10.03.2022
Avaliação
0
(0)
estande sustentável da portobello
Estande foi dividido em dois espaços com mezaninos, separados por uma rua dedicada exclusivamente às lastras Portobello
0

Construir um futuro mais sustentável, juntos, é o que sonhamos

minutos de leitura
No segundo dia da Expo Revestir, diretamente do estande mais sustentável da história da Portobello, o jornalista e apresentador Pedro Andrade bateu um papo com os representantes do Comitê de Sustentabilidade da empresa sobre Cultura e ESG; veja os destaques.
minutos de leitura

Para a Portobello, sustentabilidade significa: ter consciência de suas ações e dos impactos de suas escolhas, entender a responsabilidade de ser parte integrante da sociedade e do ecossistema e ajudar a construir um futuro onde evoluímos juntos. Desta forma, o termo global ESG (environmental, social and governance) passou a fazer parte do dia a dia da empresa nos últimos anos. Por essa frente indispensável à sua evolução socioambiental, o segundo dia da Dream Week na Revestir transmitiu uma live especial com os representantes do Comitê de Sustentabilidade da Portobello, conduzida por Pedro Andrade, embaixador da marca.

O Presidente do Comitê, que também é Presidente do Conselho de Administração da Portobello, Cesar Gomes Junior, comentou sobre a jornada da empresa em relação ao conceito ESG: "é uma jornada desafiadora, embora a sustentabilidade sempre esteve no nosso dna (ASAP - as sustainable as possible, as soon as possible). Agora, com a ESG, damos passos mais consistentes, mais estruturados, com o envolvimento de toda a nossa equipe", afirmou.

Pedro Andrade apresenta live com os representantes do Comitê de Sustentabilidade da Portobello na Revestir 2022

A jornada ESG na Portobello começou através da criação do Comitê de Sustentabilidade, em 2020, e com uma revisão detalhada do seu statement - a essência que orienta suas decisões estratégicas sobre o tema. Em 2021, a empresa aderiu ao pacto global da ONU, promoveu a 1° Semana de Sustentabilidade Portobello e definiu seu planejamento estratégico pautado nos 7 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). 

Sobre os focos estratégicos ligados à sustentabilidade, Scheila Orlandi, coordenadora de Sustentabilidade da Portobello, explicou ao Pedro Andrade que as ações da empresa estão cada vez mais sustentáveis para chegar aos quatro pilares alinhados ao ESG: + ecoeficiência, +engajamento, +diversidade, +gente. "Hoje, a sustentabilidade não é um tema apenas de um setor da Portobello, hoje o assunto faz parte do dia a dia de todas as áreas da empresa", disse. Cesar Gomes Junior completou: 

"O surpreendente é que às vezes as pessoas pensam que é um assunto pesado ou que agrega custos. Eu quero dizer que é um tema extremamente prazeroso, é muito mais fácil do que muitos imaginam, porque é um tema que engrandece a todos, o engajamento é natural, é fácil de defender. Então o desafio da sustentabilidade é apenas estabelecer prioridades para os passos que nós vamos dar".

Cláudio Ávila da Silva, Vice-Presidente do Comitê de Sustentabilidade, contou como funciona o conceito 'cerâmica sustentável'. "Os revestimentos cerâmicos substituem os recursos naturais não renováveis, como o granito, o mármore e a madeira. Tivemos essa consciência da sustentabilidade muito cedo. Temos um produto da natureza em nossa composição, a argila. E nós tratamos isso com a recuperação das áreas de extração da matéria-prima e de toda a cadeia de produção dos produtos. Consideramos que a cerâmica não está concluída na entrega ao consumidor. Mas também quando a fonte de insumo está 100% recuperada", enfatizou Ávila.

Miriam Vieira de Andrade, acionista e integrante do Comitê de Sustentabilidade, também mostrou a importância das lastras Portobello, que também são cerâmicas, como uma alternativa ainda mais sustentável que as cerâmicas em formato tradicional. "O ESG também se baseia na inovação e as lastras cerâmicas se apropriaram dos avanços tecnológicos. Elas são mais sustentáveis já que há maior eficiência no uso da energia, otimização no uso da matéria-prima e menor impacto na logística", ressaltou.

"Não falamos apenas de produto sustentável, a concepção do projeto hoje já nasce dentro de uma visão sustentável. Então, felizmente, nós somos ajudados pelos profissionais de arquitetura que viabilizam a realização de sonhos. Afinal, o consumidor não quer só um projeto bonito e funcional. Hoje ele quer soluções sustentáveis", destacou Cesar Gomes Junior.

Estande sustentável

Do revestimento usado no piso, passando pelos expositores até o sistema de iluminação, grande parte será reaproveitada em novas unidades da rede Portobello Shop. Já a madeira aplicada no forro e nas escadas do estande será destinada para reformas na fábrica da Portobello, em Tijucas. Toda a madeira natural e o MDF são originários de áreas de reflorestamento, com certificação ambiental (Foto: Panoptica.midia)
Integrante do Comitê de Sustentabilidade, Gabriela Gomes, conversou com os arquitetos responsáveis pelo projeto Giovani Bonetti e Marcelo Rosenbaum, que cocriaram o estande junto à equipe de Trading e Branding da Portobello

O estande da Portobello, com cerca de 1000m2, é o mais sustentável de todos em sua participação na Expo Revestir. E, claro, também foi assunto neste segundo dia de live. A acionista e integrante do Comitê de Sustentabilidade, Gabriela Gomes, entrevistou durante a feira os arquitetos responsáveis pelo projeto Giovani Bonetti e Marcelo Rosenbaum, que cocriaram o estande junto à equipe da Portobello. Ao todo, cerca de 60 pessoas participaram do processo de construção do espaço.

" A sustentabilidade norteou a base do nosso trabalho, seja na concepção e execução do projeto e no desdobramento do reuso da maior parte do material utilizado para construir o estande. Tudo fluiu com sinergia entre minha equipe, a da Portobello e o arquiteto Marcelo Rosenbaum", destacou Bonetti. Para Rosenbaum, a sustentabilidade também contemplou permitir criar uma execução mais rápida, com arquitetura modular, que gerou um bem-estar para as pessoas envolvidas na montagem do estande. "Pensar nos próximos também é sustentabilidade", frisou.

Quer saber mais detalhes do estande mais sustentável da história da Portobello e a continuação do bate-papo entre Pedro Andrade e a equipe do Comitê de Sustentabilidade? Assista à live completa!

Que tal também conferir como foi nossa cobertura no primeiro dia da feira com o lançamento da coleção UNLTD.Dreams? Leia a coluna O futuro que sonhamos na Revestir 2022

Acompanhe nossa cobertura em tempo real nos perfis @archtrends e @portobello do Instagram.

Compartilhe
Em análise Seu comentário passará por moderação.
Você avaliou essa matéria com 1 estrela
Você avaliou essa matéria com 2 estrelas
Você avaliou essa matéria com 3 estrelas
Você avaliou essa matéria com 4 estrelas
Você avaliou essa matéria com 5 estrelas
Sua avaliação

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

Archtrends Portobello
Colunista

O Archtrends Portobello é a mais importante fonte de referências e tendências em arquitetura...

Conhecer artigos



Não perca nenhuma novidade!

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das novidades de arquitetura e design no Brasil e no mundo.