01.03.2024
Avaliação 
Avalie
 
Sem votos
Avaliar
A Cabana Memórias é um dos projetos que contam histórias vencedores do concurso de arquitetura (Projeto: Arthur Holz)

Projetos que contam histórias

 minutos de leitura
calendar-blank-line
01.03.2024
Conheça as histórias dos 10 projetos vencedores do quarto concurso de arquitetura do Archtrends. Os autores participarão de uma experiência exclusiva no estande da Portobello na Revestir 2024
minutos de leitura

No Archtrends, sempre acreditamos que projetos contam histórias. Ainda assim, a quarta edição do nosso concurso de arquitetura nos surpreendeu com projetos extremamente criativos e histórias encantadoras. 

O time de jurados, composto por Lufe Gomes, fotógrafo de arquitetura, criador de conteúdo e colunista do Archtrends; Lilian Santos, designer de interiores, especialista em revestimentos e colunista do Archtrends; e Maria Silvia Ferraz, jornalista de arquitetura e editora do Archtrends, teve a missão de avaliar projetos de altíssimo nível de qualidade e criatividade, como pedia o regulamento, e escolher apenas 10 vencedores.

Foram mais de 150 projetos inscritos válidos. Muitos deles trazem histórias emocionantes, cativantes, lúdicas ou reais. Outros, soluções de arquitetura e design de interiores inteligentes e inventivas, inclusive na aplicação dos revestimentos Portobello. Por fim, alguns nos impressionaram pela estética arrebatadora. 

Os 10 projetos vencedores, que mostramos a seguir, combinam essas três virtudes. Conheça!

Cabana Memórias, por Arthur Holz

cabana com porcelanato
Os interiores integrados da Cabana Memórias. Destaque para a cozinha com revestimento Pi Verde e bancadas em Lastras Gray Marble (Projeto: Arthur Holz)

O estudante de arquitetura Arthur Holz, de Gramado, RS, arrebatou os jurados com seu projeto de arquitetura e interiores de uma cabana na natureza. Ele ainda trabalhou bem vários revestimentos Portobello, incluindo o recém-lançado Pi, em tom de verde que é tendência, e as Lastras de Gray Marble nas bancadas.

Conheça a história por trás do projeto

Um menino adorava passar as férias na cabana da família, no meio da floresta. Pela manhã, brincava com borboletas e ouvia os pássaros cantarem. À noite, a família se reunia em volta da fogueira, contando histórias sob as estrelas. Conforme ele cresce, sonha em preservar aquele sentimento de conexão com a natureza, mas também anseia por um espaço que reflita sua personalidade. Com isso, decide dar vida ao projeto de uma cabana contemporânea, um refúgio que honre o passado, mas abrace o presente. 

>>> Veja mais imagens

Quarto arco-íris, por LED Arquitetura

quarto de bebÊ COM REVESTIMENTO colorido
Um quarto de bebê com uma grande e emocionante história (Projeto: LED Arquitetura)

O escritório LED Arquitetura, de Campos dos Goytacazes, RJ, emocionou os jurados ao criar um quarto para um bebê arco-íris, como são chamados os bebês que nascem após a mãe passar pelo processo de perda numa gravidez anterior. O arco-íris depois da tempestade, que no projeto foi representado pelo painel colorido com Terralma da Portobello.

Conheça a história por trás do projeto

Uma celebração ao florescer da vida! Antes do final feliz, toda história passa por um conflito. E na história dessa mãe não foi diferente. A alegria, o medo e a ansiedade são alguns dos sentimentos que surgem com a descoberta de uma gravidez. Esses sentimentos convergem para o surgimento de um amor imensurável entre a mãe e seu feto, seu novo filho a caminho. Tudo isso ao longo dos nove meses de formação do feto na barriga da mamãe. Porém, algo que não se imagina é que a espera dos nove meses poderia ser interrompida de forma tão abrupta e repentina. Complicações na gestação levaram essa mamãe a um cenário inimaginável e indescritivelmente triste: a morte do feto. Não existem palavras capazes de descrever a dor desse momento. 

