10.06.2022
Avaliação
()
10.06.2022
Portal com mármores iluminados
Portal com mármores iluminados e, ao fundo, o banheiro de mármore rosa, ambas criações da designer Sabine Marcelis (Foto: Marco Cappelletti)
0

Conheça Alcova e Baranzate, os distritos do design experimental em Milão

Espere boas surpresas, designers talentosos e galpões enormes nestes endereços alternativos ao centro de Milão
minutos de leitura

A semana de design de Milão já tem alguns endereços bem estabelecidos há anos em sua programação oficial, como as famosas Via Durini e Conso Monforte, que abrigam os showrooms das grandes grifes. Mas uma turma jovem tem chamado a atenção por ocupar endereços também importantes na história da cidade, mas distantes do centro, e que passaram anos esquecidos. Dois deles valem o destaque nesta edição: Alcova, que já entrou no roteiro obrigatório e está em sua quarta edição no FuoriSalone, e Baranzate Ateliers, dos belgas Zaventem Ateliers, que participam pela segunda vez.  

mobiliário do Otherside Objects
Estúdios ocuparam também os jardins do antigo hospital militar onde aconteceu a edição 2022 de Alcova. Aqui, mobiliário do Otherside Objects (Foto: Amanda Sequin)

ALCOVA 

Imagine entrar numa área militar onde funcionava um hospital militar. Você verá alguns homens fardados por ali, e talvez ainda um posto volante de vacinação em funcionamento, mas, ao passear pelos jardins, já encontrará móveis e objetos com uma aspecto futurista, nada parecidos com a arquitetura do Centro Ospedaliero Militare di Baggio, a 7 km do centro de Milão. 

A locação é a mesma do ano passado, mas cresceu, ocupando uma área de 3500 m2. Várias construções abandonadas, onde funcionavam um convento e uma lavanderia, foram sutilmente revitalizados para abrigar instalações e peças de designers de todo o mundo, selecionadas pelos organizadores Valentina Ciuffi, do Studio Vedèt, e Joseph Grima, do Space Caviar. É o caso da ceramista Elisa Uberti, da França, que trouxe uma delicada coleção de luminárias com formas arredondadas. 

luminárias de Elisa Uberti
As luminárias de Elisa Uberti (Foto: Amanda Sequin)

Empresas de maior porte no mercado já notaram a relevância de Alcova e marcaram presença, como a importadora Solid Nature, que convidou Sabine Marcelis e o estúdio OMA, escritório fundado pelo arquiteto Rem Koolhaas, para criar cenários e móveis feitos com pedras naturais com nuances surpreendentes. 

Armário desenhado pelo escritório OMA com pedras naturais
Armário desenhado pelo escritório OMA com pedras naturais da curadoria SolidNature (Foto: Marco Cappelletti)
Portal com mármores iluminados
Portal com mármores iluminados e, ao fundo, o banheiro de mármore rosa, ambas criações da designer Sabine Marcelis (Foto: Marco Cappelletti)

No quesito uso inovador de materiais, Alcova também traz boas surpresas. É o caso de OSIS, um acabamento desenvolvido à mão pela marca de Berlim, Llot Llov. Trata-se de um efeito de osmose causado naturalmente pelo contato do sal com a madeira, resultando em estampas incríveis como a do buffet abaixo.

Buffet feito com o acabamento OSIS
Buffet feito com o acabamento OSIS (Foto: Amanda Sequin)

BARANZATE ATELIERS

Os residentes do Zaventem Ateliers, da Bélgica, e designers convidados de outros países europeus, ocuparam antigos galpões de um lugar importante da história fabril de Milão: a fábrica de máquinas de costura Necchi. 

galpões da fábrica
Baranzate Ateliers ocupa os galpões da fábrica Necchi (Foto: Amanda Sequin)

O local segue a mesma proposta de cenografia abandonada de Alcova, mas as peças dos designers e artistas presentes têm um caráter ainda mais experimental e artístico. A dupla milanesa à frente do Studiopepe estava por lá, junto com a Galerie Philia, e criou a instalação Temenos (santuário, na língua grega antiga). Com uma pitada de referências que vão da arquitetura do Pantheon à Stonehenge, o espaço traz móveis, luminárias e objetos com edições limitadas.

Studiopepe e Galerie Philia
Instalação do Studiopepe e Galerie Philia (Foto: Amanda Sequin)

Outro trabalho impactante é o do designer e artesão belga Ben Storms, que infla uma espécie de almofada feita com folhas metálicas finas e combina com mármores e vidros.  

mesa In Hale
A mesa In Hale, à frente, leva uma almofada de metal inflada, técnica usada na mesma escultura ao fundo (Foto: Amanda Sequin)

Embora fique a 11 km do Centro, vale a pena visitar e ficar de olho no que será Baranzate Ateliers nos próximos anos durante a Semana de Design de Milão. 

Compartilhe
Em análise Seu comentário passará por moderação.
Você avaliou essa matéria com 1 estrela
Você avaliou essa matéria com 2 estrelas
Você avaliou essa matéria com 3 estrelas
Você avaliou essa matéria com 4 estrelas
Você avaliou essa matéria com 5 estrelas
Sua avaliação

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.



Não perca nenhuma novidade!

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das novidades de arquitetura e design no Brasil e no mundo.

    O Archtrends Portobello é a mais importante fonte de referências e tendências em arquitetura e design com foco em revestimentos.

    ® 2022- Archtrends Portobello

    Conheça a Política de Privacidade

    Entenda os Termos de Uso

    Veja as Preferências de Cookies