restaurante no andar térreo (Foto: Ana Luiza Camargo)
flutuante sustentável Roterdã
Área externa com degraus que dão acesso ao rio e piscina que pode ser usada no verão (Foto: Ana Luiza Camargo)
flutuante sustentável Roterdã
Rinoceronte vermelho, instalação de arte no espaço externo dos escritórios flutuantes (Foto: Ana Luiza Camargo)

O escritório de arquitetura responsável por esse projeto, o Power House Company, está agora localizado neste edifício, bem como a ong Global Center on Adaptation (Centro Global de Adaptação), que visa promover planejamento, investimento e tecnologia para mitigar as mudanças climáticas.

flutuante sustentável Roterdã
Arquitetura flutuante de um escritório em Roterdã (Foto: Ana Luiza Camargo)

Esse projeto simboliza o início de uma grande transformação, marcando o início da expansão do centro da cidade para a região sul e desempenhando um importante papel na reativação da paisagem urbana. 

Como já havíamos comentado, Roterdã é uma cidade que está em constante transformação. O grande desafio dessa expansão urbana planejada pela prefeitura da cidade será de ressignificar uma área portuária em uma zona saudável e verde, própria para residências, comércio e atividades urbanas ao ar livre. 

Aos poucos, vamos acompanhando os novos projetos e empreendimentos que vão sendo construídos por aqui e compartilharemos com os nossos leitores! 

LEIA TAMBÉM: BlueCity: uma transformação sustentável

Compartilhe
Em análise Seu comentário passará por moderação.
Você avaliou essa matéria com 1 estrela
Você avaliou essa matéria com 2 estrelas
Você avaliou essa matéria com 3 estrelas
Você avaliou essa matéria com 4 estrelas
Você avaliou essa matéria com 5 estrelas
Sua avaliação

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

Ana Luiza Camargo
Colunista
Correspondente internacional

Correspondente internacional Archtrends Portobello em Roterdã, na Holanda. Arquiteta e Urbanista, mestre em arquitetura...

Conhecer artigos



Não perca nenhuma novidade!

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das novidades de arquitetura e design no Brasil e no mundo.