Poucos anos se passaram até um déjà vu de sensações: uma nova gravidez. Um novo bebê. Uma nova esperança. Todos aqueles sentimentos de antes retornam, mas agora com mais apreensão, com mais atenção, com mais cuidado. A gestação pode não ter sido das mais fáceis, mas dessa vez a mãe pode viver os nove meses do desenvolvimento do seu bebê e testemunhar o nascer da sua maior preciosidade: seu bebê arco-íris. Bebê arco-íris é o nome dado ao bebê que nasce após a mãe passar pelo processo de perda de um outro bebê numa gravidez anterior. O arco-íris depois da tempestade. Abrigar esse bebê, tão amado e tão esperado por essa mãe, foi uma tarefa especial. E assim que surge o projeto do Quarto arco-íris. Queríamos que esse quarto refletisse toda alegria e emoção que fizeram parte desse nascimento. 

>>> Veja mais imagens

Sy Roga, por Gessica Villar

A estudante de arquitetura Gessica Villar, de Florianópolis, SC, encantou os jurados com a beleza da simplicidade. Ela criou uma casa para sua bisavó, com inspiração indígena. O piso é o recém-lançado Salt Lake Summer da Portobello, um pequeno formato destonalizado.

Conheça a história por trás do projeto

Sy roga em tupi guarani significa “a casa da mãe”. A casa traz as memórias de uma neta dos momentos compartilhados com a sua bisavó, representados por três ambientes que ecoam as memórias afetivas da sy guasu, ou "grande mãe" da família. Os materiais desgastados e envelhecidos são testemunhas silenciosas da história entrelaçada com a da bisavó, as histórias que se desdobraram através de gestos, olhares e silêncios, que eloquentemente transcendem as palavras. Este projeto é um portal para as lembranças carinhosas de tempos passados, onde cada canto e detalhe manifesta a presença da bisavó e deixam entre suspiros um rohechaga'u che sy guasu: "estou com saudades, minha grande mãe".

>>> Veja mais imagens

Quarto Betina, por Mariana Furlan

Varanda toda revestida em Rio Ipanema e quadro e mobiliário em Rio Arpoador, azulejos Athos Bulcão (Projeto: Mariana Furlan
Varanda toda revestida em Rio Ipanema e quadro e mobiliário em Rio Arpoador, azulejos Athos Bulcão (Projeto: Mariana Furlan)

A designer Mariana Furlan, de São Carlos, SP, impressionou os jurados pelo uso criativo dos azulejos da linha Athos Bulcão da Portobello. Ela envelopou toda a varanda, inclusive o teto, do quarto de uma estudante alemã. As cores remetem à bandeira do país de origem, sem cair no óbvio.

Conheça a história por trás do projeto

A jovem Betina, de nacionalidade alemã, veio para o Brasil concluir seus estudos em artes visuais. Betina é cheia de personalidade, e super antenada em tendências de design e arte. O protagonista do projeto de seu quarto foi o revestimento da linha Athos Bulcão, nas cores vermelha e amarela, remetendo às cores da bandeira da Alemanha, formando uma espécie de moldura da janela. Já a cor preta, também da bandeira alemã, ficou por conta do painel da tv, revestido com Liverpool, paginado de maneira tradicional. Plantas também foram colocadas, para remeter a biodiversidade do Brasil e nossas florestas. Uma verdadeira fusão de nacionalidades!

>>> Veja mais imagens

Living integrado Memórias, por Anderson Nogueira

Bancada Ato é o grande destaque do living integrado (Projeto: Anderson Nogueira)

Vencedor de todas as quatro edições do concurso de arquitetura do Archtrends, Anderson Nogueira, de Feira de Santana, BA, demonstra nesse novo projeto sua evolução de estudante para agora arquiteto, com um projeto maduro, fazendo um excelente uso da bancada Ato, cocriação entre Alex Atala e Portobello.

Conheça a história por trás do projeto

A nossa casa é o nosso reflexo, de vivências e histórias. As histórias possuem uma particularidade no individual, mas podem também ser histórias compartilhadas. Através da casa, podemos eternizar histórias de afeto transformando ambientes com mais significado, essência e personalidade. Nesse living integrado usei o método de psicoarquitetura, que é uma metodologia baseada na psicologia em que tento compreender a necessidade e essência do cliente mesmo que ele não consiga explicar tão claramente o que quer, assim obtenho a identificação do morador com o lar, o que aumenta a qualidade de vida deles. 

>>> Veja mais imagens

Refúgio Terr(alma), por Wallysson Moura

A casa de praia conta com fachada em Lastras Folk Ice
A casa de praia conta com fachada em Lastras Folk Ice (Projeto: Wallysson Moura)

O estudante de arquitetura Wallysson Moura, de Esperança, PB, impressionou com a arquitetura de sua casa de praia. Nos interiores, o revestimento Terralma Noronha, da Portobello, traz textura e leveza para a parede curva do living.

Conheça a história por trás do projeto

O Refúgio Terr(alma) conta a história da menina baiana do Juazeiro, que comemora em 2024 seus 30 anos de carreira, que ultrapassa o sertão, da paisagem árida, da serpente encantada, da fé e te leva para sentir as texturas da diversidade do natural brasileiro, que arde no calor sertanejo, flutuando sobre o rio até encontrar água abundante, ao chegar no litoral, da mata atlântica, do candomblé, do mar, do axé. O paisagismo propositalmente se inicia no sertão baiano e percorre até a mata atlântica do litoral baiano.

>>> Veja mais imagens

O cenário das nossas vidas, por Maria Paula Moraes

A arquiteta Maria Paula Moraes, de Sorocaba, SP, encantou com seu projeto singelo, mostrando uma linda cozinha de vida real. Realmente, o cenário das nossas vidas. A paleta de cores é surpreendente, com parede e teto mostarda, backsplash e ilha em pastilha Bonbon Rosa Antico e piso avermelhado em Terralma Jalapão.

Conheça a história por trás do projeto

“Em uma bela manhã, enquanto os pássaros cantam no jardim, raios de sol atravessam os vidros de uma bela janela azul e iluminam a cozinha repleta de cores e flores. Uma mesa abriga louças de família e aguarda a chegada de seus moradores para uma farta refeição. É possível sentir o cheiro de pão e bolo recém assados.” Este poderia ser o cenário de um livro de romance, mas pode ser também o cenário do nosso cotidiano, romantizando e curtindo valiosos momentos em um lugar que inspire, ofereça alegria e aconchego, e que se conecte com a nossa personalidade.

>>> Veja mais imagens

Cidade histórica, casa com história, por L-ARA Arquitetura

O cobogó On Fire da Portobello compõe a fachada dessa casa e cria uma linda atmosfera sombreada nos interiores (Projeto: L-ARA Arquitetura)

O escritório L-ARA Arquitetura, de Tiradentes, MG, criou uma casa para a cidade histórica. Num primeiro momento, ela encanta pela arquitetura da fachada. E a sensação permanece ao vermos os interiores, onde os cobogós criam uma linda atmosfera de luz e sombra. Um bom exemplo de arquitetura contemporânea, que respeita o passado.

Conheça a história por trás do projeto

A casa em Tiradentes explora a presença da luz para a descoberta da forma e humaniza a paisagem enquanto espaço para o momento de um novo lugar, com o intuito de contar uma história que seja capaz de produzir sinergias entre passado, presente e futuro. O saber local, cimento queimado e reboco de colher, dialoga com revestimentos contemporâneos. A edificação foi projetada para um casal fogo e gasolina: empolgados, intensos, vibrantes, dramáticos e um pouquinho megalômanos. 

As vontades do casal vieram com a potência de um manifesto, que evidenciamos um pouco aqui. “No meu caso, foi amor à primeira vista. Não fiz nenhuma crítica ao pastiche colonial. Não me preocupei com coisa alguma. Apenas achei lindo. Penso que meu encantamento foi com a luz, com o branco das casas e suas portas e janelas coloridas.” “Rusticidade e saber local são super bem-vindos, mas podemos inovar para construir uma casa compacta, flexível conforme suas funções, termicamente agradável tanto no verão quanto no inverno, protegida da umidade, bem iluminada e ventilada, com vistas para os fenômenos da natureza (aqueles que acalmam).” “Podemos inovar para construir uma casa linda, pintosa e misteriosa ao mesmo tempo!” “É um lugar de encontros afetivos, etílicos, gastronômicos e culturais, é um espaço de expressão da nossa identidade, é nosso local de trabalho... mas é também o lugar que nos abriga quando precisamos descansar...”

>>> Veja mais imagens

Casa Inácia, por Christian Diniz

O arquiteto projetou para sua avó uma casa com vários chalés, para reunir toda a família
O arquiteto projetou para sua avó uma casa com vários chalés, para reunir toda a família (Projeto: Christian Diniz)

O arquiteto Christian Diniz, de Imperatriz, MA, agradou os jurados com o estilo da casa que projetou para uma mulher nordestina, de história inspiradora, sua avó. As redes nas varandas inferiores são um convite para o relaxamento e transbordam brasilidade. A história é um relato emocionante da vida familiar do arquiteto.

Conheça a história por trás do projeto

Esse projeto traz em questão o amor, a união e a cumplicidade da família Severo Diniz. A matriarca do interior da Paraíba, Inácia Severo Diniz, veio com seus filhos e marido para tentar ganhar a vida no interior do Maranhão, trazendo suas raízes, seus 10 filhos, sua força e sua coragem. Uma história típica da mulher nordestina - e essa em especial, traz uma devoção sem tamanho. Inácia começou construir sua vida em Imperatriz, cidade onde hoje reside, perdeu dois filhos e seu marido logo depois, ficando somente ela e seus oito filhos. Ela deu sua vida por eles, os criou dando tudo que estava ao seu alcance. 

Com seus filhos já adultos, foi dedicar sua vida ao convento e em seguida se tornou irmã franciscana, onde começou viajar pelo Brasil, cuidando dos mais necessitados, levando amor, carinho e sua palavra de esperança. Hoje, devido a idade, não viaja mais pelo país, mas aqui na cidade, por onde passa, ela carrega seu sorriso, seus conselhos e seus puxões de orelha. Essa casa que lembra um chalé, com vários quartos, foi pensada não só na estética que lembra o interior da sua cidade natal, mas para sempre unir a família nos dias de lazer, proporcionando momentos alegres e relembrando histórias daquela mulher. 

A mulher em questão é minha avó, a resposável por me dar força e sempre acreditar que eu iria me tornar um profissional que lhe desse orgulho. Como já dizia o cordel do poeta Orlando Santos: "Sabendo que a mulher forte derruba qualquer barreira, enfrentas as duras batalhas, erguindo bem sua cabeça e não gosta de ouvir besteira". Esse projeto dedico não só a ela, mas a toda minha família, que sempre foram minha base e são pessoas que eu amo estar perto, porque me fazem lembrar quem eu sou e da minha essência.

>>> Veja mais imagens

Espaço das Memórias, por Ana Carolina Vicari

Detalhe para o tradicional filtro de barro na bancada de granito verde
Detalhe para o tradicional filtro de barro na bancada de granito verde (Projeto: Ana Carolina Vicari)

A arquiteta Ana Carolina Vicari, de Ribeirão Preto, SP, mostrou como o minimalismo contemporâneo pode dialogar com memórias afetivas nesse lindo projeto de interiores. O piso do apartamento é o Salt Lake Springs, pequeno formato destonalizado recém-lançado pela Portobello. A divisória entre cozinha e sala foi feita com o cobogó On Fire Terracotta.

Conheça a história por trás do projeto

O Espaço das Memórias busca evocar um sentimento: a nostalgia. Através da junção de obras clássicas e contemporâneas de diversos artistas e designers brasileiros, esse ambiente nos transporta para um passado vivo nas lembranças de muitos de nós. Elementos como o cobogó e o piso remetem, através de seus tons terrosos/arenosos, uma época em que a cerâmica era facilmente encontrada nas casas brasileiras. Além disso, revestimentos em tamanhos menores e mobiliários em alvenaria foram ressignificados no projeto. A história contada por este ambiente é muito mais que uma história individual, mas um pedaço da narrativa de todas as casas brasileiras que se perderam no tempo, ou que, de certa forma, resistem até hoje.

>>> Veja mais imagens

Compartilhe
Avaliação 
Avalie
 
Sem votos
VOLTAR
ESC PARA FECHAR
Minha avaliação desse conteúdo é
0 de 5
 

Projetos que contam histórias...

Projetos que contam histórias

  Sem votos
minutos de leitura
Em análise Seu comentário passará por moderação.
Você avaliou essa matéria com 1 estrela
Você avaliou essa matéria com 2 estrelas
Você avaliou essa matéria com 3 estrelas
Você avaliou essa matéria com 4 estrelas
Você avaliou essa matéria com 5 estrelas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Maria Silvia Ferraz
Colunista
Editora

Editora do Archtrends, colabora com a Portobello desde 2014. É jornalista pela Faculdade Cásper...

Conhecer artigos



Não perca nenhuma novidade!

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das novidades de arquitetura e design no Brasil e no mundo.

    O Archtrends Portobello é a mais importante fonte de referências e tendências em arquitetura e design com foco em revestimentos.

    ® 2024- Archtrends Portobello

    Conheça a Política de Privacidade

    Entenda os Termos de Uso

    Veja as Preferências de Cookies